Menu
2019-04-05T15:46:23-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Operação Lava Jato

Temer preso! Lava Jato enquadra ex-presidente e bolsa azeda

O ex-ministro Moreira Franco também foi preso e a Polícia Federal ainda tenta cumprir o mandado de prisão contra Eliseu Padilha

21 de março de 2019
11:22 - atualizado às 15:46
O ex-presidente Michel Temer
O ex-presidente Michel Temer foi preso pela operação Lava Jato - Imagem: shutterstock

A força-tarefa da Lava Jato prendeu na manhã de hoje (21), o ex-presidente, Michel Temer. A ordem de prisão é do juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro.

Atualmente, o ex-presidente Temer responde a dez inquéritos. Dentre eles, cinco foram autorizados pelo ministro Luís Roberto Barroso, momento em que ele não tinha mais foro privilegiado. Os outros cinco estavam tramitando no Supremo Tribunal Federal (STF). A razão é que eles foram abertos depois que ele se tornou presidente da República e foram encaminhados para a primeira instância após o fim do mandato.

Além do ex-presidente, os agentes da PF também deram voz de prisão ao ex-ministro Moreira Franco, um dos nomes mais fortes da gestão Temer.

No total, a Lava Jato vai cumprir durante todo o dia oito mandados de prisão preventiva e dois de custódia temporária, 26 de busca e apreensão nos Estados do Rio de Janeiro, de São Paulo e do Paraná e no Distrito Federal. O coronel reformado da Polícia Militar João Batista Lima Filho também é alvo de mandado de prisão.

Toda a ação é decorrente da Operação Radioatividade, investigação que apurou crimes de formação de cartel e prévio ajustamento de licitações, além do pagamento de propina a executivos da Eletronuclear. Após decisão do Supremo Tribunal Federal, o caso foi desmembrado e remetido à Justiça Federal do Rio de Janeiro.

O inquérito que mira Temer e seus aliados tem como base delações como a do empresário José Antunes Sobrinho, ligado à Engevix. De acordo com a Polícia Federal, Sobrinho fala em seu acordo sobre "pagamentos indevidos que somam R$ 1,1 milhão, em 2014, solicitados por João Baptista Lima Filho e pelo ministro Moreira Franco, com anuência do Excelentíssimo Senhor Presidente da República Michel Temer, no contexto do contrato da AF Consult Brasil com a Eletronuclear".

Os valores, segundo o delator, teriam sido depositados em conta corrente em nome da empresa PDA Projeto, que tem o coronel Lima, amigo de Temer, e sua esposa, Maria Rita Fratezi, por meio de um contrato simulado com a Alumi Publicidade.

Clima ruim nos mercados

A notícia teve impacto negativo no mercado financeiro e acentuou as perdas da bolsa, que já operava no negativo no início da manhã. Por volta das 11h42, o Ibovespa apresentava queda de 1,60%, aos 96.475 pontos. O clima de incerteza também puxou o dólar para cima. Neste momento, apenas seis ações sobem no Ibovespa - são papéis de empresas exportadoras, que ganham com a alta do dólar. São elas: Suzano, Gerdau, Cosan, Vale, Embraer e Bradespar.

Impacto na Previdência

Segundo os analistas de política da XP, é inegável que o episódio da prisão de Temer, mesmo que não seja longo, turva o ambiente e aumenta a temperatura em Brasília. "Ações geram reações (e pânico, já que uma vez que Lula e Temer estão presos, qualquer um pode ser), e a do Congresso, especialmente o reeleito, tende a ir pelo caminho de endurecer ainda mais sua relação com o governo e não votar o pacote de Moro, especialmente", destacou o documento enviado para pessoas do mercado.

Para eles, a operação de hoje é uma reação às derrotas que a Lava Jato sofreu nas últimas semanas na PGR, STF, e no Congresso Nacional.

Os analistas também destacaram que o foco central do Congresso que antes estava na Previdência, agora foi perdido.

Outro ponto de preocupação citado no documento é o fato de que o Judiciário e o Ministério Público, que hoje prenderam Temer, são as mesmas categorias que pretendem fazer grande pressão contra a reforma no Congresso e que isso  E que isso pode atrapalhar as negociações no Congresso. "Quanto maior o empoderamento fora, maior o poder de fogo dentro das Casas", finalizam os analistas.

Além disso, um detalhe importante que pode pesar sobre a Previdência é o fato de que Moreira Franco é sogro do presidente da Câmara, Rodrigo Maia.

Defesas

O advogado Eduardo Carnelós, que defende Michel Temer, afirmou que a prisão do ex-presidente "é uma barbaridade".

O MDB, por meio de nota, "lamenta a postura açodada da Justiça à revelia do andamento de um inquérito em que foi demonstrado que não há irregularidade por parte do ex-presidente da República, Michel Temer e do ex-ministro Moreira Franco. O MDB espera que a Justiça restabeleça as liberdades individuais, a presunção de inocência, o direito ao contraditório e o direito de defesa".

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Dinheiro no bolso

Banco do Brasil anuncia pagamento de R$ 333 milhões em JCP do 4T20

Dessa forma serão pagos no dia 30 de dezembro e terão como base a posição acionária do dia 11 de dezembro de 2020

seu dinheiro na sua noite

Maradona e o rali da bolsa

O baixinho Maradona passa por dois marcadores, toca para o companheiro e depois corre para disputar a bola na área. Ele dá um salto e, de alguma forma, consegue subir mais que o goleiro inglês Peter Shilton para empurrar (literalmente) a bola para as redes. O lance do antológico gol de mão do craque argentino […]

fechamento dos mercados

Ibovespa desacelera com queda de Petrobras, mas fecha acima de 110 mil com Itaú e Vale e sobe 4% na semana

Bolsas americanas fecham para cima, renovando máximas históricas, em sessão mais curta; por aqui, ações de Petrobras reduziram alta perto do fim da sessão, eventualmente virando e fechando em queda, tirando índice acionário local da proximidade do pico intradiário

Urgente

Guilherme Boulos é diagnosticado com Covid-19

As agendas de campanha foram todas suspensas, e a coordenação da campanha vai propor à TV Globo que o último debate, previsto para hoje, seja feito de forma virtual.

Novidade no mercado

CMN: corretora de título e valor mobiliários pode prestar serviço de pagamento

Com isso, as SCTVM e SDTVM deverão optar entre a manutenção das atuais contas de registro ou a utilização de contas de pagamento.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies