Menu
2019-12-22T09:58:25-03:00
Ano Novo, câmbio novo

Franco CFA, moeda de 8 países africanos, será reformada e mudanças são celebradas pelo FMI

Moeda permanecerá atrelada ao euro, o que garante sua estabilidade

22 de dezembro de 2019
9:58
Kristalina Georgieva
Kristalina Georgieva - Imagem: Shutterstock

A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Georgieva, celebrou em comunicado neste sábado a reforma do franco CFA, moeda estabelecida em 1945 e usada por oito países da África Ocidental e Central, que agora será chamada de "eco".

Segundo Georgieva, a reforma "constitui um passo fundamental na modernização de acordos de longa data entre a União Econômica e Monetária da África Ocidental (WAEMU, na sigla em inglês) e a França".

Georgieva afirmou que "as medidas anunciadas se baseiam no histórico comprovado da WAEMU na condução da política monetária e no gerenciamento de reservas externas". Ela acrescentou, no comunicado, que a WAEMU registrou baixa inflação e alto crescimento econômico nos últimos anos, além de melhora na situação fiscal e aumento no nível de reservas cambiais.

"As reformas também mantêm os principais elementos de estabilidade que serviram bem à região, incluindo a taxa de câmbio fixa com o euro", apontou. A diretora-gerente do FMI disse ainda que a entidade está pronta para se envolver com as autoridades regionais, conforme necessário, e apoiar a implementação da iniciativa.

Macron também aprova

O presidente da França, Emmanuel Macron, também saudou neste sábado a reforma do franco CFA. A mudança foi anunciada pelo presidente da Costa do Marfim, Alassane Ouattara, ao lado de Macron em um evento em Abidjã, cidade do país africano.

"Eu não pertenço a uma geração que conheceu o colonialismo… então vamos romper os laços", afirmou Macron. Ele acrescentou que a moeda era considerada por alguns, especialmente os jovens africanos, como uma herança pós-colonial.

Com a entrada em vigor das mudanças em relação à moeda, todas as autoridades francesas se retirarão de seus órgãos de decisão, disse Ouattara. Além disso, a obrigação de os Estados-membros manterem metade de suas reservas estrangeiras na França terminará. A moeda permanecerá atrelada ao euro, o que garante sua estabilidade, destacou Ouattara.

Este sábado marcou o segundo dia da viagem de três dias de Macron à Costa do Marfim e à Nigéria, região que foi dominada pela crescente ameaça representada por grupos jihadistas. No início do dia, Macron anunciou que uma operação militar francesa matou 33 extremistas islâmicos na região de Mopti, no centro do Mali. Fonte: Associated Press.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Disputa com a Stone

Linx se recusa a assinar protocolo de oferta da Totvs, que sobe tom contra conselheiros da empresa

Totvs ainda não desistiu do negócio, mas disse que os conselheiros independentes da Linx trataram a oferta da companhia de forma desigual em relação à proposta feita pela Stone

seu dinheiro na sua noite

A segunda onda (e o primeiro teste)?

A bolsa brasileira ganhou 1 milhão de pessoas físicas nos últimos seis meses. São novos investidores que praticamente não sabem o que é perder dinheiro na renda variável. O Ibovespa registrou uma alta de respeitáveis 40% entre março — o epicentro do terremoto nos mercados provocado pela crise do coronavírus — e agosto. O ganho […]

abertura de capital

Bradesco planeja IPO da Ágora e corretora deve se separar do banco até o fim do ano

Analistas do Goldman Sachs tiveram conferência com os diretores do Bradesco, Leandro Miranda e Carlos Firetti. O plano é realizar o IPO depois de a Ágora conquistar o segundo lugar do setor em termos de participação de mercado — o que é previsto para acontecer dentro de 4 ou 5 anos

Tenebrosas transações

Ibovespa fecha em queda e dólar sobe com escândalo envolvendo bancos da Europa e dos EUA

Aumento de casos de covid-19 na Europa e morte de juíza federal norte-americana constituíram ingredientes adicionais à forte aversão ao risco nos mercados globais

INDO PARA A BOLSA

CSN autoriza IPO da parte de mineração e atualiza projeções

CSN decidiu pelo IPO da unidade de mineração “à luz das condições favoráveis e perspectivas positivas do mercado de minério de ferro”

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements