Menu
2019-12-22T09:58:25-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Ano Novo, câmbio novo

Franco CFA, moeda de 8 países africanos, será reformada e mudanças são celebradas pelo FMI

Moeda permanecerá atrelada ao euro, o que garante sua estabilidade

22 de dezembro de 2019
9:58
Kristalina Georgieva
Kristalina Georgieva - Imagem: Shutterstock

A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Georgieva, celebrou em comunicado neste sábado a reforma do franco CFA, moeda estabelecida em 1945 e usada por oito países da África Ocidental e Central, que agora será chamada de "eco".

Segundo Georgieva, a reforma "constitui um passo fundamental na modernização de acordos de longa data entre a União Econômica e Monetária da África Ocidental (WAEMU, na sigla em inglês) e a França".

Georgieva afirmou que "as medidas anunciadas se baseiam no histórico comprovado da WAEMU na condução da política monetária e no gerenciamento de reservas externas". Ela acrescentou, no comunicado, que a WAEMU registrou baixa inflação e alto crescimento econômico nos últimos anos, além de melhora na situação fiscal e aumento no nível de reservas cambiais.

"As reformas também mantêm os principais elementos de estabilidade que serviram bem à região, incluindo a taxa de câmbio fixa com o euro", apontou. A diretora-gerente do FMI disse ainda que a entidade está pronta para se envolver com as autoridades regionais, conforme necessário, e apoiar a implementação da iniciativa.

Macron também aprova

O presidente da França, Emmanuel Macron, também saudou neste sábado a reforma do franco CFA. A mudança foi anunciada pelo presidente da Costa do Marfim, Alassane Ouattara, ao lado de Macron em um evento em Abidjã, cidade do país africano.

"Eu não pertenço a uma geração que conheceu o colonialismo… então vamos romper os laços", afirmou Macron. Ele acrescentou que a moeda era considerada por alguns, especialmente os jovens africanos, como uma herança pós-colonial.

Com a entrada em vigor das mudanças em relação à moeda, todas as autoridades francesas se retirarão de seus órgãos de decisão, disse Ouattara. Além disso, a obrigação de os Estados-membros manterem metade de suas reservas estrangeiras na França terminará. A moeda permanecerá atrelada ao euro, o que garante sua estabilidade, destacou Ouattara.

Este sábado marcou o segundo dia da viagem de três dias de Macron à Costa do Marfim e à Nigéria, região que foi dominada pela crescente ameaça representada por grupos jihadistas. No início do dia, Macron anunciou que uma operação militar francesa matou 33 extremistas islâmicos na região de Mopti, no centro do Mali. Fonte: Associated Press.

*Com Estadão Conteúdo.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

DÍVIDA

Dívida pública federal sobe 1,03% em dezembro, e fecha 2019 em R$ 4,248 trilhões

A DPF inclui a dívida interna e externa. A Dívida Pública Mobiliária Federal interna (DPMFi) subiu 1,22% em dezembro fechou o ano em R$ 4,033 trilhões

DE OLHO NOS GASTOS

Gasto de estrangeiro fica estagnado

Apesar do aumento no volume de pessoas de países com isenção de visto que vieram ao Brasil, isso não se refletiu no montante total de gastos dos turistas de fora

AVALIAÇÃO NEGATIVA

Após aumento de custos e queda nos lucros, Credit Suisse corta preço-alvo para ações da Cielo

Entre os pontos de atenção citados pelos analistas no relatório está a queda de margens, que alcançaram os menores níveis já vistos

as queridinhas dos jovens

Apple, Amazon e Tesla estão entre as ações preferidas dos millennials; confira ranking

Empresa diz ter analisado 734 mil contas de investimento de americanos com idade média de 31 anos

Azul, JBS, Cielo e Petrobras: os destaques do Ibovespa nesta terça-feira

O mercado reage positivamente às novidades anunciadas pela Azul em sua gestão de frota — e, como resultado, as ações da companhia aérea disparam. Já a Cielo tem um dia intenso na bolsa, em meio à divulgação do balanço trimestral da companhia

motivo de preocupação dos mercados

Brasil investiga caso suspeito de coronavírus

Caso a infecção por coronavírus seja confirmada, o nível de alerta no país sobe para de Emergência de Saúde Pública Nacional, quando há a possibilidade de o vírus já estar em circulação no país

olho nos números

Relatório aponta nível baixo de investimento de estatais no 1º ano de Bolsonaro

Estatais federais executaram 45,7% dos investimentos previstos para 2019 e a aplicação dos recursos ao longo do ano foi direcionada basicamente para a Região Sudeste

Câmbio

A alta do dólar preocupa? Com a palavra, o presidente do Banco Central

Campos Neto disse que o BC avalia constantemente se a alta do dólar retarda as decisões de investimento ou contamina as perspectivas de inflação

de olho nas finanças

48% dos brasileiros não controlam o próprio orçamento, mostra pesquisa CNDL/SPC

Segundo o levantamento, a frequência de análise de orçamento é inadequada mesmo entre a maioria dos 52% de brasileiros que utilizam alguma forma de controle de suas finanças

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta terça-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements