Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-09-16T10:06:42-03:00
Agência Brasil
Índice Geral de Preços

IGP-10 tem inflação de 0,29% em setembro

O Índice de Preços ao Produtor Amplo, que mede o atacado, continuou registrando deflação, mas com uma taxa mais moderada (-0,57%) do que no mês anterior (-0,83%)

16 de setembro de 2019
10:06
Consumo inflação mercado
Imagem: Shutterstock

O Índice Geral de Preços–10 (IGP-10), calculado pela Fundação Getulio Vargas (FGV), registrou inflação de 0,29% em setembro. A taxa é maior que a de agosto, que havia tido deflação (queda de preços) de 0,47%, mas inferior ao índice de setembro do ano passado: inflação de 1,20%.

O IGP-10 acumula inflação de 3,62% no ano e de 3,65% em 12 meses. Os dados foram divulgados hoje (16), no Rio de Janeiro.

A alta de agosto para setembro foi puxada pelos preços no atacado e pelo custo da construção. A inflação do Índice Nacional do Custo da Construção subiu de 0,35% em agosto para 0,79% em setembro.

Já o Índice de Preços ao Produtor Amplo, que mede o atacado, continuou registrando deflação, mas com uma taxa mais moderada (-0,57%) do que no mês anterior (-0,83%).

E o Índice de Preços ao Consumidor apresentou queda da taxa, de 0,24% em agosto, para 0,05% em setembro.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

MERCADOS HOJE

Ibovespa acompanha NY e busca recuperação antes de decisão do Fed; dólar recua

Com a inflação mais agressiva dos últimos meses, o Fed vem sendo pressionado para agir, mas os indicadores de desemprego e atividade seguem sustentando uma política monetária mais acomodatícia.

De carona no foguete

Bitcoin volta a tocar patamar dos US$ 40 mil; confira o que está impulsionando o mercado hoje

De acordo com especialistas, o índice do medo do bitcoin se mantém neutro depois de passar dois meses na zona vermelha

Fartura nos resultados

Trimestre apetitoso! McDonald’s supera expectativas do mercado e registra lucro de US$ 2,22 bilhões

Com ajustes, o lucro por ação somou US$ 2,37 e ficou acima da previsão de analistas consultados pela FactSet, de US$ 2,11

O melhor do seu dinheiro

Entrevista exclusiva com a Ânima, o fim de uma era no Santander e mais destaques desta quarta-feira

A pandemia da covid-19 acertou em cheio as empresas de educação privada na bolsa. Em meio à crise, muitos alunos que trabalhavam para pagar as mensalidades acabaram perdendo o emprego. O resultado no balanço das companhias foi o aumento na inadimplência e a queda no número de estudantes nos cursos de graduação. Mas como costuma […]

Lucro forte

Na Olimpíada dos balanços, a WEG foi ao pódio mais uma vez no segundo trimestre

A WEG novamente mostrou forte crescimento na receita líquida, Ebitda e lucro, auxiliada pela demanda forte no exterior e no Brasil

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies