Menu
2019-05-31T10:16:53-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Reflexo da instabilidade

Indicador de incerteza da FGV tem segunda alta seguida e sobe 2,2 pontos em maio

Instabilidade do ambiente político brasileiro contribuiu para as altas do índice. Resultado de maio mantém o nível de incerteza elevada

31 de maio de 2019
10:16
incertezaspesam
mercados-incertezas - Imagem: shutterstock

O Indicador de Incerteza da Economia Brasileira (IIE-Br), divulgado nesta sexta-feira (31) pela Fundação Getulio vargas,  subiu 2,2 pontos na passagem de abril para maio, alcançando 119,5 pontos. O resultado mantém o índice no nível de incerteza elevada (acima de 110 pontos). Essa é a segunda alta seguida do indicador.

Para chegar ao IIE-Br, a Fundação avalia dois componentes: o IIE-Br Mídia, que faz o mapeamento nos principais jornais da frequência de notícias com menção à incerteza; e o IIE-Br Expectativa, construído a partir das dispersões das previsões para a taxa de câmbio e para o IPCA.

Para a pesquisadora Raíra Marotta, do Instituto Brasileiro de Economia da FGV (Ibre/FGV), as altas recente refletem a instabilidade do ambiente político brasileiro.  "No cenário externo, a guerra comercial entre EUA e China também vem contribuindo para que a incerteza permaneça elevada e influencie, em menor magnitude, o resultado. É possível que o IIE-Br recue nos próximos meses, quando se terá maior clareza quanto à aprovação da reforma da Previdência e com relação ao abrandamento das tensões entre o Executivo e Legislativo", avaliou.

Em maio, o componente de Mídia subiu 3,3 pontos, contribuindo com 2,9 pontos para o resultado agregado. O componente de Expectativa registrou queda de 3,1 pontos no período, contribuindo com -0,7 ponto.

A coleta dos dados é feita entre o dia 26 do mês anterior ao dia 24 do mês de referência.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

acordo conveniente

BR Distribuidora e Lojas Americanas fecham parceria em lojas de conveniência

Empresas vão formar uma nova empresa para explorar negócio de lojas dentro e fora dos postos de combustíveis

PEC emergencial

Receita Federal pode ficar sem recursos com desvinculação de gastos da PEC emergencial, dizem auditores

O gasto mínimo com saúde, educação e administração tributária é um dos pontos que encontra resistência no Congresso

O melhor do Seu Dinheiro

O futuro dos fundos imobiliários e uma estreia no Seu Dinheiro

Em janeiro do ano passado, a redação do Seu Dinheiro havia acabado de deixar o “coworking” onde ficou praticamente desde a estreia do site para alugar um espaço em um prédio comercial. Mas nem deu tempo de curtir o “sonho da sala própria”. Com a pandemia da covid-19, dois meses depois já estávamos todos em […]

INFLAÇÃO DO ALUGUEL

IGP-M sobe 2,53% em fevereiro e acumula alta de 5,17% em 2021

Em janeiro, indicador utilizado para reajustar contratos de aluguéis avançou 2,58%, segundo dados da FGV-Ibre

carta do presidente

“Entregamos a recuperação da Petrobras prometida”, diz Roberto Castello Branco

O executivo reafirmou que o objetivo da companhia “é ser a melhor empresa de óleo e gás do mundo”, concluiu em sua (talvez) última Carta do Presidente

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies