⚽️ Jogos das quartas-de-final começam a se desenhar; confira os dias da próxima fase

Cotações por TradingView
2019-04-05T06:46:25-03:00
Estadão Conteúdo
tempos difíceis

OMC vê caminho difícil para a liberalização do comércio internacional

Diretor-geral da instituição, Roberto Azevêdo, disse nesta quinta-feira, 5, que a luta para expandir o livre-comércio “vai ser um desafio que, acima de tudo, será difícil por causa das condições políticas que temos hoje no mundo”

5 de abril de 2019
6:46
Sede da Organização Mundial do Comércio (OMC)
Sede da Organização Mundial do Comércio (OMC) - Imagem: Shutterstock

A Organização Mundial do Comércio (OMC) vê um caminho "desafiador" e "difícil" para a liberalização do comércio internacional devido ao atual clima político, afirmou o diretor-geral da instituição, Roberto Azevêdo.

Nesta quinta-feira, ele disse que o México e os Estados Unidos podem resolver suas diferenças comerciais, que incluem a questão fronteiriça e a ratificação do acordo comercial entre os dois países e o México, o USMCA, que substitui o Tratado Norte-Americano de Livre-Comércio (Nafta, na sigla em inglês).

No entanto, a luta para expandir o livre-comércio "vai ser um desafio que, acima de tudo, será difícil por causa das condições políticas que temos hoje no mundo", comentou Azevêdo.

A secretária de Economia do México, Graciela Marquez, afirmou que uma proposta de reforma trabalhista foi enviada ao Congresso do México esta semana. Alguns congressistas americanos disseram que não queriam aprovar o USMCA, negociado no ano passado, para substituir o Nafta, até que o México aprovasse uma lei de reforma trabalhista.

Espera-se que o projeto garanta que os trabalhadores mexicanos possam votar livremente na representação sindical por voto secreto. Os sindicatos mexicanos têm um histórico de manter os salários baixos no país e não levam muito em consideração a opinião dos trabalhadores nos assuntos sindicais.

Além disso, Marquez apontou que a questão fronteiriça afetou de forma mais aguda os embarques de vegetais frescos mexicanos que seriam enviados para os EUA. "É claro que o México vai perder, os exportadores mexicanos vão perder. Mas, no final, os que serão afetados são os consumidores dos EUA, porque em breve não encontrarão vegetais frescos nas prateleiras", comentou, após relembrar a "linha dura" adotada por alguns agentes de fronteira americanos. Fonte: Associated Press.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

FUTEBOL NA WEB3

Um novo tipo de figurinha: Fifa e Crypto.com anunciam lançamento de NFTs da Copa do Mundo no Catar

5 de dezembro de 2022 - 13:27

FIFA fecha parceria com a Coca-Cola e a plataforma Crypto.com para criar 10 mil artes exclusivas criadas pelo artista Gmunk dedicadas à Copa do Mundo no Catar

DINHEIRO NOVO

Mais uma empresa novata na B3 pede dinheiro aos acionistas e planeja aumento de capital por valor 62% abaixo do IPO

5 de dezembro de 2022 - 12:26

A provedora de serviços de internet Desktop (DESK3) fará um aumento de capital privado de até R$ 300 milhões; ações caem forte na B3

ESTÁGIO E TRAINEE

Natura e Porto Seguro estão com vagas abertas para estágio e trainee; veja oportunidades com bolsas-auxílio de até R$ 2,9 mil

5 de dezembro de 2022 - 12:19

As empresas aceitam candidaturas de estudantes e recém-formados, em diversos cursos; o início está previsto entre janeiro e março de 2023

OPORTUNIDADE NA CRISE

Será a volta por cima? Credit Suisse atrai o interesse de príncipe saudita e de fundo dos EUA

5 de dezembro de 2022 - 12:11

Propostas à nova unidade do Credit Suisse ainda não foram formalizadas, mas totalizaram o equivalente a mais de US$ 1 bilhão, segundo o Wall Street Journal

DESTAQUES DA BOLSA

Construtoras da B3 recuam em bloco hoje: por que a alta dos juros futuros prejudica as ações do setor?

5 de dezembro de 2022 - 12:08

No caso da Even, que registra uma das maiores quedas do setor, pesou também uma notícia corporativa: a renúncia de um de seus diretores

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies