Menu
2019-12-05T17:03:35-03:00
Victor Aguiar
Victor Aguiar
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pelo Instituto Educacional BM&FBovespa e UBS Escola de Negócios. Trabalhou nas principais redações de economia do país, como Bloomberg, Agência CMA, Agência Estado/Broadcast e Valor Econômico.
Novo recorde

O maior IPO da história: a Saudi Aramco vai levantar US$ 25,6 bilhões com sua abertura de capital

5 de dezembro de 2019
17:03
Instalações da Saudi Aramco
A Saudi Aramco precificou as ações do seu IPO a 32 riyads (cerca de US$ 8,53%) e, com isso, irá movimentar US$ 25,6 bilhões, estabelecendo um novo recorde - Imagem: Facebook / Aramco

A petroleira Saudi Aramco, considerada uma das companhias mais rentáveis do mundo, divulgou há pouco os detalhes finais de sua oferta pública inicial de ações. E, pelos números reportados pela estatal saudita, não estamos falando de um IPO qualquer: trata-se da maior operação do tipo já feita na história.

As ações da Aramco foram precificadas no topo da faixa indicativa, a 32 riyals — quantia equivalente a US$ 8,53, pela cotação atual. Assim, considerando os três bilhões de papéis que serão vendidos (1,5% do capital social da empresa), o IPO irá movimentar US$ 25,6 bilhões.

Desta maneira, a Saudi Aramco deixará a Alibaba para trás — em 2014, a companhia chinesa levantou US$ 25 bilhões com seu IPO nos Estados Unidos, cifra que permanecia até agora como recorde para um processo de abertura de capital.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

O total a ser movimentado pelo IPO da Aramco pode ser ainda maior, caso o lote adicional de ações também seja vendido. Esse bloco extra possui até 450 mil papéis que, caso vendidos em sua integridade, fariam a operação girar US$ 29,4 bilhões.

O preço de 32 riyals por ação faz com que a Saudi Aramco tenha um valor de mercado de cerca de US$ 1,7 trilhão — montante inferior aos US$ 2 trilhões que eram perseguidos pelo príncipe saudita, Mohammed bin Salman, no início do processo.

No entanto, a cifra é mais que suficiente para catapultar a estatal ao posto de empresa mais valiosa do mundo, atualmente pertencente à Apple, com seu US$ 1,2 trilhão de valor de mercado.

O IPO da Saudi Aramco será realizado na Tadawul, a bolsa de valores da Arábia Saudita — a ideia do governo é atrair investidores estrangeiros para o mercado acionário do país. Ainda não há uma data definida para o início da negociação dos papéis da estatal

A Saudi Aramco em números

A petroleira saudita reportou um impressionante lucro líquido de US$ 68,2 bilhões nos primeiros nove meses de 2019. A cifra, contudo, é 18,2% menor que os ganhos de US$ 83,3 bilhões contabilizados no mesmo intervalo de 2018.

Essa queda se deve, em grande parte, aos ataques aéreos às refinarias de Abqaiq e Khurais, duas das principais plantas da Saudi Aramco, em setembro deste ano. Formalmente, as ações foram reivindicadas por grupos rebeldes do Iêmen, mas tanto os governos saudita e americano acusaram o Irã de estar por trás do ocorrido.

Mas, independente de quem seja o autor, fato é que os ataques paralisaram grande parte da produção de petróleo da empresa naquele mês, trazendo perdas financeiras e colocando mais um fator de risco na mente dos potenciais investidores do IPO.

Voltando aos resultados financeiros, a Saudi Aramco obteve uma receita líquida de US$ 217,1 bilhões entre janeiro e setembro, o que implica numa margem líquida de mais de 30%. A receita, no entanto, encolheu 6,9% em comparação com os primeiros nove meses de 2018, quando a linha chegou a US$ 233,3 bilhões.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

conversa vai avançar

União Europeia visita EUA em fevereiro para negociar acordo, diz presidente do BCE

Trump chegou a ameaçar tarifar carros e outros produtos da UE se os dois lados não conseguirem fechar um novo acordo

na agenda americana

EUA começaram a trabalhar no corte de impostos ‘2.0’, diz secretário

Casa Branca planeja implementar um segundo corte de impostos para a classe média e “outros incentivos” para impulsionar o crescimento da economia

dados da receita

Arrecadação federal de impostos em 2019 é a maior em cinco anos

Crescimento é explicado pelo comportamento dos principais indicadores macroeconômicos, especialmente os relacionados com o consumo, produção industrial e importações

SIGA O 'BUY AND HOLD'

A estratégia de comprar ações para acelerar sua aposentadoria; entenda

Um dos maiores erros dos investidores que poupam para a aposentadoria é colocar todo o seu dinheiro na renda fixa. O investimento em ações é o gás que você precisa para acelerar o seu plano. O Seu Dinheiro lançou nesta semana o curso “Aposente-se aos 40 (ou o quanto antes)” para ajudar os leitores a […]

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta quinta-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

Alívio no caixa?

Ações da Oi sobem forte com notícia de venda da Unitel

A participação da Oi na tele angolana foi vendida para a Sonangol por US$ 1 bilhão, de acordo com notícia publicada pelo colunista Lauro Jardim, de O Globo

solução?

Decreto sobre contratação de militares para INSS deve sair esta semana, diz Bolsonaro

TCU já avisou o governo de que terá de ser elaborada uma solução ampla para o recrutamento de pessoal, abrindo a possibilidade de contratação também para civis

primeira reunião do ano

BCE mantém política monetária inalterada, mas lança revisão de estratégia

Como previam analistas, o BCE manteve a taxa de refinanciamento em 0% e a de depósito em -0,50%

Cautela

Ibovespa opera em queda, reagindo à tensão global com o coronavírus; IPCA-15 mexe com dólar e juros

O Ibovespa exibe um tom negativo nesta quinta-feira, preocupado com a disseminação do coronavírus às vésperas do feriado na China. Os dados de inflação no país também são monitorados

levantamento do boa vista

Abertura de empresas cresce 18% em 2019

Setor de serviços foi destaque, com 61,8% de representatividade; em contrapartida, o comércio diminuiu essa parcela

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements