Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-09-11T10:16:53-03:00
Estadão Conteúdo
complicou

Opep volta a cortar projeção de avanço na demanda global por petróleo em 2019

Em relatório mensal divulgado nesta quarta-feira, a Opep reduziu sua previsão para o crescimento da demanda para 1,02 milhão de barris por dia

11 de setembro de 2019
10:16
Barril de petróleo e mapa mundi
Barril de petróleo e mapa mundi - Imagem: Shutterstock

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) cortou sua projeção para o avanço na demanda global por petróleo em 2019 pelo segundo mês consecutivo, citando a desaceleração econômica dos Estados Unidos e da zona do euro e as tensões comerciais entre americanos e chineses.

Em relatório mensal divulgado nesta quarta-feira, a Opep reduziu sua previsão para o crescimento da demanda por petróleo este ano para 1,02 milhão de barris por dia (bpd).

O corte representa uma redução de 80 mil bpd em relação à previsão publicada em agosto, quando a Opep estimou avanço de 1,1 milhão de barris na demanda mundial. O grupo atribuiu a revisão a dados mais fracos do que o esperado de centros de demanda globais e a cortes a projeções de crescimento econômico.

A Opep também reduziu sua previsão de alta na demanda em 2020, para 1,08 milhão de bpd, também por causa da expectativa de crescimento econômico menor. Além de citar a guerra comercial entre EUA e China, o grupo apontou expansão econômica menor do que se previa na Índia, emissões de dívida soberana da Argentina e as incertezas do Brexit - como é conhecido o processo para que o Reino Unido se retire da União Europeia.

Ainda no relatório, a Opep elevou sua projeção para o aumento da oferta fora do grupo em 2019 em 10 mil bpd, a 1,99 milhão de bpd, após revisar para cima estimativas para produção da Rússia, Casaquistão, Austrália e Canadá, que se sobrepuseram a um corte na oferta esperada dos EUA.

Apesar de revisar a oferta dos EUA para baixo, a Opep espera que a produção americana continue sendo um dos principais catalisadores de avanço neste ano, junto com Brasil, China e outros países.

Para 2020, no entanto, a Opep cortou sua projeção para o avanço da oferta fora do grupo para 2,25 milhões de bpd, graças a uma redução na produção estimada dos EUA, que deverá mostrar acréscimo de 1,54 milhão de bpd, desacelerando de 1,8 milhão de bpd este ano.

O documento não fornece número oficial da produção total da Opep em agosto, mas mostrou acréscimos na produção da Arábia Saudita (209 mil bpd), da Nigéria (78 mil bpd), do Iraque (30 mil bpd) e da Venezuela (27 mil bpd). Fonte: Dow Jones Newswires.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

RAIO-X NA CRIPTO

Solana (SOL): De queridinha do mercado à queda de quase 50%; o que está por trás do ‘apagão’ da blockchain da criptomoeda?

A rede vem sofrendo diversos ataques hackers, o que fez as transações ficarem tão lentas a ponto dos investidores acharem que a blockchain estava fora do ar

ACORDO BILIONÁRIO

Embraer (EMBR3) recebe encomenda de aeronaves de mais de R$ 21 bilhões da norte-americana Azorra

Com a entrega dos modelos em 2023, o portfólio da Azorra passará a ter 41 aeronaves da Embraer

PREPARE O BOLSO

O IPTU 2022 ficou mais caro em SP — veja até quando é possível pagar com desconto os boletos que chegam a partir de hoje

O prazo máximo para quitar o imposto varia de acordo com a data limite de recebimento dos boletos, que chegarão entre hoje e 18/02

Novo flerte?

Acionista da Aliansce vai ao “shopping” da bolsa e compra 5,76% da BR Malls após empresa rejeitar fusão

Fundo canadense CPPIB, que integra o bloco de controle da Aliansce Sonae, agora também é acionista relevante da brMalls

BLINK!

Vender Nubank (NUB33)? O que esperar do IPO da Creditas? Eleições 2022? Bitcoin (BTC) ou Microcoins? Saiba sobre esses assuntos e muito mais no BLINK!

Felipe Miranda, estrategista-chefe e CIO da Empiricus, responde às perguntas dos seus seguidores, acompanhe

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies