Menu
Marina Gazzoni
O melhor do Seu Dinheiro
Marina Gazzoni
É CEO do Seu Dinheiro
2019-11-01T09:54:25-03:00
Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

A renda fixa varia…

1 de novembro de 2019
9:54
Selo O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Eu já contei por aqui que fiquei fascinada quando descobri o Tesouro Direto, essa joia que os bancos escondiam dos clientes na prateleira. Me empolguei tanto que fiz o que muito investidor iniciante faz: tirei todo o meu dinheiro da poupança (ok, eram só uns trocados) e comprei títulos públicos.

Lá pelo início de 2008 comprei alguns prefixados achando que fosse a coisa mais segura do mundo. Só que a taxa de juros deu uma arrancada no fim daquele ano, em meio à crise do subprime nos EUA. E eu precisei do dinheiro antes do vencimento. Resumo da ópera: tive que sacar com deságio.

Foi deste jeito amargo que conheci a tal da “marcação a mercado” e aprendi uma grande lição sobre finanças: a renda fixa varia.

Isso aconteceu recentemente com outro produto da moda. Estou falando das debêntures incentivadas, os títulos de crédito privado feitos para financiar, por exemplo, projetos de infraestrutura ou energia. Vimos neste ano uma grande demanda por esses papéis e pelos fundos que investem neles, que têm entre seus atrativos a isenção de imposto de renda.

Quem embarcou nessa onda pode ter levado um susto ao checar seu extrato. É que o mercado passou por uma virada de ciclo e descontou no preço dos papéis. O Eduardo Campos explica o que está rolando nesta reportagem. Vale muito a pena você ler!

Quem mandou bem em outubro?

Calma lá, as variações da renda fixa não servem apenas para perder dinheiro. Pelo contrário: você pode ganhar uma bolada com elas. Quer um exemplo? No ranking de melhores aplicações financeiras de outubro o melhor investimento foi um título de renda fixa. Confira a lista de melhores e piores nesta reportagem da Julia Wiltgen.

Com o pé em 2020

O mês começa com a divulgação de dados importantes sobre a atividade econômica no Brasil e nos Estados Unidos. Com a proximidade do fim de ano, os números devem calibrar as apostas de juros para 2020.

Em relação à temporada de balanços no Brasil, os investidores têm apenas os números da Suzano para digerir, entre os destaques. A companhia reportou um prejuízo de R$ 3,4 bilhões do terceiro trimestre deste ano - acima da projeção de analistas.

Lá fora, as incertezas em torno da assinatura do acordo comercial entre EUA e China devem trazer alguma cautela aos mercados hoje. Mesmo assim, a maior parte das bolsas asiáticas ficaram no azul, assim como os índices futuros em Nova York.

Ontem, o Ibovespa fechou o dia com baixa de 1,10%, aos 107.219,83 pontos. O dólar encerrou em alta de 0,55%, a R$ 4,0092. Consulte a Bula do Mercado para saber o que deve mexer com bolsa e dólar hoje.

Os primos do Ibovespa

Se você investe na bolsa já deve saber que é sempre bom ficar de olho no que acontece no exterior. Afinal, o mercado financeiro é totalmente interligado e qualquer coisa que acontece lá fora pode respingar no nosso quintal. Para você não ficar perdido enquanto tenta acompanhar o noticiário econômico internacional, a Julia Wiltgen te explica tudo sobre os principais índices das bolsas gringas. É um vídeo imperdível!

Par perfeito

Depois de muito cortejar as suas rivais, a Fiat Chrysler parece finalmente ter encontrado o seu par perfeito. A companhia fechou um acordo de fusão com a fabricante da Peugeot, o grupo PSA. Quando concretizado, o negócio criará a quarta maior montadora do mundo. Saiba mais.

Cartão vermelho para o ministro

Um dos nomes de maior projeção nacional no partido Novo, Ricardo Salles foi suspenso temporariamente da sigla. À frente da pasta do Meio Ambiente do governo Bolsonaro, o ministro tem sido alvo de críticas por parte dos filiados por causa da sua atuação diante da crise do desmatamento e das ações de monitoramento e retirada do óleo encontrado nas praias do Nordeste. Entenda o que está em jogo. 

Agenda

Indicadores
- Estados Unidos publicam taxa de desemprego em outubro
- IHS Markit divulga PMIs de Reino Unido e Estados Unidos de outubro
- FGV divulga sondagem empresarial de outubro
- FGV divulga IPC-S de outubro
- IBGE: Produção industrial de setembro
- CNI divulga indicadores industriais
- Ministério da Economia divulga balança comercial de outubro

Banco Centrais
- Christine Lagarde assume a presidência do BCE
- BC faz leilão de até US$ 600 milhões em contratos de swap cambial reverso
- BC faz leilão de venda à vista de até US$ 600 milhões
- BC faz leilão de swap cambial tradicional em montante equivalente ao que não for vendido no leilão à vista
- BC oferta até R$ 3 bilhões em títulos públicos em operação compromissada de três meses

Balanços do 3º trimestre
- No exterior: Chevron e ExxonMobil

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Seleção da bolsa

As ações favoritas para o mês de março, segundo 13 corretoras

Com o cenário de incertezas ainda em alta, o mercado opta mais uma vez para papéis que podem atuar como porto seguro. Confira as principais recomendações dos analistaws

Sextou com o Ruy

A rentabilidade do vizinho é maior que a sua? Tome cuidado com os ganhos dos “traders perfeitos”

A inveja é, sem dúvida alguma, uma das piores inimigas de um investidor – isso se não for a pior. E quando estamos em um bull market (mercado em alta) parece que temos que lidar o tempo todo com ela

Vêm proventos por aí

B3 anuncia quase R$ 2 bi em dividendos, além de recompra e desdobramento de ações

Conselho de administração da companhia aprovou pagamento de dividendos do quarto trimestre e dividendos extraordinários referentes a 2020

Cenário pandêmico

B3 lucra R$ 4,2 bilhões em 2020, alta de 53%, com volatilidade dos mercados, ofertas de ações e juros baixos no Brasil

Cenário pandêmico acabou beneficiando os resultados da companhia, resultando em volatilidade e juros baixos que impulsionaram investidores e empresas a recorrerem ao mercado de capitais

O melhor do seu dinheiro

A semana que vem, enfim, chegou

Depois de uma série de adiamentos, a PEC Emergencial enfim foi aprovada em dois turnos pelo Senado. A medida permitirá o retorno do auxílio emergencial, que ficará limitado ao teto de R$ 44 bilhões, que quase foi derrubado, mas acabou ficando. O texto segue agora para a Câmara dos Deputados. O avanço foi comemorado pelo […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies