Menu
2019-04-05T06:46:25-03:00
Estadão Conteúdo
tempos difíceis

OMC vê caminho difícil para a liberalização do comércio internacional

Diretor-geral da instituição, Roberto Azevêdo, disse nesta quinta-feira, 5, que a luta para expandir o livre-comércio “vai ser um desafio que, acima de tudo, será difícil por causa das condições políticas que temos hoje no mundo”

5 de abril de 2019
6:46
Sede da Organização Mundial do Comércio (OMC)
Sede da Organização Mundial do Comércio (OMC) - Imagem: Shutterstock

A Organização Mundial do Comércio (OMC) vê um caminho "desafiador" e "difícil" para a liberalização do comércio internacional devido ao atual clima político, afirmou o diretor-geral da instituição, Roberto Azevêdo.

Nesta quinta-feira, ele disse que o México e os Estados Unidos podem resolver suas diferenças comerciais, que incluem a questão fronteiriça e a ratificação do acordo comercial entre os dois países e o México, o USMCA, que substitui o Tratado Norte-Americano de Livre-Comércio (Nafta, na sigla em inglês).

No entanto, a luta para expandir o livre-comércio "vai ser um desafio que, acima de tudo, será difícil por causa das condições políticas que temos hoje no mundo", comentou Azevêdo.

A secretária de Economia do México, Graciela Marquez, afirmou que uma proposta de reforma trabalhista foi enviada ao Congresso do México esta semana. Alguns congressistas americanos disseram que não queriam aprovar o USMCA, negociado no ano passado, para substituir o Nafta, até que o México aprovasse uma lei de reforma trabalhista.

Espera-se que o projeto garanta que os trabalhadores mexicanos possam votar livremente na representação sindical por voto secreto. Os sindicatos mexicanos têm um histórico de manter os salários baixos no país e não levam muito em consideração a opinião dos trabalhadores nos assuntos sindicais.

Além disso, Marquez apontou que a questão fronteiriça afetou de forma mais aguda os embarques de vegetais frescos mexicanos que seriam enviados para os EUA. "É claro que o México vai perder, os exportadores mexicanos vão perder. Mas, no final, os que serão afetados são os consumidores dos EUA, porque em breve não encontrarão vegetais frescos nas prateleiras", comentou, após relembrar a "linha dura" adotada por alguns agentes de fronteira americanos. Fonte: Associated Press.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

de olho na agenda

Congresso sacramenta decisão de levar Orçamento para plenário e abre prazo para emendas

Cúpula do Legislativo tenta afastar o “fantasma” do shutdown; Se a LDO não for aprovada ainda neste ano, o governo fica sem autorização para realizar despesas básicas em janeiro, como salários e aposentadorias

em brasília

Mourão diz que parte dos assessores de Bolsonaro distorce fatos

Vice-presidente afirmou nesta sexta-feira que existe “certa incompreensão” no seu relacionamento com o chefe do Executivo

seu dinheiro na sua noite

Free Solo: Ibovespa escala para perto da marca histórica

Com imagens de tirar o fôlego, o extraordinário documentário Free Solo conta a preparação do alpinista Alex Honnold para chegar ao topo do El Capitan, uma parede rochosa com quase 1000 metros de altura. Detalhe: a escalada é feita sem equipamentos de segurança. O filme vencedor do Oscar está disponível no Disney Plus. Mas quem não é […]

Respiro

E-commerce fatura R$ 7,72 bilhões com Black Friday e Cyber Monday em 2020

O valor representa aumento de 27,7% em relação ao mesmo período do ano passado.

fechamento dos mercados

Ibovespa engata 5ª semana seguida de alta com Petrobras, Vale e aéreas

Índice local de ações não tinha sequência tão longa de ganhos semanais desde dezembro de 2019; dólar mantém trajetória de queda e juros longos se descomprimem de novo

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies