Menu
2019-04-03T18:20:35-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Novos desfechos

Oito funcionários da Vale são presos em envolvimento com rompimento da barragem de Brumadinho

Ao todo, Ministério Público expediu 12 mandados de busca e apreensão e oito de prisão na manhã desta sexta-feira

15 de fevereiro de 2019
9:13 - atualizado às 18:20
Desabamento de barragem da Vale em Brumadinho (MG)
Desabamento de barragem da Vale em Brumadinho (MG) - Imagem: Corpo de Bombeiros/Divulgação

Oito funcionários da Vale foram presos na manhã desta sexta-feira, 15, em Minas Gerais em mais um desfecho das investigações sobre o rompimento da barragem de Brumadinho.

A operação foi deflagrada pelo Ministério Público do Estado de Minas Gerais e conta com apoio das polícias militar e civil. A informação é do site "G1" e foi confirmada pelo Ministério Público.

De acordo com o Ministério Público, a operação visa "apurar responsabilidade criminal pelo rompimento de barragens existente na Mina Córrego do Feijão, mantida pela empresa Vale, na cidade de Brumadinho".

Entre os alvos da operação está Alexandre de Paula Campanha, preso na região Centro-Sul de Belo Horizonte, ainda segundo o "G1". Segundo depoimentos à polícia, ele teria pressionado funcionário da empresa de engenharia TÜV SÜD a assinar laudos de que a barragem estaria estável.

Ao todo, o MP expediu 12 mandados de busca e apreensão e oito de prisão.

Em nota, a mineradora disse que os oito investigados são funcionário da Vale, "dentre eles, quatro gerentes (dois deles, executivos) e quatro integrates das respectivas equipes técnicas". Ainda segundo a empresa, eles estariam "diretamente envolvidos na segurança e estabilidade da Barragem 1".

*Conteúdo em atualização

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

FECHAMENTO DA SEMANA

Ufa! Ibovespa avança quase 5% em semana de alta volatilidade, mas dólar vai a R$ 5,68

A PEC emergencial e a disparada dos títulos públicos norte-americanos monopolizaram o noticiário, pressionando o câmbio e a bolsa

Regime especial

STF forma maioria para manter sigilo das informações do programa de repatriação

A análise tem origem em uma ação proposta pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB) em 2017.

Algo não agradou

Guedes vê perda estrutural em PEC do auxílio

O sentimento na equipe de Guedes foi de perda da possibilidade de acionamento dos gatilhos em caso de calamidade por mais dois anos seguintes

DIÁRIO DE BORDO

À procura de um porto seguro para seu dinheiro em tempos turbulentos no Brasil? Veja onde investir

Se “mar calmo nunca fez bom marinheiro”, o que aprendi nesses meus 25 anos de mercado financeiro é que em momentos de ruídos e turbulências precisamos ser ainda mais persistentes e consistentes em nossos investimentos.

Suspeita de crime

CVM confirma processo para investigar suposto ‘insider trading’ na Petrobras

A suspeita de que alguém pode ter lucrado R$ 18 milhões com o vazamento de informações sobre o que ocorreria na estatal vieram à tona no início da semana e mexeram com os ânimos do mercado.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies