Menu
2019-11-15T07:52:35-03:00
Victor Aguiar
Victor Aguiar
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pelo Instituto Educacional BM&FBovespa e UBS Escola de Negócios. Trabalhou nas principais redações de economia do país, como Bloomberg, Agência CMA, Agência Estado/Broadcast e Valor Econômico.
Más notícias

A Braskem fechou o trimestre no vermelho e viu sua receita cair 18% em um ano

Empresa cujas ações têm o pior desempenho do Ibovespa no ano, a Braskem reportou um prejuízo líquido de mais de R$ 800 milhões no terceiro trimestre

15 de novembro de 2019
7:42 - atualizado às 7:52
Vista da então nova unidade da Braskem Petroquímica em Paulínia, São
Vista da então nova unidade da Braskem Petroquímica em Paulínia, São Paulo. - Imagem: Estadão Conteúdo/Alex Silva

As ações PNA da Braskem (BRKM5) atravessam um momento delicado na bolsa. Desde o início do ano, os ativos acumulam perdas de 37,48% — o pior desempenho da carteira do Ibovespa. E o balanço da petroquímica no terceiro trimestre não deve ajudar em nada a situação dos papéis.

Afinal, a Braskem reportou um prejuízo líquido de R$ 888 milhões entre julho e setembro deste ano, revertendo o lucro de R$ 1,344 bilhão reportado no mesmo intervalo de 2018. É verdade que boa parte dessas perdas se deve a um efeito não-caixa, com um resultado financeiro bastante negativo no trimestre, mas há outros fatores de preocupação.

Veja, por exemplo, o que aconteceu com a receita líquida: alinha recuou 18% na base anual, somando R$ 13,4 bilhões no trimestre — um indicativo de que as atividades da Braskem se contraíram nessa base de comparação. E essa percepção é confirmada pela queda de 9% nos custos dos produtos vendidos, para R$ 11,6 bilhões.

De fato, a receita líquida da Braskem diminuiu em seus três principais pólos: Brasil, Estados Unidos/Europa e México. Aqui no país — o maior centro da petroquímica —, a diminuição foi de 17%; nos territórios americano e europeu, a baixa foi ainda maior, de 24%; no México, o recuo chegou a 29% em um ano.

E o que explica essa contração na atividade? Segundo a Braskem, a indústria petroquímica no Brasil está num ciclo de baixa, o que afeta diretamente as atividades da empresa e gera uma menor taxa de utilização de suas centrais.

"Por outro lado, o resultado das operações do Brasil foi impactado positivamente pela sazonalidade do período sobre a demanda de resinas no mercado brasileiro", escreve a companhia, em seu relatório de resultados trimestrais.

Quanto ao resultado das operações americanas e europeias, a Braskem diz que paradas não programadas nas plantas de polipropileno dos Estados Unidos afetaram os números do trimestre. Por outro lado, a empresa diz que as operações foram positivamente influenciadas pela retomada no fornecimento de propeno na Europa.

E no México? Nessa região, a Braskem limitou-se a dizer que as atividades foram influenciadas "pela estratégia comercial de direcionamento de produto para regiões com maior rentabilidade e pela manutenção de fornecimento de etano em patamares similares aos trimestres anteriores".

Dito tudo isso, o Ebitda — isto é, o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização — da petroquímica também foi fraco: R$ 1,55 bilhão no terceiro trimestre deste ano, uma queda de 57% em relação ao mesmo intervalo de 2018.

Ah, sim: conforme dito lá em cima, o resultado financeiro líquido da Braskem foi bastante ruim, ficando negativo em R$ 2,03 bilhões entre julho e setembro — mais que o dobro das perdas contabilizadas há um ano, de R$ 931 milhões.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

seu dinheiro na sua noite

A vingança das sardinhas

Podia ser o título de um filme de terror, mas está mais para uma história de superação. No jargão do mercado financeiro, sardinhas são os pequenos investidores — pessoas físicas como eu e você. No mar revolto da bolsa de valores, as sardinhas costumam virar presas fáceis para os grandes investidores — ou tubarões, como […]

balanço

Pix movimenta R$ 11,8 bilhões na primeira semana de operação

Volume considera as transações realizadas entre o dia 16 de novembro, início da ferramenta, até ontem, dia 22

ainda não é oficial

Biden deve nomear Janet Yellen como secretária do Tesouro, diz jornal

Se confirmada pelo Senado, Janet Yellen será a primeira mulher a assumir a função; bolsas subiram com a notícia

fim do dia

Tudo para cima: Ibovespa fecha em alta com vacina de Oxford 70% eficaz, enquanto risco fiscal pressiona dólar e juros

Principal índice da B3 fecha no maior patamar desde 21 de fevereiro e acumula ganhos de 14% em novembro. Paralisia com reformas e crescente dívida pública instigam alta da moeda americana

Corrida contra o tempo

Moody’s: vacinação em massa tem potencial significativo de melhora do PIB global

Hoje foi a vez da AstraZeneca, que seguiu as farmacêuticas Moderna e Pfizer nas semanas anteriores, todas com eficácia na casa dos 90%.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies