🔴 RENDA MÉDIA DE R$ 21 MIL POR MÊS COM 3 CLIQUES – SAIBA COMO

Cotações por TradingView
Carolina Gama
E AGORA, BETINHA?

Um dragão no colo da rainha! Britânicos podem encarar inflação de 22% — e o grande vilão dessa história é bem conhecido

Além de uma inflação de 22,4% para o próximo ano, o Produto Interno Bruto (PIB) britânico pode cair 3,4%, segundo projeções do Goldman Sachs

Escudo dragão
Imagem: Shutterstock

Super-homem contra Lex Luthor, Batman contra o Coringa, Reino Unido contra a inflação. A disparada dos preços é a maior vilã dos britânicos neste momento — ameaçando lançar a terra da rainha na recessão ainda este ano. 

Se os cálculos do Goldman Sachs estiverem certos, a inflação no Reino Unido pode acelerar acima de 22% no próximo ano, tudo por conta da espiral ascendente dos preços da energia.

O banco norte-americano trabalhou com um cenário no qual os preços do gás seguem elevados como nos níveis atuais, com um aumento projetado de mais de 80% em janeiro do ano que vem. .

Se isso acontecer, o Goldman diz que a inflação no Reino Unido pode atingir um pico de 22,4% em 2023 e, pior: o Produto Interno Bruto (PIB) britânico pode cair 3,4%. 

Correndo contra o tempo… e a inflação

A Gotham City pintada pelo Goldman Sachs é ainda mais sombria. Segundo o banco, as famílias britânicas devem ser atingidas por um aumento projetado de 80% em suas contas de energia nos próximos meses. 

Se esse reajuste se confirmar, conta média anual de energia para uma família britânica subirá para 3.549 libras (US$ 4.197), de 1.971 libras — exacerbando a crise de custo de vida existente no país.

Na sexta-feira (26), o regulador de energia do Reino Unido anunciou a elevação do teto nas contas de energia ao consumidor a partir de 1º de outubro para acompanhar o aumento dos preços do gás no atacado, que subiram 145% no Reino Unido desde o início de julho.

O Ofgem (o escritório para o mercado de gás e eletricidade do Reino Unido) deve recalcular o preço máximo novamente em três meses. No entanto, Goldman diz que se os preços permanecerem "persistentemente mais altos", outro aumento de 80% pode ser possível.

Mas, assim como nos quadrinhos, nem tudo está perdido. Se os preços da energia forem moderados, o pico de inflação no Reino Unido provavelmente atingirá 14,8% em janeiro, de acordo com o Goldman.

Embora bem abaixo da projeção de 22%, esse percentual ainda está acima dos 13,3% previstos pelo Banco da Inglaterra, o banco central britânico, no início deste mês.

Fonte: OCDE

A recessão vem aí

O Goldman Sachs também projeta que o Reino Unido entrará em recessão ainda no quarto trimestre deste ano. 

De acordo com o banco, a economia britânica contrairia 0,3% em uma base não anualizada no quarto trimestre deste ano, seguida por -0,4% e -0,3% no primeiro e segundo trimestres de 2023, respectivamente.

“Agora esperamos que a profunda crise do custo de vida leve a economia do Reino Unido à recessão ainda este ano”, diz o Goldman Sachs em nota.

O Goldman não é o único a fazer previsões sombrias para a economia britânica. O Citi, por exemplo, previu na semana passada que a inflação do Reino Unido ultrapassaria 18% em janeiro de 2023.

O grupo seleto da inflação acima de 20%

Se a previsão do Goldman se confirmar e a inflação no Reino Unido ficar em 22,4% no próximo ano, a terra da rainha entrará para um grupo seleto do qual já fazem parte países como Argentina e Turquia. 

De acordo com dados da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), cinco países têm hoje uma taxa de inflação acima de 20%: Argentina, Estônia, Letônia, Lituânia e Turquia.

Para se ter uma ideia, a Rússia, que está em guerra contra a Ucrânia registrou uma inflação de 16,7% em julho, de acordo com a OCDE.

O Reino Unido, por sua vez, teve uma taxa de 8,8% no mês passado, enquanto os EUA, de 8,52%. 

*Com informações da CNBC

Compartilhe

REPERCUSSÃO GERAL

Motoristas da Uber vão virar funcionários? STF julga se ação sobre vínculo de trabalho pode ter impacto em outras plataformas como Ifood

23 de fevereiro de 2024 - 19:03

A maioria dos ministros do Supremo tem atendido a pedidos de empresas para reverter decisões da Justiça do Trabalho que reconheceram vínculo de emprego

LOTERIAS

7 apostas dividem a Lotofácil, mas nem todo mundo vai ganhar o valor cheio; Mega-Sena e Quina acumulam

23 de fevereiro de 2024 - 5:50

Enquanto a Lotofácil fez jus à fama de loteria menos difícil da Caixa, o prêmio da Mega-Sena saltou para R$ 110 milhões

DINHEIRO NO BOLSO

Receita abre consulta a lote residual do Imposto de Renda; veja se a sua restituição saiu

22 de fevereiro de 2024 - 16:06

Os valores do lote residual de restituição do Imposto de Renda ficarão disponíveis para resgate por até um ano no Banco do Brasil

LOTERIAS

13 dá azar ou sorte? Quina quebra jejum e faz novo milionário; Mega-Sena corre hoje valendo quase R$ 100 milhões

22 de fevereiro de 2024 - 5:54

Enquanto a Lotofácil acumulou, a Quina fez as vezes de “máquina de milionários”; confira os detalhes dos últimos sorteios

MEMÓRIA

Quem foi Affonso Celso Pastore, ex-presidente do BC e referência entre os economistas ortodoxos

21 de fevereiro de 2024 - 12:08

Da negociação da dívida externa nos anos 1980 à assessoria econômica na pré-candidatura de Sergio Moro, conheça a trajetória de Pastore

UMA FANTÁSTICA FÁBRICA DE CHOCOLATES

Noites do Terror com chocolate? O que a Cacau Show pretende com a compra do Playcenter

21 de fevereiro de 2024 - 9:36

Valor da compra do Grupo Playcenter pela Cacau Show não foi revelada; negócio ainda depende da aprovação do Cade

LOTERIAS

Parece tão fácil que quase estraga: 7 apostas dividem a Lotofácil; Mega-Sena e Quina acumulam ainda mais

21 de fevereiro de 2024 - 5:47

Enquanto a Lotofácil faz jus à fama de loteria menos difícil da Caixa, a Mega-Sena e a Quina continuam fazendo jogo duro

LOTERIAS

Lotofácil começa semana com 2 ‘quase-milionários’; Quina acumula e Mega-Sena promete uma fortuna hoje

20 de fevereiro de 2024 - 5:48

Ganhadores da Lotofácil estão separados por milhares de quilômetros; Mega-Sena está acumulada em R$ 87 milhões

PARA MICRO E PEQUENAS EMPRESAS

É MEI e está devendo para o banco ou para a Receita? Governo prepara ‘Desenrola’ para pequenas empresas que pode beneficiar 8 milhões de CNPJs

19 de fevereiro de 2024 - 17:32

A intenção é lançar até o mês que vem a versão para pessoas jurídicas do Desenrola Brasil

BOMBOU NO SD

O carnaval da bolsa, ‘petróleo branco’ na mira do BNDES e inflação recorde na Argentina — confira os destaques do Seu Dinheiro na semana

18 de fevereiro de 2024 - 10:13

Além da pulga atrás da orelha com o Carnaval, os leitores também buscaram se informar sobre a confirmação dos boatos de o BNDES quer financiar uma planta de refino de lítio, o recorde de inflação nda Argentina, uma nova fusão entre petroleiras e como fica um inventário com previdência privada

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies