2019-12-06T08:24:19-03:00
Kaype Abreu
Jornalista formado pela Universidade de Federal do Paraná (UFPR). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e colaborou com Estadão, Gazeta do Povo, entre outros veículos.
atenção acionista

Copel paga R$ 643 milhões em juros sobre capital próprio

Data do pagamento será definida em assembleia até abril de 2020. Recebem os benefícios acionistas com posição em 23 de dezembro

6 de dezembro de 2019
8:00 - atualizado às 8:24
Prédio da Copel em Curitiba - Imagem: Divulgação/Copel

A Copel Paranaense de Energia (Copel) informou nesta quinta-feira (5) que aprovou a distribuição de Juros sobre o Capital Próprio (JCP) no valor bruto de R$ 643 milhões.

A operação é uma forma de distribuir lucros, mas beneficiando a empresa. O provento é considerado uma despesa financeira, contribuindo para reduzir a base tributária da companhia, que paga menos imposto. Acionistas são tributados na fonte a uma alíquota de 15%.

Segundo a Copel, o pagamento é de R$ 2,24234788 por ação ON, R$ 3,94656966 por PNA e R$ 2,46691920 por PNB. As ações da Copel terminaram o pregão desta quinta-feira cotadas a R$ 66,70 (ON), R$25,05 (PNA) e R$ 63 (PNB).

A data do pagamento será definida em assembleia até abril de 2020. Recebem os benefícios, por meio de conta corrente, acionistas com posição em 23 de dezembro. A ação será negociada ex-juros sobre capital próprio em 26 de dezembro.

Números da Copel

No terceiro trimestre de 2019, a Copel informou um lucro líquido de R$ 613,5 milhões — aumento de 42,4% em relação ao mesmo período do ano passado e praticamente o dobro do esperado por analistas consultados pela Bloomberg, que apontavam R$ 308,5 milhões.

Já o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) somou R$ 1,201 bilhão, numa alta de 40,5%. O resultado também superou as estimativas em 51%. A receita operacional líquida atingiu R$ 4,253 bilhões, numa baixa de 1,3%.

À época da divulgação dos resultados, em novembro, os analistas do Itaú BBA chamaram a atenção para geração de caixa da empresa, que bateu R$ 500 milhões.

Os especialistas do banco disseram ainda ver com otimismo a possível venda de ativos (Copel Telecom e Compagás). "Acreditamos que a empresa se tornou muito mais eficiente - notadamente na frente de distribuição", escreveram.

Analistas do Banco Safra elogiaram o desempenho da Copel, destacando as provisões relacionadas a processos trabalhistas, que vieram abaixo do esperado (R$ 40 milhões, enquanto a expectativa era de R$ 82 milhões).

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

BALANÇO

Receita bruta da Cia Hering soma R$ 502,9 milhões no 4º trimestre

Segundo a empresa, as vendas mesmas lojas apresentaram queda de 4% na rede Hering. Importante destacar que a rede apresentou nos últimos 7 trimestres crescimento desse indicador

AQUISIÇÃO

BC autoriza que Banco Inter compre 70% de controladora da DLM Invista

Hoje, a DLM possui R$ 4,5 bilhões em ativos sob gestão e é responsável pela gestão fundos de investimento e previdência privada, além de gestão de patrimônio por meio de fundos e carteiras de clientes de alta renda

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Nada além de céus azuis

“Blue days / All of them gone / Nothing but blue skies / from now on” Caro leitor, Os versos da canção otimista de Irving Berlin, composta há quase cem anos, dizem, numa tradução livre, que os dias “azuis” (no sentido de “tristes”, “depressivos”) se foram e que, de agora em diante, não haverá nada […]

Perto dos 119 mil pontos

Ibovespa ganha força na reta final, fecha em alta e crava um novo recorde; dólar sobe a R$ 4,18

Após passar boa parte da sessão flutuando perto do zero a zero, o Ibovespa acordou nos últimos minutos e chegou a uma nova máxima histórica, engatando a terceira alta consecutiva. O dólar à vista, por outro lado, teve um dia mais pressionado e subiu a R$ 4,18

DE OLHO NOS FUNDOS

Patrimônio dos fundos cresce 15,27% e vai a R$ 5 trilhões, diz Economatica

Em dólares, a indústria de fundos se mantém acima de US$ 1 trilhão desde dezembro de 2016.

UM PLANO DE INVESTIMENTOS

Já pensou em se aposentar aos 40 anos e viver de renda?

Esse conteúdo é para quem não está disposto a esperar até os 65 anos para se aposentar

Banco do Brasil zera custódia para investimentos em bolsa

Isenção já está em vigor e vale para os clientes do banco que investem em ações, fundos de índice (ETFs) e fundos imobiliários na bolsa

OLHOS ATENTOS

Bank of America rebaixa e corta preço-alvo das ações de Itaú e Bradesco; papéis caem

O banco cortou o preço-alvo em 12 meses para as ações de ambos. No caso do Itaú, o preço-alvo ficou em R$ 34, com potencial de queda de 3% em relação ao fechamento de sexta-feira (17). Já o Bradesco teve o preço-alvo reduzido para R$39, o que representa uma potencial expansão de 10%

Altas e baixas

Raia Drogasil, bancos e varejistas: os destaques do Ibovespa nesta segunda-feira

As ações da Raia Drogasil aparecem entre as maiores altas do Ibovespa após o Credit Suisse elevar a recomendação e o preço-alvo dos papéis

mais otimismo

FMI aumenta projeção para o PIB do Brasil para 2,2% em 2020

De acordo com o Fundo, a elevação da estimativa do PIB do Brasil para este ano ocorreu sobretudo devido à melhora do sentimento após a aprovação da reforma da Previdência

Menu