2019-04-04T14:24:37-03:00
Bruna Furlani
Bruna Furlani
Jornalista formada pela Universidade de Brasília (UnB). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Tem passagem pelas editorias de economia, política e negócios de veículos como O Estado de S.Paulo, SBT e Correio Braziliense.
Temporada de balanços

Olha a Magalu aí gente! Magazine Luiza supera expectativa de analistas e registra lucro líquido anual de R$597,4 milhões em 2018

Nas estimativas dos analistas ouvidos pela Bloomberg, a previsão era de um lucro líquido de R$ 389 milhões no ano passado

21 de fevereiro de 2019
23:47 - atualizado às 14:24
Magazine Luiza Totvs
Imagem: Shutterstock

Depois de um trimestre de investimentos para aumentar a sua presença no varejo on-line, a Magazine Luiza superou as expectativas dos analistas ouvidos pelo Bloomberg e registrou lucro líquido anual de R$ 597,4 milhões em 2018, o que representa um valor 53,6% superior ao mesmo período do ano anterior.

O resultado foi além do previsto pelos analistas ouvidos pela Bloomberg, que era de R$ 389 milhões. A receita líquida anual e o Ebitda anual (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) também foram melhores do que o esperado em 2018.

A empresa atingiu R$ 15,59 bilhões de receita líquida em 2018, o que representa uma expansão de 30,1%, com um lucro bruto de R$ 4,537 bilhões e uma margem bruta de 29,1% (-1,0 p.p.). A expectativa dos analistas era de R$ 15,51 bilhões de receita líquida no ano passado. E o Ebitda fechou 2018 em R$ 1,24 bilhão, alta de 20,8%, com uma margem de 8% (-0,6 p.p.).

Já o resultado financeiro líquido ajustado do ano passado foi negativo em R$ 276,7 milhões. No ano anterior, as perdas somaram R$ 358,6 milhões.

Quarto trimestre

A rede varejista Magazine Luiza registrou um lucro líquido de R$ 189,6 milhões no quarto trimestre do ano passado, um desempenho 14,5% superior ao registrado no mesmo intervalo de 2017, de R$ 165,6 milhões.

A receita líquida do quarto trimestre de 2018 também melhorou e somou R$ 4,610 bilhões, alta de 27,3%, enquanto o lucro bruto avançou 22,8%, para R$ 1,296 bilhão, resultando numa margem bruta de 28,1% (-1,1 p.p.).

Já o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) atingiu R$ 353,5 milhões no quarto trimestre do ano passado, um aumento de 13% sobre igual período de 2017, com uma margem Ebitda de 7,7% (-0,9 ponto porcentual).

Apesar dos números melhores, o resultado financeiro líquido ajustado apontou perdas de R$ 87,4 milhões no quarto trimestre, ante um desempenho negativo de R$ 57,1 milhões de igual período de 2017. De acordo com a companhia, a despesa financeira líquida ajustada aumentou “devido ao crescimento acelerado do Cartão Luiza em linha com a estratégia de fidelização dos melhores clientes.”

A varejista reforça que a linha de despesas financeiras, por outro lado, foi positivamente impactada pela redução de 76% nos juros de empréstimos e financiamentos e pela forte geração de caixa operacional da Companhia.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

ELEIÇÕES 2022

A 100 dias das eleições, veja quem já desistiu e quem ainda está no páreo na disputa contra Lula e Bolsonaro

Confira um panorama do que você precisa saber sobre a votação que pode mudar o destino do Brasil

NOVO PARCEIRO, VELHOS PROBLEMAS

Binance anuncia Latam Gateway como novo parceiro de pagamentos, mas conseguirá escapar das regras do Banco Central? Entenda

A maior corretora de criptomoedas do mundo está de olho no Brasil, mas a autoridade monetária brasileira não dará trégua

CORRIDA ELEITORAL

Bolsonaro promete Auxílio Brasil de R$ 600 após pesquisa eleitoral mostrar vitória de Lula no 1º turno

Um eventual reforço do benefício social depende de aprovação no Legislativo para a promessa do presidente se tornar realidade

Tapete vermelho

Magazine Luiza (MGLU3): Ações vão mal, mas a Lu do Magalu brilha com prêmio internacional

Influenciadora digital do Magazine Luiza recebeu o Cannes Lions na categoria Social & Influencer Lions, que celebra trabalhos criativos envolvendo redes sociais

E A ESTATÍSTICA AUMENTA

A onda de demissões não tem hora para acabar: fintech Hash faz novo corte no quadro de funcionários

Essa é a terceira demissão em massa na startup nos últimos três meses; a Hash ainda não informou quantos colaboradores foram afetados

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies