Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-09-20T11:04:31-03:00
Bruna Furlani
Bruna Furlani
Jornalista formada pela Universidade de Brasília (UnB). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Tem passagem pelas editorias de economia, política e negócios de veículos como O Estado de S.Paulo, SBT e Correio Braziliense.
De olho nas ações

Precificou! Pan capta R$ 1,04 bi em follow-on

O preço por ação ficou em R$ 8,25. O valor ficou com um desconto de 9,1% em relação à cotação de fechamento dos papéis preferenciais do banco na última quinta-feira (19)

20 de setembro de 2019
8:19 - atualizado às 11:04
Banco Pan
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

No mesmo dia em que o banco Banrisul informou sobre o fracasso de sua oferta, o Pan (código BPAN4) anunciou ao mercado que captou R$ 1,04 bilhões em ações em oferta subsequente de ações (follow-on), no fim da noite de ontem (19). A instituição atua nas linhas de empréstimo consignado, veículos e cartão de crédito.

O Pan informou que o preço por ação durante o processo conhecido como bookbuilding - em que há a precificação do papel - ficou em R$ 8,25. O valor ficou com um desconto de 9,1% em relação à cotação de fechamento dos papéis preferenciais do banco na última quinta-feira (19).

O banco coordenador líder da oferta é o BTG Pactual. O início da negociação dos papéis e dos recibos de subscrição da oferta deve ocorrer a partir de 23 de setembro.

Entenda a oferta

Ao fazer uma oferta com distribuição primária e secundária, o banco pretende captar dinheiro para aumentar o seu capital social, assim como vender os papéis que pertencem a um de seus acionistas. No caso, o acionista vendedor é a Caixa Participações (CaixaPar).

Com isso, ao fazer uma oferta secundária, o montante arrecadado com a venda dos papéis da CaixaPar vai para o caixa da própria companhia vendedora e não o do Banco Pan.

Hoje, os acionistas controladores do Pan são justamente a CaixaPar e o BTG Pactual, ambos com 41,7% da participação societária.

De acordo com o documento enviado ao mercado, com o aumento de capital, agora o capital social da companhia será de R$ 4,2 bilhões.

De olho no Pan

Os papéis do banco apresentaram uma valorização de 367,18% na bolsa neste ano.

Apenas para fins de comparação, no mesmo período, ações de bancões como o Itaú Unibanco (ITUB4), Bradesco (BBDC4) e Santander (SANB4) subiram 4,88%, 5,14% e 7,66%, respectivamente. Até mesmo os papéis do Banco Inter (BIDI4) apresentam expansão menor, de 203,75%.

Entre as explicações para a valorização dos papéis do Banco Pan estão o anúncio de que a instituição prepara o lançamento de um banco digital voltado para as classes C, D e E. A previsão é que a estreia ocorra até o fim deste mês.

Mas há também outro fator. Os papéis ganharam um impulso extra em maio, quando foram incluídos em carteiras recomendadas da empresa de publicações financeiras Empiricus.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Ivan Sant'Anna

Bitcoin ou ouro? A verdadeira reserva de valor que você precisa ter entre os seus investimentos

Quando alguém fala em reserva de valor, deve ter em mente que se refere a ativos cotados na moeda do país em que o investidor vive, ganha e gasta.

Polêmica

Reserva de emergência e aplicações de curto prazo: CDB 100% do CDI pode ser melhor que Tesouro Selic?

Com a Selic mais alta, vale a pena voltar a discutir qual a opção ideal para a reserva de emergência; e, nesse sentido, os CDBs que pagam 100% do CDI com liquidez diária podem sim ser uma boa pedida

De volta ao jogo

Como ficam os seus investimentos em renda fixa com a Selic em 6,25%

Renda fixa “voltou ao jogo”, mas ainda não dá para ficar rico. Veja como fica o retorno das aplicações conservadoras agora que o Banco Central elevou a Selic mais uma vez

entrevista

BC briga para recuperar a credibilidade e poderia ter acelerado alta da Selic, diz economista-chefe da gestora Garde

Para Daniel Weeks, BC passou mais tempo do que o necessário com a sinalização de que manteria taxa de juros muito baixas; ele avalia que aumento poderia ter sido de 1,25 ponto e que discussão sobre fim do ciclo de ajustes ainda não acabou

Seu Dinheiro na sua noite

Seguindo a rota planejada

Decisão da Selic pelo Copom, juros nos Estados Unidos, dólar em alta e muitas outras notícias que mexeram com o mercado hoje

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies