Menu
2019-08-23T16:48:12-03:00
Larissa Santos
Brincadeira de criança

Hasbro anuncia compra da eOne, dona da Peppa Pig, e ações das companhias têm comportamentos extremos

Na última quinta-feira, a fabricante de brinquedos anunciou um acordo de US$ 4 bilhões pela dona da porquinha rosa. Após o comunicado, as ações da empresa caíram mais que o esperado. Entenda o que explica esse movimento

23 de agosto de 2019
11:38 - atualizado às 16:48
Cena do desenho Peppa Pig, onde a personagem brinca com o irmão.
Imagem: Divulgação Channel 5

A gigante de brinquedos Hasbro deseja ampliar ainda mais sua presença no universo de brinquedos e entretenimento infantis. A fabricante dos bonecos de “Os Vingadores”, da Marvel, anunciou nesta quinta-feira (22) a compra da Entertainment One Ltd, dona do desenho “Peppa Pig” e de outros sucessos da criançada.

O valor do acordo entre as empresas é de US$ 4 bilhões, o equivalente a cerca de R$ 16 bilhões na cotação atual.

O estúdio independente tem grande parte da sua renda vinda do desenho "Peppa Pig", conteúdo infantil para bebês exibido em diversas plataformas mundo afora. A popularidade entre os baixinhos transcende as telas de televisão, celulares e tablets e chega a centenas de produtos licenciados em lojas e supermercados. É aí que a Hasbro entra na história.

A fabricante de brinquedos tem feito constantes ofensivas no ramo do entretenimento, mergulhando não só na fabricação de mercadorias, mas na produção de conteúdo.

Em 2018, gastou cerca de US$ 520 milhões para expandir seu leque de franquias de entretenimento infantil, por meio da compra de pequenas empresas de produção de conteúdo de mídia e o trabalho com grandes estúdios do cinema. Alguns exemplos são as associações com a Paramount Pictures e a Walt Disney desde 2016.

Além da franquia de super-heróis da Marvel, a Hasbro tem as licenças de Nerf, Power Rangers, My Little Pony, Transformers e das princesas da Disney, como a bilionária Frozen.

Acionistas reagem

Até o anúncio da compra, as ações da Entertainment One operavam na faixa de 443 libras. A bolada oferecida pela Hasbro, portanto, levaria o valor da ação para um preço alvo de 560 libras - um prêmio de 26,4% para o acionista. Porém, nesta sexta-feira, a eOne apresentou uma alta recorde de 30% na bolsa, com suas ações superando as 580 libras.

Esse movimento não se dá por uma mera distorção de mercado. Segundo analistas, o segmento vive um boom de grandes players, e a chance de que algum deles faça sua proposta pela eOne é grande. Se a hipótese se concretizar, os papéis podem entrar num rali ainda maior.

Já do outro lado da moeda, as ações da Hasbro amargavam fortes perdas nesta sexta-feira (23), com queda de quase 9% por volta das 17h.

Vale lembrar que, em 2016, a produtora recusou a oferta de aquisição de 1 bilhão de libras por parte da emissora britânica ITV.L. Segundo a dona da porquinha rosa mais famosa do mundo, a proposta subvalorizava sua marca. Alguma dúvida de que ela estava certa?

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Que bolsa é essa? - SD Premium

Telefone pra você: uma empresa líder na bolsa — e com o conforto dos dividendos

Nos níveis atuais, acho bastante interessante comprar as ações. Mesmo que não haja nenhum grande gatilho de curto prazo, os dividendos te compensam pela espera

em meio à crise

GPA tem alta de 150% no lucro, com melhora operacional no Brasil

Cifra atingiu R$ 386 milhões; Assaí apresentou faturamento de R$ 10,1 bilhões, incremento de R$ 2,5 bilhões contra o ano anterior

Números fortes

Vale tem lucro líquido de US$ 2,9 bilhões no 3º tri, alta de 76% na comparação anual

Lucro líquido cresceu quase 76% em relação ao terceiro trimestre do ano passado; Ebitda ajustado chegou a mais de US$ 6 bilhões

Análise

O mercado trucou, e o Banco Central mandou descer ao bancar juro baixo

Emparedado pelo repique da inflação e pelo aumento do risco fiscal, o BC foi inflexível e sustentou o “forward guidance”, a sinalização de que a Selic permanecerá baixa por um longo período

Acelerou

Bolsonaro assina sanção da lei que prorroga incentivos para setor automotivo

A sanção do projeto, assinada por Bolsonaro, deve ser publicada até esta quinta-feira, 29, no Diário Oficial da União (DOU).

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies