Menu
2019-09-17T16:16:13-03:00
Bruna Furlani
Bruna Furlani
Jornalista formada pela Universidade de Brasília (UnB). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Tem passagem pelas editorias de economia, política e negócios de veículos como O Estado de S.Paulo, SBT e Correio Braziliense.
De olho nas cotações

Preocupações com a alta do petróleo diminuem após declarações de ministro saudita

O ministro de Energia da Arábia Saudita, Abdulaziz bin Salman, afirmou que a oferta do petróleo voltou ao nível visto antes do ataque

17 de setembro de 2019
15:56 - atualizado às 16:16
shutterstock_543000463
Imagem: Shutterstock

Depois de uma segunda-feira bastante agitada por conta dos ataques a duas instalações petrolíferas da Saudi Aramco, na Arábia Saudita, o mercado tem um dia de maior tranquilidade nesta terça-feira (17).

Se ontem a perspectiva era mais pessimista com possíveis quebras no abastecimento do maior exportador do mundo, hoje a visão é outra.

Isso porque declarações feitas nesta terça-feira pelo ministro da Energia da Arábia Saudita, Abdulaziz bin Salman, confirmaram que a oferta da commodity voltou ao nível visto antes do ataque.

Salman ainda pontuou que o país vai manter a oferta total de petróleo aos clientes neste mês.

Por volta das 15h34 no horário de Brasília, os preços dos contratos futuros de curto prazo do petróleo (Petróleo WTI e Petróleo Brent) com vencimento em novembro estavam sendo negociados a US$ 58,98 e US$ 64,30, respectivamente.

No mesmo horário, ambos apresentavam queda de 5,82% e 6,77%, respectivamente. O movimento é bastante diferente do visto ontem em que os dois contratos subiram 14% cada um no fechamento da segunda-feira.

Aqui na B3, as ações da Petrobras devolvem parte da alta de ontem com o alívio nas cotações do petróleo no mercado internacional.

Por volta das 15h43, os papéis ordinários (PETR3) da petroleira apresentavam contração de 1,97% e os preferenciais (PETR4) estavam sendo negociados com queda de 2,03%.

Na outra ponta, estão as ações das empresas aéreas, justamente as que mais sofreram no pregão de segunda. Os papéis da Gol subiam 5,46% e os da Azul, 3,70%. Confira também nossa cobertura completa de mercados.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

escolha da CEO

Criptomeme bilionário, $moda$ de Hering e Arezzo, aposta contra o BC… veja o que bombou na semana no Seu Dinheiro

Você apostaria contra o Banco Central do Brasil?  Não falo de apostas mequetrefes com a turma do escritório, do tipo “quem perder paga uma rodada”.  Estou falando de colocar o seu patrimônio em investimentos que podem dar retornos altos se o BC estiver errado. Pois é justamente o que defende Rogério Xavier, da SPX Capital, um […]

empresa de porto alegre

Startup Zenvia entra com pedido de IPO na Nasdaq

Empresa quer levantar até US$ 100 milhões; oferta terá seus recursos destinados para pagar o montante utilizado na aquisição da startup D1, entre outros

LDO

LDO de 2022 prevê ‘vacinas’ contra manobras do Orçamento

Proposta exclui a possibilidade de indicação das emendas de relator e proíbe o Congresso de subestimar despesas obrigatórias sem aval do Executivo

negociações no varejo

Negociação de venda da Hering à Arezzo envolve questões de negócio e familiares

Alta cúpula da Arezzo passou os últimos dias em reuniões e deverá formar um grupo de trabalho para tratar sobre a proposta para a Hering, afirmou uma fonte

fique de olho

Itaú anuncia pagamento de juros sobre capital próprio

Serão R$ 0,05648 por ação, com retenção de 15% de imposto de renda na fonte; pagamento é uma antecipação aos aos dividendos e JPC do resultado de 2021

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies