Menu
2019-02-28T11:41:32-03:00
Bruna Furlani
Bruna Furlani
Jornalista formada pela Universidade de Brasília (UnB). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Tem passagem pelas editorias de economia, política e negócios de veículos como O Estado de S.Paulo, SBT e Correio Braziliense.
Impacto na Oi

Subsidiária da Oi ganha disputa contra sócios da maior operadora de telecomunicações de Angola

Na prática, para uma empresa que está em recuperação judicial, a vitória pode ser bem positiva para a Oi, já que a subsidiária deve receber mais de US$ 650 milhões da Unitel

28 de fevereiro de 2019
11:35 - atualizado às 11:41
Loja da Oi
Imagem: WERTHER SANTANA/ESTADÃO CONTEÚDO

A Oi divulgou hoje (28) um fato relevante que diz que a sua subsidiária indireta PT Ventures recebeu decisão favorável contra outros acionistas da Unitel, a principal companhia de telecomunicações de Angola. Na decisão, o Tribunal Arbitral decidiu que a subsidiária, que detém 25% de participação no capital social da companhia angolana, receba mais de US$ 650 milhões da mesma.

No entendimento do tribunal, outros acionistas da Unitel violaram diversas previsões do Acordo de Acionistas ao negar o direito da PT Ventures de nomear a maioria dos membros do Conselho de Administração da Unitel desde junho de 2006, além de terem realizado transações em benefício próprio e deixado de assegurar que a Unitel mantivesse a PT Ventures informada sobre as principais questões e transações corporativas. Outro ponto é que eles pretenderam de maneira injustificada suspender os direitos da PT Ventures como acionista.

O tribunal considerou que as reiteradas violações ao Acordo de Acionistas por parte dos outros acionistas da Unitel acarretaram uma redução significativa do valor da participação da PT Ventures na Unitel. Diante disso, a decisão diz que os outros acionistas da empresa de telecomunicações angolana paguem à PT Ventures, de forma conjunta e solidária, o valor de US$ 339,4 milhões, correspondente à perda do valor da participação da PT Ventures na Unitel, acrescido de juros a partir de 20 de fevereiro de 2019 até a data do pagamento integral, à taxa LIBOR dólar Americano (USD) 12 meses + 2%, com capitalização anual.

Na prática, para uma empresa que está em recuperação judicial, o ganho de uma disputa com a principal empresa de telecomunicações de Angola pode ter um impacto positivo para a Oi.

E no quesito dividendos?

No documento, o tribunal também disse que os outros acionistas da Unitel deixaram de assegurar, depois de novembro de 2012, que a PT Ventures recebesse o mesmo montante de dividendos em moeda estrangeira que o outro acionista
estrangeiro da Unitel.

Sendo assim, o tribunal determinou que os outros acionistas da companhia angolana paguem à PT Ventures, de forma conjunta e solidária, o valor de US$ 314,8 milhões, correspondente aos danos resultantes, acrescido de juros simples a partir das diferentes datas em que a subsidiária deveria ter recebido tais dividendos, a uma taxa anual de 7%. E ainda que eles paguem uma parcela substancial dos honorários e custos legais incorridos por ela, correspondendo a um pagamento líquido à PT Ventures em valor superior a US$ 12 milhões, bem como 80% das taxas e despesas administrativas e dos árbitros, correspondendo a um pagamento líquido à PT Ventures em valor superior a US$ 1 milhão.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Tensão em Brasília

Racha no Congresso põe reformas em xeque

A decisão do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), de fatiar a reforma tributária foi vista como a pá de cal nas chances de avanço das reformas no Congresso até o fim do atual governo. Embora Lira tenha prometido abrir o diálogo com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), para definir os próximos passos, […]

Rapidinhas da semana

BLINK: Itaúsa, B2W, Eletrobras e mais recomendações rápidas

Felipe Miranda, sócio-fundador e CIO da Empiricus, fala sobre Alpargatas, Eletrobras, Itaúsa, Lojas Americanas e muito mais no Blink

Reserva de emergência

Jeff Bezos, o homem mais rico do mundo, vende ações da Amazon e põe US$ 5 bi na conta

O bilionário Jeff Bezos vendeu cerca de 1,5 milhão de ações da Amazon nos últimos dias e pode vender outros 500 mil papéis em breve

Reduzindo a participação

CSN começa a se desfazer de suas ações da Usiminas

Aproveitando o bom momento do setor siderúrgico na bolsa, a CSN vendeu mais de 50 milhões de ações preferenciais da Usiminas

O melhor do Seu Dinheiro

A limonada da bolsa e do dólar, as ações mais indicadas do mês e outros destaques da semana

A semana que passou tinha tudo para ser bem azeda para os investidores. No cardápio de notícias dos últimos dias tivemos: A alta da taxa básica de juros e a sinalização de que novos ajustes vêm por aí; Muito barulho político com a CPI da Covid; O projeto da reforma tributária de volta à estaca […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies