Menu
2019-02-01T20:22:45-02:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA. Trabalhou por 18 anos nas principais redações do país, como Agência Estado/Broadcast, Gazeta Mercantil e Valor Econômico. É coautor do ensaio “Plínio Marcos, a crônica dos que não têm voz" (Boitempo) e escreveu os romances “O Roteirista” (Rocco), “Abandonado” (Geração) e "Os Jogadores" (Planeta).
Renda fixa

Confira o quanto a Petrobras vai pagar em captação de R$ 3,6 bilhões em debêntures incentivadas

Títulos vão render abaixo dos títulos públicos, mas como contam com isenção de imposto de renda, rentabilidade final para o investidor será maior

1 de fevereiro de 2019
20:10 - atualizado às 20:22
Petrobras
Petrobras - Imagem: Shutterstock

A Petrobras fechou hoje uma captação de R$ 3,6 bilhões com a emissão de debêntures, títulos emitidos por empresas que rendem juros ao investidor. O volume ficou acima dos R$ 3 bilhões pretendidos inicialmente pela estatal, um sinal de que a procura pelos papéis foi grande. Eu te contei sobre essa emissão nesta reportagem.

A emissão foi feita em três séries, sendo que duas delas foram enquadradas na lei que concedeu isenção de imposto de renda para pessoas físicas e investidores estrangeiros.

Na primeira série, com vencimento em sete anos, a taxa de juros ficou 0,20% abaixo do título público com correção pela inflação (Tesouro IPCA+) com vencimento em 2026, ou 4,046% ao ano. O volume alocado nessa série foi de R$ 898 milhões.

Originalmente, a Petrobras ofereceu pagar um prêmio de até 0,10% acima dos papéis do governo, mas a taxa caiu em razão da demanda dos investidores.

A estatal captou R$ 1,694 bilhão na segunda série das debêntures. A remuneração ficou 0,10% abaixo do rendimento do Tesouro IPCA+ com vencimento em 2028, o equivalente a 4,2186% ao ano. O teto para essa série, que tem prazo de dez anos, era de 0,35% acima do título público.

Embora a taxa das debêntures tenha ficado abaixo dos títulos públicos, o rendimento final para o investidor será maior, graças à isenção de IR.

Uma forma simples de calcular esse ganho é dividir a taxa de juros da debênture por 0,85, que equivale a incorporar no rendimento o imposto de 15% cobrado para investimentos em renda fixa acima de dois anos.

A Petrobras emitiu ainda uma terceira série, que não conta com o incentivo fiscal, a 106,25% do CDI - também abaixo do teto, que era de 110,5% do CDI. O volume colocado em debêntures nessa série foi de R$ 1,008 bilhão.

Para onde vai o dinheiro?

A Petrobras pretende usar os recursos captados com a emissão de debêntures nas atividades de exploração e avaliação na área dos blocos de Franco, Florim, Nordeste de Tupi e Entorno de Iara. Eles fazem parte do contrato de cessão onerosa firmado entre a estatal e a União. Outra parte do dinheiro será usada no desenvolvimento e produção de petróleo e gás natural nos campos de Búzios, Itapu, Sépia e Atapu.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Que modorra!

Bolsa passa por correção, mas zera perdas na reta final do pregão; dólar retoma alta

Principal índice de ações da B3 passou por correção e ignorou durante a maior parte do dia o impulso do setor de tecnologia à bolsa de Nova York

setor público

Reforma administrativa economiza R$ 400 bi até 2034, aponta estudo

Mesmo restringido a reforma apenas a novos servidores, o setor público poderia economizar pelo menos R$ 24,1 bilhões em 2024 com a aprovação das mudanças no seu RH, liberando o governo para investir mais em saúde, educação e segurança pública, segundo centro de estudos

retomada em pauta

Recuperação está longe de concluída, diz presidente do Fed do Kansas

Esther George fez a declaração durante discurso sobre os bancos comunitários, no qual enfatizou o papel destes para dar estabilidade na crise e apoiar a recuperação

EXILE ON WALL STREET

Bife ancho on sale!

Um país com a trajetória fiscal em xeque mais todas as idiossincrasias tupiniquins deveria ser motivo mais do que suficiente para que todo investidor buscasse diversificação no exterior

inteligência artificial

Elon Musk critica anúncio da Microsoft e expõe insatisfação com projeto de IA

Empresa terá licença exclusiva para o GTP-3, modelo de linguagem de inteligência artificial criado pela OpenAI – iniciativa fundada sem o propósito lucrativo

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements