Menu
2019-08-20T14:45:43-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
a tv da maçã

Serviço de streaming da Apple deve ser lançado em novembro deste ano

Batizada de Apple TV+, plataforma disputará público da Netflix com Disney e Warner; mensalidade deve custar US$ 9,99, segundo a Bloomberg

20 de agosto de 2019
11:58 - atualizado às 14:45
Jeniffer Aniston sentada em frente a um fundo de jornal
Imagem: Divulgação/Apple

A Apple deve lançar seu serviço de streaming em novembro, disse a agência Bloomberg nesta segunda-feira, 19. A empresa planeja, em um primeiro momento, colocar à disposição um pequeno catálogo e expandí-lo nos meses seguintes.

Na manhã desta terça-feira, as ações da companhia negociadas na Nasdaq estão em leve alta, de 0,5%, a US$ 211,40. Acompanhe em detalhes este dia dos mercados na nossa cobertura.

Batizada de Apple TV+ , a plataforma será mais um serviço de assinantes da companhia que tem (ou terá) em seu portfólio a Apple Music, Apple Arcade, Apple News+ e o iCloud.

O jornal Financial Times já havia divulgado que empresa investiu até agora US$ 6 bilhões em programas originais - bastante acima do orçamento inicialmente anunciado, de US$ 1 bilhão. Entre as produções iniciais estão “Amazing Stories,” “See”, Truth Be Told” e “The Morning Show" - estrelado por  Jennifer Aniston, Reese Witherspoon e Steve Carell.

Apesar de oficialmente não haver um preço para o serviço, a imprensa norte-americana diz que o acesso a plataforma deve custar US$ 9,99 por mês (equivalente a cerca de R$ 40), após um período gratuito de testes.

Segundo fontes ouvidas pela Bloomberg, a empresa considera oferecer os primeiros três episódios de alguns programas, seguidos de capítulos lançados semanalmente.

A estratégia é um pouco diferente daquela que consagrou a Netflix, referência entre esse tipo de plataforma, que costuma disponibilizar todos os episódios de uma vez.

A Netflix, aliás, vem tendo que lidar com um mercado ansioso por conta dos rumores da entrada de novos concorrentes no campo do streaming. Além da Apple, Disney, Warner e a NBC/Comcast já anunciaram planos para colocar no ar suas plataformas.

Além da maior concorrência, há também o fator conteúdo: as rivais devem retirar conteúdos próprios que hoje estão na Netflix para usarem em seus canais.

No ritmo

Vale lembrar que a Apple vem de um bom momento. A companhia capitaneada por Tim Cook reportou um conjunto de números relativamente sólido no segundo trimestre deste ano.

Mesmo com uma queda nas vendas de iPhones, a empresa reportou um aumento nas receitas geradas com iPads, iMacs e serviços. As perdas na China, com a guerra comercial, não foram tão grandes quanto o imaginado por analistas.

A receita líquida da Apple chegou a US$ 53,8 bilhões no trimestre encerrado em junho, cifra 1% maior que a contabilizada no mesmo período de 2018, de US$ 53,3 bilhões. O resultado ficou ligeiramente acima da média das estimativas de analistas consultados pela Bloomberg, que apontava para receita de US$ 53,35 bilhões.

Por outro lado, o lucro líquido da empresa da maçã caiu 12,8% na mesma base de comparação, para US$ 10,04 bilhões. O lucro por ação, métrica que é acompanhada mais de perto pelos analistas lá de fora, ficou em US$ 2,18 — abaixo dos US$ 2,34 vistos há um ano.

Mas, apesar da queda na comparação anual, o lucro por ação ainda ficou acima das projeções dos analistas, que esperavam um ganho de US$ 2,10, também de acordo com a média calculada pela Bloomberg.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

no zero a zero

Ibovespa zera ganhos no fim com queda em NY em meio à incerteza sobre estímulos

Dólar também encerra dia no zero a zero, demonstrando cautela dos investidores sobre pacote de ajuda à economia dos Estados Unidos, e juros futuros sobem com temor fiscal. Após pregão, saiu a notícia de que autoridades americanas estão mais próximas de um acordo

Dia de euforia

Bitcoin quebra recorde em reais e supera a marca dos R$ 70 mil

A moeda também rompeu a máxima do ano em dólar, cotada a mais de US$ 12 mil

Recorde

Arrecadação tem melhor resultado mensal em 6 anos

O resultado representa um aumento real (descontada a inflação) de 1,97% na comparação com o mesmo mês de 2019

Expandindo horizontes

Todo player olha privatização dos Correios com interesse, diz presidente do Magazine Luiza

Frederico Trajano disse que todas as aquisições recentes da companhia fazem parte de uma estratégia de ecossistema do grupo.

Hortifruti na bolsa

Grupo Fartura, dono do Oba Hortifruti, protocola pedido de IPO

Varejista quer fazer oferta primária e secundária de ações e se listar no Novo Mercado, nível mais alto de governança da bolsa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies