Menu
2019-11-14T15:04:32-03:00
Kaype Abreu
Kaype Abreu
Jornalista formado pela Universidade de Federal do Paraná (UFPR). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e colaborou com Estadão, Gazeta do Povo, entre outros veículos.
atento ao balanço

Ação da Sinqia sobe com resultado do terceiro trimestre — analistas veem espaço para valorização de mais de 20% da ação

Após quatro aquisições, provedora de tecnologia para o sistema financeiro bateu recorde de receita; para analistas, ação pode chegar a R$ 23

14 de novembro de 2019
15:01 - atualizado às 15:04
sinqia
Reunião da Sinqia com clientes. - Imagem: Divulgação / Instagram da empresa

As ações da Sinqia, uma provedora de tecnologia para o sistema financeiro, sobem nesta quinta-feira (14) após a empresa divulgar os números relativos ao terceiro trimestre. Por volta das 14h40, os papéis (SQIA3) tinha alta de 2,92%, sendo negociados a R$ 17,64. No ano, a valorização dos ativos é da ordem de 180%.

No terceiro trimestre, a Sinqia apresentou um lucro líquido de R$ 1,1 milhão, num baixa de R$ 20% em relação ao mesmo período do ano passado. Já a receita líquida bateu os R$ 46,4 milhões - 30,0% a mais na mesma base de comparação. A cifra representa um recorde para a empresa.

Analistas do BTG Pactual observam que as receitas de software da empresa tiveram um "bom desempenho", levadas em especial pelo crescimento de assinaturas. "Além disso, o portfólio de contratos orgânicos cresceu 16% em um ano, indicando que as receitas podem continuar a crescer em um bom ritmo daqui para frente", dizem.

Em relatório a clientes, o especialistas do banco lembram o valor de R$ 360 milhões levantados na oferta de ações realizada em setembro. "Esperamos que Sinqia entre em outro ciclo de expansão via fusões e aquisições, com o potencial de dobrar as receitas em dois ou três anos", escrevem sobre a empresa adquiriu recentemente outras quatro companhias.

Segundo o BTG, a ação da Sinqia pode chegar a valer R$ 22 — o que representaria uma valorização de 29,4% em relação a cotação de ontem. Já o Credit Suisse avalia que os papéis podem chegar a valer R$ 23 em doze meses. Os analistas do banco suíço veem o crescimento da receita como um reflexo das aquisições e da capacidade da empresa de cumprir com os pedidos.

Pelo lado negativo, os especialistas do banco chamam a atenção para os custos com software, que vieram acima do previsto por eles anteriormente. "Mas a alta dos custos deve ser diluída ao longo dos próximos trimestres, conforme a pilha de pedidos se converta em receitas", escrevem.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

POLÍTICA

Moro diz que quem vai decidir o vice (em 2022) é o presidente; mas ideal é o vice Mourão

O ministro considerou que “pode ser que no futuro lá distante volte a se cogitar isso” e defendeu: “Não acho uma boa ideia”. “Os ministérios juntos são mais fortes.”

APROVADA SEM RESTRIÇÕES

Cade aprova compra da Embraer pela Boeing

A operação analisada pelo Cade prevê duas transações. Uma delas consiste na aquisição pela Boeing de 80% do capital do negócio de aviação comercial da Embraer, que engloba a produção de aeronaves regionais e comerciais de grande porte (operação comercial)

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Bolsa contaminada pelo coronavírus

Caro leitor, A semana começou mal para as bolsas do mundo todo. O avanço do coronavírus na China durante o fim de semana colocou os mercados de molho nesta segunda. Já foram confirmados quase 3 mil casos em mais de dez países, sendo a maioria deles na China. Até agora, foram computadas 82 mortes. Os […]

Cautela elevada

Em dia de queda de 3% do Ibovespa com alerta sobre coronavírus, ações de drogaria sobem

A disseminação do coronavírus elevou a aversão ao risco nos mercados financeiros, derrubando o Ibovespa e fazendo o dólar romper a marca de R$ 4,20. Apenas cinco ações do índice subiram, incluindo Raia Drogasil

DE OLHO NO CORONAVÍRUS

‘Índice do medo’ atinge patamar visto no auge da guerra comercial e sobe mais de 25%

Na máxima intradiária, o indicador chegou a bater a casa dos 19,02 pontos, valor que não era visto desde outubro do ano passado quando ele atingiu a marca dos 19,28 pontos

CONCESSÕES

Maia definirá até dia 30 quando lei de concessões vai a plenário, dizem deputados

“Se ele (presidente da Câmara) estiver convencido de que esse texto é um texto bom, que atende a sociedade, eu acho que a gente vota ele rápido”, disse também o deputado João Maria

CRÉDITO

Demanda por crédito do consumidor cai em dezembro e cresce em 2019, diz Boa Vista

Considerando os segmentos que compõem o indicador, o Financeiro apresentou elevação de 6,1% no ano, enquanto o segmento Não Financeiro registrou evolução de 2,5% na mesma base de comparação

primeira avaliação

Quão longe a XP pode ir? Para o BTG, ação da corretora já está bem precificada

BTG Pactual inicia cobertura das ações da corretora com recomendação neutra para os papéis.

DE OLHO NA REFORMA

Reforma administrativa quer acabar com promoções por tempo de serviço

O governo vai propor ainda a vedação das aposentadorias como forma de punição

gringo longe

Investimento estrangeiro em ações brasileiras fica negativo em US$ 4,7 bilhões em 2019

Para 2020, a projeção é de saldo positivo de US$ 5,0 bilhões, segundo dados do Banco Central

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements