Menu
2019-02-26T10:39:23-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores
Renda fixa sem imposto

Rumo vai captar até R$ 600 milhões com debêntures isentas de IR. Veja as condições

Empresa de logística controlada pela Cosan vai pagar juros de até 5,05% ao ano mais inflação para quem investir nas debêntures, que têm prazo de vencimento de dez anos

25 de fevereiro de 2019
19:59 - atualizado às 10:39
Rumo
Imagem: Rumo/Divulgação

A Rumo Logística quer o seu dinheiro emprestado, e se propõe a pagar uma taxa de juros que pode chegar a até 5,05% ao ano mais inflação (ou 0,50% além do Tesouro IPCA, isento de imposto de renda). Ficou interessado? A empresa controlada pelo grupo Cosan fará uma captação de R$ 500 milhões a R$ 600 milhões com uma emissão de debêntures.

A empresa de ferrovias pretende usar os recursos no investimento em infraestrutura de sua malha sul. Trata-se de um trecho de 7.223 quilômetros de via férrea que passa pelos Estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Prazo e rentabilidade

As debêntures da Rumo têm prazo de vencimento de dez anos. Isso significa que, durante esse período, você só poderá sair do investimento se conseguir vender os títulos para outro investidor no chamado mercado secundário. Para aumentar a liquidez dos papéis, o Santander foi contratado para fazer o trabalho de formador de mercado.

A taxa máxima de juros que a empresa pagará ao investidor será equivalente à do título público corrigido pela inflação (Tesouro IPCA+) mais 0,50% ao ano ou 5,05% ao ano mais inflação - a que for maior.

Só que essa taxa poderá cair dependendo da demanda do mercado. Ou seja, quanto maior a procura, menor será a rentabilidade.

Lembrando que esse retorno é isento de IR, já que as emissões de debêntures cujos recursos são usados para financiar obras de infraestrutura podem ser enquadradas na lei que concedeu isenção fiscal para pessoas físicas e investidores estrangeiros.

A oferta da Rumo recebeu classificação de risco "AA+", a segunda melhor na escala nacional da agência Standard & Poor’s (S&P). Isso significa que o risco de a empresa dar calote nos investidores é baixo, pelos critérios da agência.

Se você quiser investir, o prazo de reserva começou na semana passada e vai até o dia 7 de março. A definição das condições da oferta acontece no dia 8. Os coordenadores da emissão são BTG Pactual, Santander, Bradesco BBI, BB - Banco de Investimento, XP Investimentos e Itaú BBA.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Ainda falta chão...

Reforma administrativa dá mais um passo na Câmara dos Deputados

O relator leu hoje seu parecer pela constitucionalidade da proposta na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ); votação deve ocorrer a partir do dia 20

Novo momento

Fertilizantes Heringer registra prejuízo líquido de R$ 7,46 milhões no 1º tri

Empresa teve melhor Ebitda da história para um primeiro trimestre, mas resultado foi impactado por despesas financeiras

na b3

GetNinjas estreia em queda na bolsa, após IPO com ação abaixo do previsto

Empresa levantou R$ 550 milhões na oferta inicial de ações, com desconto de quase 20% do valor do papel em relação ao preço mínimo da faixa

Diversificando

BTG Pactual lança fundo de investimento 100% em bitcoin

O lançamento vem em linha com a diversificação de ativos oferecidos pelo banco

Exile on Wall Street

Um investidor conservador sabe que uma boa ação tem seus defeitos

“Sou reacionário. Minha reação é contra tudo que não presta.” Se o sábado é uma ilusão, a segunda-feira deve ser a mais dura e fria realidade. Começamos a semana com Nelson Rodrigues. O conservador é um cético na capacidade de grandes revoluções oferecerem um futuro não testado que seja superior ao que sobreviveu ao teste […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies