Menu
2019-09-30T07:59:42-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
olho no follow on

Incorporadora Helbor lança oferta subsequente e pode captar R$ 558 milhões

Segundo a companhia, os recursos captados na oferta serão usados em novos empreendimentos, incluindo a compra de terrenos

30 de setembro de 2019
7:56 - atualizado às 7:59
Imóveis
Imagem: Shutterstock

A incorporadora Helbor informou nesta segunda-feira, 30, que fará uma oferta subsequente de ações (follow on), com distribuição de novos papeis. A operação pode movimentar até R$ 557, 944 milhões.

  • O Melhor Curso de Análise Gráfica está com INSCRIÇÕES ABERTAS. Vagas exclusivas e promocionais para leitores Seu Dinheiro, apenas por este link.

O calculo leva em consideração o montante da oferta restrita com as ações adicionais e a cotação dos papeis da incorporadora no último pregão. O preço por ação ainda vai ser oficialmente definido.

Na sexta, os papéis da Helbor terminaram o dia cotados a R$ 2,64. No ano, os ativos acumulam uma alta de 74%. Veja como deve ser o dia dos investidores na Bula do Mercado.

Segundo a companhia, os recursos captados na oferta serão usados em novos empreendimentos, incluindo a compra de terrenos.

A negociação da Helbor, no entanto, será restrita. Ou seja, inadequada aqueles que "não sejam investidores profissionais, com exceção dos acionistas, no âmbito da oferta prioritária".

Ainda de acordo com a empresa, Bradesco BBI, BTG Pactual e Itaú BBA devem coordenar a oferta.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

ficará de licença

Após internação, novo exame de Toffoli dá negativo para covid-19

De acordo com o boletim, Toffoli apresentou “melhora considerável” em seu quadro respiratório, depois de ter sido internado no sábado (23) com sintomas

Forte alívio

Ibovespa sobe forte e dólar cai a R$ 5,49, refletindo o alívio no risco político

O Ibovespa já se aproxima dos 85 mil pontos e o dólar fica abaixo de R$ 5,50. O mercado reage positivamente ao vídeo da reunião ministerial e aproveita o feriado nos EUA para ter um dia tranquilo

Exile On wall street

Ganha-ganha ou tango à beira do precipício?

Na eventualidade de uma surpresa negativa, o mercado vai desafiar o BCB, questionando sua capacidade de conter uma disparada de câmbio, até o limite de sofrermos um ataque especulativo

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta segunda-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

13 notícias para começar o dia bem informado

A semana começa com um feriado lá fora e um “feriadinho” meia boca no estado de São Paulo. Enquanto Wall Street permanece fechado, a bolsa brasileira opera normalmente. O feriado antecipado pelo governo de São Paulo não colou no mercado financeiro. Recebi inúmeros comunicados de empresas e bancos informando que terão expediente normal. Os investidores […]

efeito coronavírus

Confiança do comércio sobe 6,2 pontos em maio, afirma FGV

Nos dois meses anteriores, o índice tinha acumulado uma perda de 38,6 pontos e descido ao menor nível da série histórica

tensão entre potências

China exige que EUA retirem sanções a fornecedores de tecnologia

Ministério de Relações Exteriores chinês acusou o governo americano de interferir em assuntos do país

Aumento nas tarifas

Emendas de deputados elevariam conta de luz

Embora possam parecer bem-intencionadas, emendas que propõem o aumento do grupo de beneficiários do programa ou estendem o tempo de isenção das tarifas aumentam, indiretamente, a conta de luz da maioria da população

focus

Mercado prevê queda de 5,89% do PIB em 2020

Estimativa anterior registrada em edição do Focus era de redução de 5,12% do PIB; dólar deve terminar 2020 a R$ 5,40

efeitos da crise

Ativos de bancos somam R$ 7,4 trilhões

Com o aumento da oferta de crédito, os cinco maiores bancos brasileiros têm em mãos recursos equivalentes à toda a economia brasileira

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements