Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-09-17T16:16:13-03:00
Bruna Furlani
Bruna Furlani
Jornalista formada pela Universidade de Brasília (UnB). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Tem passagem pelas editorias de economia, política e negócios de veículos como O Estado de S.Paulo, SBT e Correio Braziliense.
De olho nas cotações

Preocupações com a alta do petróleo diminuem após declarações de ministro saudita

O ministro de Energia da Arábia Saudita, Abdulaziz bin Salman, afirmou que a oferta do petróleo voltou ao nível visto antes do ataque

17 de setembro de 2019
15:56 - atualizado às 16:16
shutterstock_543000463
Imagem: Shutterstock

Depois de uma segunda-feira bastante agitada por conta dos ataques a duas instalações petrolíferas da Saudi Aramco, na Arábia Saudita, o mercado tem um dia de maior tranquilidade nesta terça-feira (17).

Se ontem a perspectiva era mais pessimista com possíveis quebras no abastecimento do maior exportador do mundo, hoje a visão é outra.

Isso porque declarações feitas nesta terça-feira pelo ministro da Energia da Arábia Saudita, Abdulaziz bin Salman, confirmaram que a oferta da commodity voltou ao nível visto antes do ataque.

Salman ainda pontuou que o país vai manter a oferta total de petróleo aos clientes neste mês.

Por volta das 15h34 no horário de Brasília, os preços dos contratos futuros de curto prazo do petróleo (Petróleo WTI e Petróleo Brent) com vencimento em novembro estavam sendo negociados a US$ 58,98 e US$ 64,30, respectivamente.

No mesmo horário, ambos apresentavam queda de 5,82% e 6,77%, respectivamente. O movimento é bastante diferente do visto ontem em que os dois contratos subiram 14% cada um no fechamento da segunda-feira.

Aqui na B3, as ações da Petrobras devolvem parte da alta de ontem com o alívio nas cotações do petróleo no mercado internacional.

Por volta das 15h43, os papéis ordinários (PETR3) da petroleira apresentavam contração de 1,97% e os preferenciais (PETR4) estavam sendo negociados com queda de 2,03%.

Na outra ponta, estão as ações das empresas aéreas, justamente as que mais sofreram no pregão de segunda. Os papéis da Gol subiam 5,46% e os da Azul, 3,70%. Confira também nossa cobertura completa de mercados.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

O melhor do Seu Dinheiro

Vale a pena investir como Ronaldo Fenômeno? Tempos sombrios para as criptomoedas, Warren Buffett em alta e outros destaques do dia

Saiba como funcionam as Sociedades Anônimas do Futebol (SAF) e confira se é um bom negócio colocar o coração na ponta da chuteira e se tornar dono de um time

Segredos da Bolsa

Esquenta dos mercados: Bolsas iniciam a semana em tom negativo, de olho na decisão do Fed; Ibovespa acompanha desdobramentos da inflação e PEC dos combustíveis

No cardápio da semana, os primeiros números do IPCA-15 e a tensão envolvendo os servidores públicos permanecem no radar

INVESTIMENTO X PAIXÃO

Vale a pena ser cartola? Saiba como funciona a SAF, que permite a investidores se tornarem donos de times de futebol

Depois de Cruzeiro e Botafogo, diversos clubes estudam a possibilidade de transformação em Sociedade Anônima do Futebol (SAF); veja se é um bom negócio

Alívio do leão

IRPF: Receita abre hoje consulta para lote residual de restituições

O lote contempla mais de 240 mil contribuintes que caíram na malha fina do leão nos últimos anos por inconsistências nas declarações do imposto de renda, mas que acertaram as pendências com o Fisco

Tartaruga x lebre

Warren Buffett está prestes a bater o retorno do fundo de empresas de tecnologia que brilhou na crise

As ações da Berkshire Hathaway, holding do bilionário, conseguiram lentamente se aproximar do retorno do ARK Innovation ETF, da badalada gestora Cathie Wood

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies