Menu
2019-10-21T10:38:56-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
educação

Yduqs (ex-Estácio) compra dona do Ibmec por R$ 1,9 bilhão

Com aquisição da Adtalem, holding passa ter uma receita líquida de R$ 4,5 bilhões e 678 mil alunos; no ano, papeis acumulam alta de 64%

21 de outubro de 2019
8:05 - atualizado às 10:38
fachada de faculdade da Estácio
Fachada de faculdade da Estácio - Imagem: Liz Guimarães/Estadão Conteúdo

A Yduqs (ex-Estácio Participações) anunciou a compra, por R$ 1,92 bilhão, da Adtalem  — décimo maior grupo de ensino superior privado no Brasil, dono das marcas Ibmec, Wyden, Damásio Educacional, entre outras. As marcas adquiridas serão preservadas.

Com a aquisição, a Yduqs passa a ter uma receita líquida de R$ 4,5 bilhões e 678 mil alunos - hoje são 576 mil matriculados e receita de R$ 3,6 bilhões. Na sexta-feira, as ações da holding fecharam o dia cotadas a R$ 38,33. No ano, acumulam alta de 64%.

A ex-Estácio diz que a compra da Adtalem tem como objetivo transformar as operações da Yduqs, dando uma maior amplitude na oferta de educação e maior potencial de aceleração de crescimento. "Adicionalmente aos 102 mil alunos, a transação acrescenta marcas fortes e complementares ao nosso portfólio, assim como competências valiosas", informa a empresa.

Essa é a negociação mais significativa da holding desde a tentativa frustrada de fusão com a Kroton, após os cortes no Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) - que penalizaram as gigantes do setor de educação.

Agora, a Yduqs afirma que enxerga na Adtalem uma parceira ideal para avançar no EAD e na pós-graduação. "Identificamos também significativa complementariedade geográfica, com o fortalecimento de nossa presença nas regiões Norte e Nordeste".

Segundo a Yduqs, a transação consiste na aquisição de 100% das ações da Adtalem pelo valor de R$1,92 bilhão (Enterprise Value), acrescido da posição líquida pro forma do caixa da Adtalem de R$305 milhões, em 30 de junho de 2019. O pagamento do valor total será realizado à vista na data de fechamento.

O valor da transação contempla um mecanismo de locked-box em que todo o caixa gerado pelas operações da Adtalem entre 30 de junho de 2019 até a data fechamento permanecerá no caixa da companhia adquirida. O preço da transação será pago com recursos próprios e financiamentos.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

números da pandemia

Brasil chega a 72,1 mil mortes por covid-19, diz Ministério da Saúde

Foram registrados 24.831 novos casos da doença; total chegou a 1.864.681

entrevista

‘Brasil virou pária do investimento internacional’, diz Persio Arida

Um dos signatários da carta de ex-ministros da Fazenda e do BC em defesa de uma retomada econômica “verde”, ele observa que o presidente tem feito uma “política ambiental horrenda” e na contramão do mundo

ao menos sete parlamentares

Verba de gabinete é usada para lucrar na internet

Deputados da base governista recorreram a empresas contratadas com dinheiro da cota parlamentar e assessores pagos pela Casa para gerir canais monetizados no YouTube

entrevista

‘Caminhamos para o precipício ambiental’, diz CEO da Suzano

Walter Schalka diz que a sustentabilidade tem de unir empresas e governo para que o Brasil possa virar uma potência ambiental no mundo

decisão da justiça

Ex-secretário, vereador e empresário de Marília tornam-se réus por fraudes

De acordo com o Ministério Público Federal, o grupo é acusado de corrupção ativa e passiva, peculato, lavagem de dinheiro e falsidade ideológica.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements