Menu
2019-04-20T15:16:04-03:00
Bruna Furlani
Bruna Furlani
Jornalista formada pela Universidade de Brasília (UnB). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Tem passagem pelas editorias de economia, política e negócios de veículos como O Estado de S.Paulo, SBT e Correio Braziliense.
Expectativa mais positiva

Bom sinal para a Cemig! Morgan Stanley eleva em 50% preço-alvo das ações

No documento, o banco enfatizou que a companhia deve passar por mudanças positivas sem precedentes, por conta das novas diretrizes do acionista controlador e potencial privatização

15 de janeiro de 2019
16:24 - atualizado às 15:16
6950636886_cea194159a_z
Imagem: Usina Três Marias/ Divulgação

Os novos rumos que a Cemig (CMIG4) pode tomar nos próximos anos fizeram com que o banco de investimentos, Morgan Stanley revisasse hoje (15) o preço-alvo das ações PN de R$ 10 para R$ 15. O aumento é de 50%. Segundo a instituição financeira, a companhia deve passar por mudanças positivas sem precedentes, por conta das novas diretrizes do acionista controlador e potencial privatização.

O banco manteve a recomendação para os papéis como acima da média (overweight). No documento, o Morgan Stanley destacou que os potenciais catalizadores da subida nos preços dos papéis são as mudanças na forma de nomeação (agora conforme padrões utilizados no setor privado), desenvolvimento de iniciativas que pregam a redução de custos, venda de ativos e a possibilidade de que seja enviado um projeto de privatização já nos próximos dias.

Na visão deles, a companhia poderá melhorar a sua eficiência operacional e governança corporativa nos próximos quatro anos durante o mandato do atual governador, Romeu Zema.

Mas o banco fez uma ressalva. Na análise, ele disse que há uma chance de queda no preço dos papéis, no caso de um cenário mais "bear market".

Para que isso ocorra, dentre as razões apresentadas, algumas envolvem que a não redução das despesas operacionais e a deterioração do cenário macroeconômico brasileiro e consequente aumento do custo de capital.

Até às 16h20 de hoje (15), os papéis da Cemig PN estavam cotados a R$ 13,64, o que representa uma queda de 0,62% em relação ao pregão do dia anterior.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

responsabilização

JBS aprova em assembleia ação contra irmãos Batista

Processo diz respeito a prejuízos causados por crimes revelados nos acordos de colaboração e leniência firmados pela JBS com a Procuradoria Geral da República

em live

Se necessário, voltaremos a fazer transferência do BC para o Tesouro, diz secretário

Em agosto, CMN já havia autorizado o Banco Central a repassar R$ 325 bilhões para o Tesouro Nacional

Balanço do mês

Bitcoin e dólar são os melhores investimentos de outubro; ativos de risco ficaram para trás de novo

Por pouco o Ibovespa não ficou entre os melhores investimentos do mês, mas segunda onda de coronavírus na Europa derrubou as bolsas; risco fiscal, eleições americanas e indefinição quanto a estímulos fiscais nos EUA também pesaram

seu dinheiro na sua noite

O saci à solta nos mercados

Não sei dizer exatamente quando nem quem tomou a iniciativa de importar dos países anglófonos a celebração do Halloween, o Dia das Bruxas. O fato é que desde que as crianças brasileiras começaram a sair fantasiadas pedindo doces no último dia de outubro houve uma série de tentativas de “tropicalizar” o evento. Embora não seja […]

Disparou

Dívida bruta do governo deverá encerrar o ano em 96% do PIB

Endividamento cresceu 20,2 pontos por causa de pandemia.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies