Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-12-26T20:03:42-03:00
Victor Aguiar
Victor Aguiar
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pelo Instituto Educacional BM&FBovespa. Trabalhou nas principais redações de economia do país, como Bloomberg, Agência Estado/Broadcast e Valor Econômico. Em 2020, foi eleito pela Jornalistas & Cia como um dos 10 profissionais de imprensa mais admirados no segmento de economia, negócios e finanças.
Acertando as contas

Rossi fecha acordo para quitar dívida de R$ 800 milhões com o Bradesco

A Rossi fechou um memorando de entendimento com o Bradesco, um de seus principais credores, para reestruturar parte relevante de sua dívida

26 de dezembro de 2019
20:03
Imagem de divulgação do Rossi Litorâneo, condomínio no Rio de Janeiro
Imagem de divulgação do Rossi Litorâneo, condomínio no Rio de Janeiro - Imagem: Rossi

A Rossi Residencial anunciou há pouco o fechamento de um memorando de entendimento com o Bradesco, um de seus principais credores, para reestruturar sua dívida corporativa.

Ao todo, a Rossi possui compromissos de cerca de R$ 800 milhões junto à instituição. Pelos termos do memorando, 100% dessa dívida será quitada através da alienação dos ativos que serviam como garantia para essas obrigações financeiras.

As partes agora tem 180 dias para concluir o processo e consumar a transferência dos bens — a lista de ativos incluída no acordo não foi revelada pela Rossi.

Ao fim do terceiro trimestre de 2019, a empresa possuía uma dívida líquida de R$ 1,54 bilhão, de acordo com os critérios contábeis do IFRS. Assim, com a reestruturação dos compromissos com o Bradesco, tanto o endividamento quanto a alavancagem da Rossi tendem a cair substancialmente nos próximos meses.

"A renegociação permitirá uma queda significativa nas despesas financeiras projetadas para os próximos anos, permitindo que a companhia direcione seu caixa para novos desenvolvimentos e para a retomada do ciclo de lançamentos", diz a Rossi, em comunicado.

Nesta quinta-feira (26), as ações ON da companhia (RSID3) dispararam 31,34%, a R$ 8,55. Em 2019, os papéis acumulam ganhos de 61,3%.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

fundos imobiliários

Investimento em FIIS: O que devo saber para escolher os melhores?

Analista dá 5 dicas valiosas para os investidores se darem bem com fundos imobiliários

Tendências da bolsa

AGORA: Ibovespa futuro abre em alta, mesmo com PIB do 3º tri mais fraco, puxado por Nova York e dólar avança para R$ 5,70

O resultado do PIB do terceiro trimestre veio abaixo do esperado, mas dentro do intervalo das projeções

Negócio fechado

Empiricus conclui processo de venda das empresas do grupo para o Banco BTG Pactual

O processo marca o início de uma nova fase na trajetória da Empiricus no mercado financeiro, segundo o CEO do grupo, Caio Mesquita

O melhor do Seu Dinheiro

O melhor do Seu Dinheiro: O leão da maldade contra o poupador guerreiro

Em um país habituado a ver o surgimento de reformas tributárias que só aumentam a fatura para a média da população, o PGBL surge como uma das melhores armas

A BOLSA HOJE

Esquenta dos mercados: PIB do terceiro trimestre e falas de Paulo Guedes devem dividir atenção da bolsa com ômicron nos EUA

As falas de dirigentes do Fed também são destaque hoje, com o mundo de olho na retirada de estímulos da economia norte-americana

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies