⚠️ DIVIDENDOS EM RISCO? Lula e Bolsonaro querem taxar seus proventos e podem atacar sua renda extra em 2023. Saiba mais aqui

2019-10-21T10:38:56-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
educação

Yduqs (ex-Estácio) compra dona do Ibmec por R$ 1,9 bilhão

Com aquisição da Adtalem, holding passa ter uma receita líquida de R$ 4,5 bilhões e 678 mil alunos; no ano, papeis acumulam alta de 64%

21 de outubro de 2019
8:05 - atualizado às 10:38
fachada de faculdade da Estácio
Fachada de faculdade da Estácio - Imagem: Liz Guimarães/Estadão Conteúdo

A Yduqs (ex-Estácio Participações) anunciou a compra, por R$ 1,92 bilhão, da Adtalem  — décimo maior grupo de ensino superior privado no Brasil, dono das marcas Ibmec, Wyden, Damásio Educacional, entre outras. As marcas adquiridas serão preservadas.

Com a aquisição, a Yduqs passa a ter uma receita líquida de R$ 4,5 bilhões e 678 mil alunos - hoje são 576 mil matriculados e receita de R$ 3,6 bilhões. Na sexta-feira, as ações da holding fecharam o dia cotadas a R$ 38,33. No ano, acumulam alta de 64%.

A ex-Estácio diz que a compra da Adtalem tem como objetivo transformar as operações da Yduqs, dando uma maior amplitude na oferta de educação e maior potencial de aceleração de crescimento. "Adicionalmente aos 102 mil alunos, a transação acrescenta marcas fortes e complementares ao nosso portfólio, assim como competências valiosas", informa a empresa.

Essa é a negociação mais significativa da holding desde a tentativa frustrada de fusão com a Kroton, após os cortes no Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) - que penalizaram as gigantes do setor de educação.

Agora, a Yduqs afirma que enxerga na Adtalem uma parceira ideal para avançar no EAD e na pós-graduação. "Identificamos também significativa complementariedade geográfica, com o fortalecimento de nossa presença nas regiões Norte e Nordeste".

Segundo a Yduqs, a transação consiste na aquisição de 100% das ações da Adtalem pelo valor de R$1,92 bilhão (Enterprise Value), acrescido da posição líquida pro forma do caixa da Adtalem de R$305 milhões, em 30 de junho de 2019. O pagamento do valor total será realizado à vista na data de fechamento.

O valor da transação contempla um mecanismo de locked-box em que todo o caixa gerado pelas operações da Adtalem entre 30 de junho de 2019 até a data fechamento permanecerá no caixa da companhia adquirida. O preço da transação será pago com recursos próprios e financiamentos.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Quem apoia Lula e Bolsonaro no segundo turno, Elon Musk de volta ao Twitter e as ações mais indicadas para outubro; confira os destaques do dia

4 de outubro de 2022 - 18:55

Se ontem (03) a forte alta do Ibovespa foi muito além dos ganhos vistos em Wall Street, hoje o dia foi marcado pelo movimento contrário.  Em Nova York, os investidores seguiram otimistas com a possibilidade de que os mais recentes dados da economia americana possam levar o Federal Reserve a diminuir o ritmo do seu […]

FECHAMENTO DO DIA

Peões se movimentam no xadrez político e Ibovespa tem alta limitada; dólar cai a R$ 5,16

4 de outubro de 2022 - 18:37

O principal índice da bolsa brasileira teve alta de 0,08%, enquanto o dólar à vista caiu 0,11%, a R$ 5,1680. Isso porque as atenções dos investidores estão de volta ao tabuleiro político do país.

Alívio no bolso

Pensão alimentícia agora é isenta de IR, e quem pagou o imposto nos últimos anos pode reaver a bolada; veja como

4 de outubro de 2022 - 18:21

Plenário do STF confirmou decisão de junho que isenta pensão alimentícia de imposto de renda; veja se você já pode parar de pagar o carnê-leão e como pleitear o ressarcimento dos valores pagos nos últimos cinco anos

Crédito privado

Após resgates superarem 75% do patrimônio, Captalys fecha fundo Orion para novas aplicações

4 de outubro de 2022 - 17:42

Em comunicado enviado aos cotistas, a Captalys informa que a presidente, Margot Greenman, vai se dedicar exclusivamente a retornar o capital integralmente aos cotistas

INCLUSÃO E DIVERSIDADE

Vivo abre mais de 400 vagas para pessoas com deficiência; saiba como participar do processo seletivo

4 de outubro de 2022 - 17:35

As oportunidades, com atuação presencial ou remota em 15 cidades do país, são para as áreas corporativas e comercial; as inscrições vão até 13 de outubro

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies