Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-03-06T08:38:15-03:00
Estadão Conteúdo
Publicado no DOU

MME divulga calendário de leilões de energia para 2019, 2020 e 2021

Publicação trouxe a previsão de leilões de compra de energia elétrica de novos empreendimentos e de geração existente para os próximos dois anos

6 de março de 2019
8:38
Cabos de energia
Imagem: shutterstock

O Ministério de Minas e Energia (MME) divulga no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira, 6, a previsão do calendário de leilões de compra de energia elétrica de novos empreendimentos e de geração existente que serão realizados neste e nos próximos dois anos.

Para compra de energia nova, estão previstos os seguintes leilões: em 2019, Leilão A-4 em 27 de junho e Leilão A-6 em 26 de setembro; em 2020, Leilão A-4 em 23 de abril e Leilão A-6 em 24 de setembro; em 2021, Leilão A-4 em 29 de abril e Leilão A-6 em 30 de setembro.

Para a contratação de energia de geração já existente, o cronograma estimado prevê: em 2019, leilões A-1 e A-2 em 6 de dezembro; em 2020, leilões A-1 e A-2 em 4 de dezembro; e 2021, leilões A-1 e A-2 em 3 de dezembro.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Olimpíadas da bolsa

Ibovespa acima dos 140 mil pontos? Para a maioria dos assessores da XP, isso deverá ocorrer ainda em 2021

A pesquisa entrevistou profissionais do ramo para obter a visão dos assessores e, principalmente, dos seus clientes sobre os rumos da bolsa brasileira

Um olho no peixe...

EUA: Casa Branca comemora avanço do PIB no 2º trimestre, mas alerta para incertezas econômicas

O governo defendeu sua proposta de investimentos em infraestrutura como instrumento importante para manter o ritmo de crescimento

roxinho com mais crédito

Nubank promete aumentar limite em cartão de crédito de 35 milhões de clientes

Segundo a companhia, até o final de 2021, 10 milhões de clientes serão impactados pela novidade do cartão; três milhões em agosto

A vida depois da pandemia?

Ações da Multiplan sobem 5% após balanço que mostra recuperação dos shoppings

Resultados mostram avanço nas vendas e nas receitas de aluguel, à medida que a vacinação avança e os shoppings reabrem

Balanço sólido

Lucro líquido da Mastercard dispara 46% e vai a US$ 2 bilhões no segundo trimestre; resultado superou previsões dos analistas

O resultado foi impulsionado, segundo o CEO da empresa, pela contínua recuperação dos gastos domésticos e internacionais

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies