Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-03-07T10:53:16-03:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
mercados

Estrangeiro tem menor “aposta” contra o Ibovespa desde outubro

Posição vendida em Ibovespa futuro cai abaixo de 100 mil contratos neste começo de mês

7 de março de 2019
10:53
B3
B3 - Imagem: Shutterstock

O investidor vem reduzindo a sua “aposta” na queda o Ibovespa, principal índice de ações da B3. Neste começo de março, o estoque caiu abaixo da linha dos 100 mil contratos pela primeira vez desde outubro do ano passado.

Uma forma de ler as posições no Ibovespa futuro é como uma proteção (hedge) às oscilações no mercado à vista. O investidor está comprado em bolsa no mercado à vista e vai proteger essa exposição no mercado futuro vendendo contratos de Ibovespa.

No entanto, o mercado também opera o Ibovespa futuro com um ativo em si, podendo montar apostas de alta (comprado) ou de queda (vendido) no Ibovespa.

Falamos sobre a certa complexidade de analisar essas posições aqui, quando o gringo chegou a ter uma posição vendida de quase 165 mil contratos no começo de em janeiro. Além da posição em futuro, temos de considerar o fluxo à vista, o estoque de posição e como as oscilações de preço influenciam esse estoque (valuation).

O que movimento recente sugere é uma realização de lucros por parte do não residente conforme o Ibovespa foi perdendo força ao longo do mês passado, fechando o pregão de ontem na casa dos 94 mil pontos, depois de testar os 98,6 mil pontos no começo do mês passado.

Ao longo de fevereiro, o não residente também foi vendedor líquido de ações no mercado à vista, com saída de R$ 2,6 bilhões. Essa redução de posições à vista e no mercado futuro sugere uma postura mais cautelosa do não residente, reduzindo sua atuação no mercado.

A principal contraparte do estrangeiro no mercado futuro são os fundos locais, que fecharam o pregão de ontem com uma posição comprada de 101 mil contratos, contra 130 mil contratos em meados de fevereiro e 158 mil no começo de janeiro. No mercado à vista, o investidor institucional fechou fevereiro com fluxo positivo de R$ 2,1 bilhões.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

roxinho com mais crédito

Nubank promete aumentar limite em cartão de crédito de 35 milhões de clientes

Segundo a companhia, até o final de 2021, 10 milhões de clientes serão impactados pela novidade do cartão; três milhões em agosto

A vida depois da pandemia?

Ações da Multiplan sobem 5% após balanço que mostra recuperação dos shoppings

Resultados mostram avanço nas vendas e nas receitas de aluguel, à medida que a vacinação avança e os shoppings reabrem

Balanço sólido

Lucro líquido da Mastercard dispara 46% e vai a US$ 2 bilhões no segundo trimestre; resultado superou previsões dos analistas

O resultado foi impulsionado, segundo o CEO da empresa, pela contínua recuperação dos gastos domésticos e internacionais

De olho no futuro

Lucro e receita acima do esperado, mas ação em baixa. O que acontece com a Ambev?

Como de costume, mercado toma decisões baseado nas projeções, e segundo analistas, custos de produção e margens ainda preocupam

Estreia do dia

Brisanet estreia na bolsa em queda de mais de 4% após IPO no piso da faixa indicativa

A empresa desembarca na bolsa brasileira após uma oferta bilionária que levantou R$ 1,4 bilhão, com os papéis no piso da faixa indicativa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies