Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-06-21T19:03:12-03:00
Estadão Conteúdo
Fraudes em fundos de pensão

Justiça ratifica denúncia de Operação Rizoma contra desvios no Postalis e Serpros

Entre os acusados estão o empresário Milton Lyra, o “operador do MDB”, o ex-tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, e o empresário Arthur Mario Pinheiro Machado

21 de maio de 2019
14:46 - atualizado às 19:03
Correios
Correios - Imagem: Shutterstock

O juiz Marcus Vinícius Reis Bastos ratificou o recebimento da denúncia, pela 12ª Vara Federal do Distrito Federal, contra 16 investigados pela Operação Rizoma, que apura suposto desvio de verbas dos fundos de pensão dos Correios - o Postalis - e do Serpros.

Entre os acusados estão o empresário Milton Lyra, apontado como "operador do MDB", o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto e o empresário Arthur Mario Pinheiro Machado. Eles negam ligação com o esquema. O bloqueio de bens dos denunciados e a autorização de compartilhamento das provas também foram confirmados por Bastos.

Essas decisões foram da 7ª Vara Criminal da Justiça Federal do Rio que, em abril de 2018, deflagrou a Operação Rizoma, desdobramento da Lava Jato no Rio, por ordem do juiz Marcelo Bretas. Na ocasião, o magistrado decretou a prisão de 10 investigados e buscas em 21 endereços.

Em maio do mesmo ano o Ministério Público Federal apresentou a denúncia contra os 16 acusados . Dois meses depois, o Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2), avaliou que a 7ª Vara Federal do Rio, sob titularidade de Bretas, não tinha competência para avaliar os crimes relacionados aos fundos de pensão, uma vez que estes não tinham relação com a Lava Jato.

O Tribunal determinou o desmembramento da ação da Rizoma e sua redistribuição para uma das Varas Federais Criminais Especializadas do Rio.

A denúncia, no entanto, foi enviada à Justiça Federal do DF por determinação do Superior Tribunal de Justiça. No fim de novembro de 2018, a Terceira Seção da Corte acatou, por 7 votos a 1, o recurso da defesa de Milton Lyra que alegava "conflito de competência" entre as investigações da Operação Pausare, conduzida no DF, e as da Operação Rizoma, no Rio.

Bastos também indeferiu o pedido de Lyra pra que seus bens fossem desbloqueados e o passaporte restituído.

Para o magistrado, a manutenção das medidas cautelares é "indispensável". A determinação está relacionada à decisão do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), que em maio de 2018 mandou soltar o suposto operador do MDB. O empresário ficou detido por cerca de um mês.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Acionistas felizes

Sextou com dividendos: Copel (CPLE6) anuncia mais de R$ 1 bilhão em proventos; veja quem tem direito

Os valores aprovados pelo conselho de administração da empresa serão pagos aos acionistas em 30 de novembro

BLINK!

O que rolou nessa semana? Onde aprender Valuation? Vale (VALE3) caindo novamente? Felipe Miranda responde seus seguidores neste BLINK!

A chegada do final de semana é marcada pela sexta-feira e pelo BLINK! Felipe Miranda, estrategista-chefe da Empiricus, respondeu algumas perguntas feitas pelos seus seguidores. Confira

avaliando riscos

‘Papa’ do valuation vê inflação subestimada e diz que alta de preços é seu maior medo

Em evento, o professor da NYU Aswath Damodaran disse que gostaria de ver o banco central norte-americano agindo mais do que minimizando a alta de preços

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

O Ibovespa em queda livre e outros destaques desta sexta

Com a queda de 2,07% desta sexta-feira, aos 111.439 pontos, o Ibovespa emplacou o seu quarto pregão seguido de baixa e, agora, acumula um retorno negativo de mais de 6% em 2021. É um desempenho decepcionante para um índice que começou o ano renovando máximas e atingiu o seu nível recorde há apenas três meses; […]

Rumo ao topo

Após compra da Extrafarma, veja as armas da Pague Menos (PGMN3) na luta pela liderança do varejo farmacêutico

Além dos planos de inaugurar 200 lojas entre 2020 e 2021, a empresa quer aumentar a sua fatia nas vendas online e por telefone

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies