Menu
2019-10-08T10:11:07-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
Cursando jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
Noivado cancelado

Bolsa de Hong Kong retira proposta bilionária após desinteresse da bolsa de Londres

A oferta inesperada de cerca de US$ 36,6 bilhões havia sido feita no dia 11 de setembro, mas já havia sido rejeitada dois dias depois pelos diretores da LSEG

8 de outubro de 2019
9:51 - atualizado às 10:11
Mercado de ações XP EZTec Copel
Imagem: Shutterstock

A controladora da bolsa de Hong Kong, a Hong Kong Exchanges and Clearing Limited (HKEx), anunciou nesta terça-feira (08) a retirada da oferta de US$ 36,6 bilhões feita pela bolsa de Londres, a London Stock Exchange (LSE) Group.

Por volta das 09h40, as ações do London Stock Exchange Group caiam cerca de 5% na bolsa londrina.

A oferta inesperada havia sido feita no dia 11 de setembro. Na época, a HKEx, que adquiriu a bolsa de metais de Londres em 2012, anunciou que esperava que uma fusão entre as duas empresas pudesse criar um líder global de infraestrutura de mercado ao aproximar os principais centros financeiros da Europa e Ásia e redefinir o mercado de capitais pelas próximas décadas.

Mas, dois dias depois da oferta, os diretores da LSEG rejeitaram a oferta feita pela bolsa de Hong Kong. Segundo a London Stock Exchange Group, a companhia tinha preocupações com alguns aspectos da proposta condicional que envolvia estratégia, entregabilidade, forma de consideração e o valor.

No anúncio feito pela HKEx, a companhia esclarece que segue acreditando no potencial de uma eventual fusão entre as controladoras, mas não conseguiria seguir adiante com a proposta devido a falta de retorno e avanço nas negociações com a diretoria do LSE.

Segundo a Reuters, a Hong Kong Exchanges é uma das líderes mundiais no mercado de bolsas de valores, alternando a primeira posição com a New York Stock Exchange nos últimos 10 anos.

Assim como a bolsa londrina, que sofre com as perspectiva da saída do Reino Unido da União Europeia durante o processo do Brexit, a bolsa de Hong Kong também sofre o impacto da instabilidade política da região no último ano.

 

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

sem gás

Petrobras rejeita proposta da subsidiária da Cosan pela Gaspetro

Oferta da Compass por 51% da distribuidora de gás natural não qualifica para próxima etapa de processo de desinvestimento

Separação de bens

XP estuda fazer proposta por ações com “supervoto” da corretora que estão com Itaú

Objetivo do negócio é eliminar potenciais conflitos de interesse para que apenas os acionistas controladores da XP detenham ações que dão direito a 10 votos cada

diluição?

Notre Dame Intermédica avalia oferta de ações

Operadora de saúde verticalizada pode levantar R$ 2 bilhões com operação, segundo agência de notícias

MERCADOS HOJE

Ibovespa segue clima ameno no exterior e abre o dia em alta; dólar sobe após IGP-M

O cenário de cautela e otimismo se chocam no exterior. De um lado, a China parece se recuperar do coronavírus, de outro, a pandemia ainda parece longe de um fim. Com feriado nos Estados Unidos, liquidez deve seguir baixa

ainda ruim

Taxa de desemprego bate novo recorde no 3º trimestre

Desocupação sobe para 14,6% no trimestre encerrado em setembro, mas fica abaixo da mediana de estimativas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies