Menu
2020-01-01T16:28:25-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Hora das compras

Limite para compras em free shops subirá de US$ 500 para US$ 1 mil

O ministro da Economia, Paulo Guedes, assinou portaria que aumenta cota a que brasileiros têm direito em viagens internacionais; medida vale a partir de 1º de janeiro

15 de outubro de 2019
13:13 - atualizado às 16:28
Paulo Guedes posse planalto
Cerimônia de Nomeação dos Ministros de Estado - Imagem: Marcos Corrêa/PR

Nesta segunda-feira, 14, o ministro da Economia, Paulo Guedes assinou a Portaria 559, que aumenta o limite de US$ 500 para US$ 1 mil para compras em free shop para brasileiros que voltam de viagem ao exterior. O teto é valido para o equivalente em outras moedas. A medida se tornará vigente em 1º de janeiro de 2020.

Atualmente, brasileiros podem fazer até US$ 500 em compras em free shop ao desembarcar no Brasil. Além disso, têm direito a mais US$ 500 para compras feitas no exterior e trazidas na bagagem.

A regra para o segundo caso se mantém, já que deve respeitar a norma limite que engloba todos os países do Mercosul.

A Portaria também afeta a cota para viagens internacionais terrestres, como a fronteira Brasil e Paraguai. A medida altera o limite de US$ 300 para US$ 500.

Os free shops são lojas que ficam nas áreas de embarque e desembarque de aeroportos, normalmente os produtos são vendidos sem encargos ou tributações, como  Imposto de Importação, IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) e PIS/Cofins.

Por esses produtos serem isentos de imposto, a medida só pode entrar em vigor no próximo ano, pois seria necessário mudar a Lei Orçamentária de 2019, já que é um arrecadação que a União abre mão de receber.

A mudança foi publicada no Diário Oficial desta terça-feira, 15. O presidente Jair Bolsonaro postou em suas redes a notícia:

* Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Alguém anotou a placa?

Coronavírus derrubou quase tudo em fevereiro; só o dólar e uma parte da renda fixa se salvaram

Entre mortos e feridos, salvaram-se poucos; dólar disparou, bolsa desabou, e até alguns títulos de renda fixa tiveram desempenho negativo no mês.

Dinheiro no bolso

Banco do Brasil aprova pagamento de R$ 517,4 milhões em juros sobre capital próprio

Total a ser pago, relativo ao primeiro trimestre de 2020, equivale a R$ 0,1814 por ação

Seu Dinheiro na sua noite

O que nós fizemos depois da queda da bolsa

Eu sei que assistir de braços cruzados à forte queda das ações em meio à completa falta de clareza sobre os impactos do coronavírus nos investimentos é difícil. Mas foi exatamente o que nós aqui do Seu Dinheiro fizemos. Bem, não ficamos exatamente de braços cruzados. Acompanhamos de perto todos os desdobramentos deste momento delicado […]

Perdas generalizadas

Coronavírus derruba o mercado e faz o Ibovespa cair 8,43% em fevereiro, o pior mês desde maio de 2018

O coronavírus se espalhou pelo mundo e trouxe uma enorme onda de aversão ao risco às bolsas. Como resultado, o Ibovespa desabou em fevereiro e o dólar à vista renovou as máximas, flertando com o nível de R$ 4,50

Pensando nas taxas

Goldman Sachs prevê 3 cortes de juros pelo Fed até junho com coronavírus

Primeira redução seria de 0,25 ponto já na reunião do próximo do comitê, marcada para os dias 17 e 18 de março

Polêmica em Brasília

Presidente do Senado convoca sessão para votar vetos do Orçamento impositivo

Projeto obriga o governo a pagar todas as emendas parlamentares neste ano

BC dos EUA

FED: fundamentos da economia continuam sólidos, mas coronavírus representa risco

Declaração foi dada pelo presidente do FED, Jerome Powell, em comunicado divulgado nesta sexta-feira

REAL DESVALORIZADO

Real está no topo da lista das moedas de emergentes com maior queda desde janeiro

Segundo o levantamento, o real está atrás até mesmo de moedas como o Rand Sul-africano (ZAR) e o peso colombiano (COP). Mas o movimento de depreciação de moedas emergentes em relação ao dólar não é único no Brasil

Ouça o que bombou na semana

Podcast Touros e Ursos: Como navegar as águas turbulentas do mercado?

O surto de coronavírus pegou os mercados em cheio, provocando enormes perdas ao Ibovespa e fazendo o dólar disparar rumo a novas máximas. Nesse cenário, nossos repórteres discutem como se comportar em meio ao tsunami de notícias negativas e proteger seus investimentos. Confira os destaques da semana: O coronavírus chegou com tudo aos mercados Dólar […]

Militares nas ruas

Governo federal confirma prorrogação de GLO no Ceará até dia 6 de março

Prazo original também tinha duração de uma semana e venceria nesta sexta-feira, 28

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements