Menu
2019-01-10T18:13:05-02:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Foi bom enquanto durou

Divórcio de Jeff Bezos, fundador da Amazon, pode mexer com o ranking de bilionários

Jeff Bezos pode perder a liderança na lista com a divisão da fortuna que hoje é atribuída apenas a ele. E MacKenzie Bezos pode se tornar uma acionista relevante da Amazon

10 de janeiro de 2019
17:14 - atualizado às 18:13
Jeff Bezos e Mackenzie Bezos
Jeff Bezos e Mackenzie Bezos - Imagem: Reprodução Youtube

O anúncio do divórcio do fundador da Amazon Jeff Bezos levou o mundo financeiro a fazer contas. O homem mais rico do mundo anunciou ontem pelo Twitter a separação da escritora MacKenzie Bezos, com quem era casado há 25 anos.

Os termos do divórcio não foram divulgados, mas como o casal se conheceu antes da criação da empresa que revolucionou o varejo no mundo, MacKenzie pode ter direito a uma boa parte da fortuna do marido, estimada em US$ 137 bilhões (a bagatela de R$ 508 bilhões, nas cotações atuais), de acordo com a Bloomberg.

Como o patrimônio de Jeff Bezos é formado principalmente por ações da Amazon, MacKenzie pode se tornar uma acionista relevante da empresa. O fundador da Amazon é o maior acionista individual da companhia, com uma participação de 16%.

O executivo da Amazon também pode perder a liderança na lista com a divisão da fortuna que hoje é atribuída apenas a ele. O segundo lugar no ranking dos mais ricos hoje é de Bill Gates, fundador da Microsoft, que possui uma fortuna avaliada em US$ 93 bilhões (ou R$ 345 bilhões).

A mulher de Jeff Bezos também pode se tornar a mulher mais rica do mundo e quinta no ranking geral. O posto é ocupado hoje por Francoise Bettencourt Meyers, herdeira da L'Oreal e 11ª colocada no ranking dos bilionários, com US$ 45,7 bilhões (R$ 169 bilhões).

O divórcio bilionário atraiu a atenção até do presidente dos Estados Unidos, ao desejar "boa sorte" ao fundador da Amazon.

*Com agências internacionais

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Entrevista

‘Desemprego alto e déficit público nos deixam cautelosos’, diz presidente da Whirlpool

CEO da fabricante das marcas Consul e Brastemp diz estar cauteloso para investir em produção e em relação à sustentabilidade da demanda, por conta de desemprego e da situação fiscal

Mercadores da noite

Bolsa, dólar e juros subindo: qual dos três está mentindo?

Quando a Bolsa, o dólar e as taxas de juros estão subindo ao mesmo tempo, um dos três está mentindo – qual deles será e o que fazer?

Infraestrutura

Novo marco legal para ferrovias vai a votação no Senado na próxima semana

Legislação promete organizar regras do setor e permitir novos formatos para a atração de investimentos privados

Telecomunicações

Operadoras cobram transparência do governo na definição da tecnologia 5G

Teles se dizem preocupadas com as “incertezas” relativas ao processo, depois de governo sinalizar banimento da chinesa Huawei

Recorde

Estrangeiros põem R$ 30 bilhões na bolsa brasileira em novembro

Trata-se de recorde de entrada de recursos estrangeiros em um mês, impulsionado pela migração de recursos para bolsas emergentes; movimento por aqui, porém, pode ser passageiro

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies