Menu
2019-06-21T19:06:07-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Segue o jogo!

Presidente do Banco do Brasil diz que mudança no comando do BNDES não afeta oferta de ações do IRB

União negocia com o Banco do Brasil a possibilidade de se desfazerem juntos da participação que detêm no IRB Brasil, em evento marcado para julho

19 de junho de 2019
15:22 - atualizado às 19:06
Presidente do BB, Rubem Novaes
Presidente do BB, Rubem Novaes - Imagem: Vinícius Pinheiro/Seu Dinheiro

O presidente do Banco do Brasil, Rubem Novaes, afirmou nesta quarta-feira, 19, que a mudança no comando do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) não afeta a operação de follow on (oferta subsequente de ações) do ressegurador IRB Brasil Re.

"O novo presidente do BNDES já estava envolvido nessa operação de follow on do IRB. Acho que não muda nada", disse Novaes. Nesta semana, Gustavo Montezano foi indicado para substituir Joaquim Levy na presidência do banco de fomento.

Em 6 de julho, a União negocia com o Banco do Brasil a possibilidade de se desfazerem juntos da participação que detêm no IRB Brasil Re em uma oferta de ações com potencial de movimentar mais de R$ 8 bilhões.

O BNDES foi designado, por meio de decreto, como responsável para executar e acompanhar os atos necessários para a venda das ações do IRB. Assim, o banco público passa a ter em mãos uma espécie de procuração e, na prática, poder para tomar decisões em nome do governo para realizar a venda de ações do IRB.

"A mudança no BNDES não muda nada em relação à operação do IRB", reforçou mais cedo Novaes, após encontro com o ministro da Fazenda, Paulo Guedes.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Títulos públicos

Tesouro Direto tem emissão líquida recorde de R$ 1,57 bilhão em abril

Com a emissão recorde, o estoque do programa fechou abril em R$ 60,24 bilhões, um aumento de 3,1% em relação ao mês anterior (R$ 58,44 bilhões)

Em meio à pandemia

56,6 milhões de brasileiros já receberam auxílio emergencial, diz Caixa

Todos receberam o pagamento da primeira parcela do benefício, no valor total de R$ 39,9 bilhões, enquanto 44,2 milhões de brasileiros também já receberam a segunda parcela, em um total de R$ 30,9 bilhões

Em pronunciamento

Em pronunciamento, Maia faz convite à “pacificação dos espíritos”

Sem citar as crises institucionais do Executivo ou mesmo chefes de outros Poderes, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, fez um pronunciamento nesta terça-feira

Renda imobiliária

Vitreo lança primeira carteira de fundos imobiliários e quer captar R$ 100 milhões

Após colocar em operação sua distribuidora de valores no início de maio, a Vitreo lança sua primeira carteira administrada composta de diferentes fundos imobiliários

Esperanças para o fim da crise

Conheça três dos principais estudos que buscam uma vacina contra o coronavírus – e que mexem com o mercado

Notícias do avanço de pesquisas sobre vacinas contra o coronavírus costumam impactar o mercado, que espera ansiosamente por uma solução que permita uma retomada das economias

Coronavírus na estatal

Petrobras tem 181 empregados com covid-19 e 510 recuperados, diz MME

A empresa não registra nenhum óbito entre os seus contratados, segundo o MME

De mãos dadas

Ministros militares agora negociam com o Centrão

Partiu do general reformado Augusto Heleno Ribeiro, o atual ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), na convenção do PSL que confirmou a candidatura de Jair Bolsonaro ao Planalto em julho de 2018, um dos mais duros ataques ao Centrão. Agora, andam de mãos dadas

ENERGIA

Aneel propõe empréstimo de R$ 15,4 bi a elétricas para evitar tarifaço

O financiamento visa cobrir custos gerados pela crise da covid-19 no setor elétrico e evitar um reajuste médio imediato de cerca de 12% no meio da pandemia.

em meio à crise

Governo pretende gastar R$ 44 mil com esteira ergométrica para Mourão

Justificativa para a procura é que o Palácio do Jaburu não tem aparelho “minimamente adequado” e que atenda aos “princípios da ergonomia e biomecânica”

dados do bc

Despesas de brasileiros no exterior foram as menores para abril desde 1999

Gastos de estrangeiros no País também caíram de forma dramática e somaram US$ 113 milhões em abril, o pior resultado para o mês de 1997

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements