Menu
2019-12-26T20:03:42-03:00
Victor Aguiar
Victor Aguiar
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pelo Instituto Educacional BM&FBovespa. Trabalhou nas principais redações de economia do país, como Bloomberg, Agência Estado/Broadcast e Valor Econômico. Em 2020, foi eleito pela Jornalistas & Cia como um dos 10 profissionais de imprensa mais admirados no segmento de economia, negócios e finanças.
Acertando as contas

Rossi fecha acordo para quitar dívida de R$ 800 milhões com o Bradesco

A Rossi fechou um memorando de entendimento com o Bradesco, um de seus principais credores, para reestruturar parte relevante de sua dívida

26 de dezembro de 2019
20:03
Imagem de divulgação do Rossi Litorâneo, condomínio no Rio de Janeiro
Imagem de divulgação do Rossi Litorâneo, condomínio no Rio de Janeiro - Imagem: Rossi

A Rossi Residencial anunciou há pouco o fechamento de um memorando de entendimento com o Bradesco, um de seus principais credores, para reestruturar sua dívida corporativa.

Ao todo, a Rossi possui compromissos de cerca de R$ 800 milhões junto à instituição. Pelos termos do memorando, 100% dessa dívida será quitada através da alienação dos ativos que serviam como garantia para essas obrigações financeiras.

As partes agora tem 180 dias para concluir o processo e consumar a transferência dos bens — a lista de ativos incluída no acordo não foi revelada pela Rossi.

Ao fim do terceiro trimestre de 2019, a empresa possuía uma dívida líquida de R$ 1,54 bilhão, de acordo com os critérios contábeis do IFRS. Assim, com a reestruturação dos compromissos com o Bradesco, tanto o endividamento quanto a alavancagem da Rossi tendem a cair substancialmente nos próximos meses.

"A renegociação permitirá uma queda significativa nas despesas financeiras projetadas para os próximos anos, permitindo que a companhia direcione seu caixa para novos desenvolvimentos e para a retomada do ciclo de lançamentos", diz a Rossi, em comunicado.

Nesta quinta-feira (26), as ações ON da companhia (RSID3) dispararam 31,34%, a R$ 8,55. Em 2019, os papéis acumulam ganhos de 61,3%.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

inovação

Duratex cria fundo de R$ 100 milhões para investir em startups

Fabricante de madeira, deca e revestimentos cerâmicos planeja realizar aportes em iniciativas em diferentes estágios de evolução, sendo a única cotista do fundo

FECHAMENTO

BC mais brando e novo ‘pacote Biden’ deram o que falar — com inflação em foco, dólar se firma em R$ 4,90 e Ibovespa volta aos 129 mil pontos

A moeda americana registrou o quarto dia consecutivo de queda, com a pressão do pacote de infraestrutura dos EUA e a melhora do cenário local. No mercado de juros, os investidores reduziram as apostas em uma alta agressiva da Selic na próxima reunião

Fome de propostas

Presidente da Câmara quer acelerar reformas e pautas econômicas no Congresso

Lira espera receber ainda hoje o projeto do governo para mudanças no Imposto de Renda e comprometeu-se a votar a privatização dos Correios no mês que vem

Meta ambiental

Vale triplica para até US$ 6 bi previsão de investimentos para reduzir emissões de carbono

O objetivo da empresa é reduzir 33% das emissões diretas e indiretas de carbono até 2030

Conheça a proposta

Biden anuncia acordo com republicanos para investir US$ 1,2 trilhão em infraestrutura

O valor final é menor do que a soma proposta pelo presidente democrata, mas marcará o maior investimento de longo prazo em infraestrutura em quase um século

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies