Menu
2019-06-27T19:56:07-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Vem mais por aí

Depois de vender ações da Petrobras na bolsa, presidente da Caixa promete outras 15 operações

Banco público levantou R$ 7,3 bilhões com a venda das ações da Petrobras e prepara ofertas na bolsa de quatro subsidiárias: seguridade, cartões, a asset e a lotérica

27 de junho de 2019
19:56
Executivos da Caixa e da Petrobras na sede da B3
Executivos da Caixa e da Petrobras na sede da B3 - Imagem: Divulgação B3

A sede da B3 deve se acostumar a receber o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães. Na cerimônia na bolsa que marcou a conclusão da venda das ações ordinárias da Petrobras (PETR3) que pertenciam ao banco, Guimarães disse que "outras quinze" operações ainda devem ocorrer, visto que o banco público não deve ter mais investimentos em empresas não financeiras.

A Caixa levantou R$ 7,3 bilhões com a venda das ações da Petrobras e marcou o segundo desinvestimento do banco público em 2019, que já vendeu neste ano ações da resseguradora IRB Brasil Re.

Em paralelo, a Caixa prepara quatro ofertas de suas subsidiárias, a Seguridade, Cartões, a Asset e a lotérica. Guimarães não disse quando as operações devem ocorrer, mas afirmou que a Caixa vai privilegiar operações em bolsa para esses desinvestimentos.

As discussões em torno das vendas pelo banco público precisam do aval do Conselho Curador do FI-FGTS, mas o executivo comentou que o aval formal deve ocorrer em até duas semanas. Depois disso é que o banco poderá contratar o sindicato de bancos de investimento para as operações.

Outras ofertas de ações que a Caixa fará são para venda de suas participações na Alupar e Banco do Brasil. Ainda restam também ações no IRB, mas essa venda deverá aguardar o fim do processo de reestruturação de parcerias em sua área de seguros.

Os investimentos em empresas já listadas e que já deram lucro ao banco devem ser as primeiras, visto que são os investimentos mais maduros.

O presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, que também participou da cerimônia, comentou que a oferta demonstrou o interesse do investidor e confiança com a gestão da companhia.

"Estamos focados nos ativos em que a Petrobras é dona natural", disse. Sobre a venda das ações da petroleira detidas pela Caixa, Castello Branco comentou. "A Caixa não é um fundo de investimento para ter ações de empresas", disse.

O presidente da B3, Gilson Finkelsztain, destacou que a oferta da Petrobras é relevante ao mercado de capitais e enalteceu o fato de a Caixa ter reservado uma parcela relevante das ações para ofertar ao varejo. "Esse é um sinal importante, que mostra o processo de amadurecimento do investidor brasileiro", disse.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

seu dinheiro na sua noite

A chance do Pão de Açúcar de focar no seu negócio principal

Nessa nova experiência de home office que muitos de nós estamos vivendo, parcial ou integralmente, um dos desafios é conseguir manter o foco durante todo o expediente. Algumas pessoas dizem conseguir se concentrar muito melhor trabalhando de casa, onde é mais silencioso e confortável. Outras, como eu, encontraram bastante dificuldade para não procrastinar e acabar […]

Falta só a sanção

Câmara aprova prorrogação do prazo de entrega do Imposto de Renda até 31 de julho

Além de dar mais 90 dias de prazo, o texto também limitou o pagamento do imposto a, no máximo, seis parcelas

FECHAMENTO

Ibovespa engata segunda alta consecutiva, mas tempo segue fechado em Brasília

O Orçamento segue empacado e a situação fiscal preocupa, mas NY e as commodities vieram para salvar o dia e fazer o Ibovespa fechar a sessão no azul

Clássicos repaginados

Hasbro se une à plataforma de games Roblox para lançar novos produtos

A gigante dos brinquedos anunciou uma série de itens das linhas Nerf e Monopoly em parceria com a novata Roblox

Bom momento

Construtoras apresentam prévias operacionais fortes, apesar de restrições por causa da pandemia

Apesar dos lançamentos fracos, Cyrela viu crescimento nas vendas líquidas em comparação ao mesmo período do ano anterior; Direcional e Moura Dubeux bateram recordes de vendas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies