Menu
2019-12-26T09:08:15-03:00
Estadão Conteúdo
Dados da FGV

Confiança do setor de serviços sobe 1,1 ponto em dezembro

Em médias móveis trimestrais, o índice teve alta de 0,7 ponto, mantendo a tendência ascendente iniciada em julho

26 de dezembro de 2019
9:08
Serviços
Imagem: Shutterstock

O Índice de Confiança de Serviços (ICS) subiu 1,1 ponto na passagem de novembro para dezembro, para 96,1 pontos, na série com ajuste sazonal, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV).

Em médias móveis trimestrais, o índice teve alta de 0,7 ponto, mantendo a tendência ascendente iniciada em julho deste ano.

"A confiança de serviços encerra o ano de 2019 em trajetória ascendente, registrando o maior nível desde fevereiro de 2019. A alta em dezembro foi influenciada principalmente pela melhora da percepção dos empresários sobre a situação atual, sugerindo que o volume de serviços deve ter um resultado favorável no último trimestre do ano e com empresários mais otimistas com a continuidade da recuperação gradual do setor nos primeiros meses de 2020", avaliou Rodolpho Tobler, economista do Instituto Brasileiro de Economia da FGV (Ibre/GV), em nota oficial.

Em dezembro, o Índice de Situação Atual (ISA-S) avançou 1,8 ponto, para 93,6 pontos, maior nível desde junho de 2014, quando estava em 94,3 pontos. No ano de 2019, o ISA-S acumulou uma alta de 5,1 pontos.

Já o Índice de Expectativas (IE-S) subiu 0,4 ponto em dezembro, para 98,8 pontos, aproximando do nível neutro de 100 pontos. O IE-S, porém, acumulou uma queda de 2,1 pontos em 2019.

O Nível de Utilização da Capacidade Instalada (Nuci) do setor de serviços recuou 0,1 ponto porcentual em dezembro ante novembro, para 81,6%.

A coleta de dados para a edição de dezembro da Sondagem de Serviços foi realizada entre os dias 2 e 20 do mês.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Menor do que o mercado

Campos Neto cita expectativa de retração de 4,5% do PIB em 2020

O Relatório de Mercado Focus, publicado hoje, indicou que a projeção mediana dos economistas do mercado é de 5,00% de queda para o PIB

maior ipo do ano

Ações do Grupo Mateus caem forte após ruídos em torno de ‘falhas internas’

Com menos de uma semana na bolsa, a notícia gerou grande inquietação entre os investidores e continua a repercutir mesmo após a companhia ter esclarecido a situação.

PRÉVIA DOS BALANÇOS

XP diz o que esperar para os resultados do 3º trimestre

Corretora acredita que siderurgia e mineração e setor de proteínas devem apresentar os melhores resultados no período

Azedou

Procon-SP notifica Nubank e Mercado Pago após reclamações de clientes sobre Pix

As fintechs negaram na semana passada que tenham feito qualquer cadastro sem o consentimento dos clientes.

Tentando conter o fogo

Campos Neto cita mudanças nas projeções de PIB em 2020, para retração menor

Pelo Relatório de Mercado Focus, publicado pelo BC, as projeções para o PIB este ano sugerem retração de 5,00%

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements