Menu
2019-11-14T15:04:32-03:00
atento ao balanço

Ação da Sinqia sobe com resultado do terceiro trimestre — analistas veem espaço para valorização de mais de 20% da ação

Após quatro aquisições, provedora de tecnologia para o sistema financeiro bateu recorde de receita; para analistas, ação pode chegar a R$ 23

14 de novembro de 2019
15:01 - atualizado às 15:04
sinqia
Reunião da Sinqia com clientes. - Imagem: Divulgação / Instagram da empresa

As ações da Sinqia, uma provedora de tecnologia para o sistema financeiro, sobem nesta quinta-feira (14) após a empresa divulgar os números relativos ao terceiro trimestre. Por volta das 14h40, os papéis (SQIA3) tinha alta de 2,92%, sendo negociados a R$ 17,64. No ano, a valorização dos ativos é da ordem de 180%.

No terceiro trimestre, a Sinqia apresentou um lucro líquido de R$ 1,1 milhão, num baixa de R$ 20% em relação ao mesmo período do ano passado. Já a receita líquida bateu os R$ 46,4 milhões - 30,0% a mais na mesma base de comparação. A cifra representa um recorde para a empresa.

Analistas do BTG Pactual observam que as receitas de software da empresa tiveram um "bom desempenho", levadas em especial pelo crescimento de assinaturas. "Além disso, o portfólio de contratos orgânicos cresceu 16% em um ano, indicando que as receitas podem continuar a crescer em um bom ritmo daqui para frente", dizem.

Em relatório a clientes, o especialistas do banco lembram o valor de R$ 360 milhões levantados na oferta de ações realizada em setembro. "Esperamos que Sinqia entre em outro ciclo de expansão via fusões e aquisições, com o potencial de dobrar as receitas em dois ou três anos", escrevem sobre a empresa adquiriu recentemente outras quatro companhias.

Segundo o BTG, a ação da Sinqia pode chegar a valer R$ 22 — o que representaria uma valorização de 29,4% em relação a cotação de ontem. Já o Credit Suisse avalia que os papéis podem chegar a valer R$ 23 em doze meses. Os analistas do banco suíço veem o crescimento da receita como um reflexo das aquisições e da capacidade da empresa de cumprir com os pedidos.

Pelo lado negativo, os especialistas do banco chamam a atenção para os custos com software, que vieram acima do previsto por eles anteriormente. "Mas a alta dos custos deve ser diluída ao longo dos próximos trimestres, conforme a pilha de pedidos se converta em receitas", escrevem.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Disputa com a Stone

Linx se recusa a assinar protocolo de oferta da Totvs, que sobe tom contra conselheiros da empresa

Totvs ainda não desistiu do negócio, mas disse que os conselheiros independentes da Linx trataram a oferta da companhia de forma desigual em relação à proposta feita pela Stone

seu dinheiro na sua noite

A segunda onda (e o primeiro teste)?

A bolsa brasileira ganhou 1 milhão de pessoas físicas nos últimos seis meses. São novos investidores que praticamente não sabem o que é perder dinheiro na renda variável. O Ibovespa registrou uma alta de respeitáveis 40% entre março — o epicentro do terremoto nos mercados provocado pela crise do coronavírus — e agosto. O ganho […]

abertura de capital

Bradesco planeja IPO da Ágora e corretora deve se separar do banco até o fim do ano

Analistas do Goldman Sachs tiveram conferência com os diretores do Bradesco, Leandro Miranda e Carlos Firetti. O plano é realizar o IPO depois de a Ágora conquistar o segundo lugar do setor em termos de participação de mercado — o que é previsto para acontecer dentro de 4 ou 5 anos

Tenebrosas transações

Ibovespa fecha em queda e dólar sobe com escândalo envolvendo bancos da Europa e dos EUA

Aumento de casos de covid-19 na Europa e morte de juíza federal norte-americana constituíram ingredientes adicionais à forte aversão ao risco nos mercados globais

INDO PARA A BOLSA

CSN autoriza IPO da parte de mineração e atualiza projeções

CSN decidiu pelo IPO da unidade de mineração “à luz das condições favoráveis e perspectivas positivas do mercado de minério de ferro”

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements