2019-06-07T18:45:24-03:00
Estadão Conteúdo
Inflação do aluguel

IGP-M sobe 0,92% em abril, após 1,26% em março, afirma FGV

Índice avançou de 8,27 para 8,64% em 12 meses. Em 2018, o indicador acumula alta de 3,10%

29 de abril de 2019
9:03 - atualizado às 18:45
Imóveis em são paulo
Imagem: Shutterstock

O Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) subiu 0,92% em abril, desacelerando do patamar de 1,26% alcançado em março, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta segunda-feira (29). A taxa, contudo, foi a maior para o mês desde 2015, quando havia sido de 1,17%.

Mesmo com o arrefecimento mensal, o IGP-M avançou em 12 meses, de 8,27% até março para 8,64% em abril. No ano, o indicador acumula alta de 3,10%.

O IGP-M de abril superou a mediana de expectativas da pesquisa do Projeções Broadcast, de 0,88%, mas ficou dentro do intervalo previsto, de 0,67% a 0,96%. Em 12 meses, as estimativas iam de 8,40% a 9,10%, com mediana de 8,59%.

O arrefecimento IGP-M entre março e abril foi determinado pela perda de força dos produtos no atacado no período. O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA-M) desacelerou de 1,67% no terceiro mês do ano para 1,07% neste mês.

Os preços agropecuários perderam força na passagem de março para abril. A desaceleração dos preços no atacado foi beneficiada pelo arrefecimento do IPA Agropecuário, que passou de 3,90% para 0,45% entre março e abril. Já o IPA Industrial acelerou de 0,93% para 1,28%.

Nos estágios de produção, houve arrefecimento nas três categorias analisadas. Bens Finais subiram 1,25% em abril, de 1,93% em março. Já os Bens Intermediários avançaram 0,47%, de 0,87%, enquanto as matérias-primas brutas tiveram alta de 1,57% em abril, ante 2,33% no mês anterior.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

QUANDO PARECE QUE VAI ANDAR…

Terceira via congestionada: Impasse regional entre MDB e PSDB trava anúncio de Tasso como vice de Simone Tebet

Aliados de Simone Tebet no MDB gaúcho e também líderes tucanos cobram que a senadora assuma pessoalmente a articulação, mas ela resiste

CAPTANDO DINHEIRO

CVC (CVCB3) capta R$ 402,8 milhões em oferta de ações, mas precisa aceitar um desconto pesado

O preço por ação na oferta da CVC foi de R$ 7,70 por papel, o que representa um desconto de 13,3% na comparação com o fechamento de ontem

MERCADOS AO VIVO

Bolsa hoje: Ruídos fiscais afastam Ibovespa de Nova York e bolsa fica instável; dólar vai a R$ 5,26

RESUMO DO DIA: O último pregão da semana é marcado pelo apetite de risco dos investidores, que passaram por dias de alta volatilidade nas bolsas. Sem maiores destaques para o dia no exterior, os índices sobem, digerindo as falas de representantes dos bancos centrais. Por aqui, o destaque do Ibovespa vai para a divulgação do […]

SEU DINHEIRO EXPLICA

Petrobras (PETR4) é culpada ou inocente? Qual o papel da estatal na disparada dos preços da gasolina e do diesel

Aumentou a chance da alta dos preços dos combustíveis cair na conta da Petrobras. Mas será que a estatal é mesmo culpada ou está sendo vítima de uma injustiça?

CAÇADOR DE TENDÊNCIAS

Oportunidade de lucro de mais de 7% em swing trade com a Via (VIIA3); confira a recomendação

Identifiquei uma oportunidade de swing trade – compra dos papéis da Via (VIIA3). Veja os detalhes da análise

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies