Menu
2019-12-23T17:46:31-03:00
Victor Aguiar
Victor Aguiar
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pelo Instituto Educacional BM&FBovespa e UBS Escola de Negócios. Trabalhou nas principais redações de economia do país, como Bloomberg, Agência CMA, Agência Estado/Broadcast e Valor Econômico.
Vai um drink?

Gin Tônica, Spritz e Vodka: a Coca-Cola chega ao mercado de bebidas alcoólicas no Brasil

A Coca-Cola lançou três novos produtos da linha Schweppes com 5% de teor alcoólico, marcando a estreia da empresa no setor de bebidas alcoólicas no Brasil

23 de dezembro de 2019
17:46
Schweppes Gin Tônica, da Coca-Cola
Schweppes Gin Tônica, da Coca-Cola - Imagem: Coca-Cola

A Coca-Cola preparou uma surpresa de Natal para os consumidores brasileiros, com um lançamento exclusivo para o mercado nacional. Mas não estamos falando de algum refrigerante feito sob medida para o país ou alguma nova linha de sucos.

A empresa já começou a vender três novos sabores da marca Schweppes: Gin Tônica, Spritz e Vodka & Citrus, com 5% de teor alcoólico — e que tendem a rivalizar com outras bebidas "mistas", como a Smirnoff Ice ou a 51 Ice.

Mais que isso: a novidade marca a estreia da Coca-Cola no segmento de produtos alcoólicos no Brasil. O lançamento da nova linha da Schweppes — batizada de "Premium Drinks" — dá continuidade à estratégia de imersão gradual da empresa nesse universo.

Em julho deste ano, a Coca-Cola lançou a primeira bebida alcoólica de sua história: a Lemon-Do, um produto fermentado sabor limão que é vendido apenas no Japão. O Brasil, assim, é apenas o segundo mercado global a receber uma empreitada do tipo.

Schweppes Vodka & Citrus, da Coca-Cola

Vendas restritas

Por enquanto, ainda não dá para encontrar as novas Schweppes em qualquer lugar. O jeito mais fácil é através da loja virtual da Coca-Cola: por lá, cada garrafa com 250 ml custa R$ 7,99, com entregas em todo o Brasil. Se preferir, algumas lojas da rede AMPM em São Paulo já estão vendendo as bebidas, mas por um preço maior: R$ 9,90.

Apenas como base de comparação, veja os preços — e teores alcoólicos — de algumas bebidas semelhantes que já estão no mercado. Os valores foram todos retirados do site do supermercado Pão de Açúcar:

  • Smirnoff Ice, garrafa com 275 ml: R$ 4,99 (6% de teor);
  • 51 Ice, garrafa com 275 ml: R$ 4,59 (5,5% de teor);
  • Askov Ice, garrafa com 275 ml: R$ 4,59 (5,5% de teor);
  • Skol beats senses, garrafa com 313 ml: R$ 5,69 (8% de teor);

Diversificação

Nos últimos anos, a Coca-Cola tem buscado diversificar sua linha de produtos, de modo a reduzir a dependência do mercado de refrigerantes — bebidas cujo consumo têm diminuído em escala global.

Atualmente, a Coca-Cola divide suas operações em quatro grandes áreas: refrigerantes, sucos, águas e cafés. A empresa não abre os volumes comercializados de cada uma dessas divisões, mas, no terceiro trimestre deste ano, reportou crescimento em todos eles — o destaque foi o segmento de cafés e chás, que cresceu 4% na base anual.

“Schweppes é uma marca mundialmente reconhecida em coquetelaria. Então, vemos a nova linha como uma extensão natural da marca no Brasil”, diz Renato Shiratsu, diretor de inovação da Coca-Cola no país.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Prévia do terceiro trimestre

Grandes bancos começam a olhar crise pelo retrovisor, mas com lucro ainda em queda

Lucro combinado de Itaú, Banco do Brasil, Bradesco e Santander deve aumentar em relação ao trimestre anterior, mas ainda ficará bem abaixo dos patamares de 2019

Coluna do Mioto

Vinte conselhos não óbvios de carreira

Estes são conselhos de carreira para jovens profissionais que tenham a ambição de serem promovidos e terem relevância dentro das suas empresas

balanços 3º tri

Hypera Pharma atinge maior receita da história e lucro cresce 29,4% no terceiro trimestre

Além da evolução de dois dígitos no segmento de ‘sell-out’ (vendas em farmácias), o período também fechou a conclusão de dois grandes negócios para a Hypera Pharma

Mudanças no time

BB Seguridade anuncia Marcio Hamilton Ferreira como novo diretor-presidente

Ferreira é graduado em Administração de empresas e desde janeiro ocupava o cargo de Diretor-Presidente da Brasilprev, empresa investida da BB Seguridade.

Multa de US$ 40 milhões

Justiça dos EUA aprova acordo para encerramento de ação coletiva, diz BRF

A empresa pagou a quantia de US$ 40 milhões para encerrar todas as demandas pendentes e que possam vir a ser propostas por pessoas ou entidades

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies