Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-09-06T17:01:41-03:00
Bruna Furlani
Bruna Furlani
Jornalista formada pela Universidade de Brasília (UnB). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Tem passagem pelas editorias de economia, política e negócios de veículos como O Estado de S.Paulo, SBT e Correio Braziliense.
Fluxo é positivo

Gringo aportou R$ 1,7 bilhão na bolsa em 2019, segundo B3

O problema é que alguns especialistas estavam levando em consideração apenas o saldo do volume negociado no mercado secundário, o que não capturava o total de investimento estrangeiro no país

6 de setembro de 2019
16:58 - atualizado às 17:01
investimento brasil
Imagem: Shutterstock

Depois de tamanha polêmica envolvendo o fato de que o fluxo do gringo na bolsa seria positivo ou negativo em 2019, a B3 decidiu acabar com o tira-teima.

De acordo com as informações divulgadas hoje (6), o investidor estrangeiro colocou R$ 1,7 bilhão em recursos no mercado de renda variável no Brasil entre 2 de janeiro e 4 de setembro.

Antes, algumas publicações haviam veiculado que o fluxo era negativo. O problema é que alguns especialistas estavam levando em consideração apenas o saldo do volume negociado no mercado secundário, o que não capturava o total de investimento estrangeiro no país.

Apesar da dúvida, o nosso repórter Eduardo Campos já tinha provado nesta matéria porque o fluxo dos investidores estrangeiros na bolsa em 2019 era positivo.

Unificação dos dados

Para evitar polêmicas, a B3 decidiu mudar a forma com que vai disponibilizar os dados, que agora será unificada.

Com isso, a bolsa mostra que para considerar o fluxo do gringo na bolsa é preciso considerar dois fatores: o volume negociado no mercado secundário e o volume aportado pelo investidor gringo em ofertas iniciais de ações (IPOs) e ofertas subsequentes (follow-ons).

Em nota, o superintendente de Produtos, Serviços de Tecnologia e Market Data da B3, Adolpho Bianchi, disse que "[...] considerar apenas o mercado secundário para essa análise de fluxo de capital externo despreza inclusive a possibilidade do dinheiro do investidor não residente estar migrando de um papel para outro dentro do próprio mercado brasileiro”.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

PREPARE O BOLSO

O IPTU 2022 ficou mais caro em SP — veja até quando é possível pagar com desconto os boletos que chegam a partir de hoje

O prazo máximo para quitar o imposto varia de acordo com a data limite de recebimento dos boletos, que chegarão entre hoje e 18/02

Novo flerte?

Acionista da Aliansce vai ao “shopping” da bolsa e compra 5,76% da BR Malls após empresa rejeitar fusão

Fundo canadense CPPIB, que integra o bloco de controle da Aliansce Sonae, agora também é acionista relevante da brMalls

BLINK!

Vender Nubank (NUB33)? O que esperar do IPO da Creditas? Eleições 2022? Bitcoin (BTC) ou Microcoins? Saiba sobre esses assuntos e muito mais no BLINK!

Felipe Miranda, estrategista-chefe e CIO da Empiricus, responde às perguntas dos seus seguidores, acompanhe

EXILE ON WALL STREET

O peru de natal e o complexo de vira-latas: confira os alertas e oportunidades para voltar a investir na bolsa brasileira

Com o estouro da bolha tech nos EUA, as ações brasileiras, agora no campo positivo, voltam a ganhar a atenção dos investidores. Veja as portas que se abrem com este cenário

PÍLULA DO MERCADO

Enquanto o bitcoin (BTC) derrete mais de 40% em 2 meses, preço do petróleo bate recordes e pode subir ainda mais; veja 3 investimentos para buscar lucros com a alta

O ano novo não tem sido bom para o bitcoin e para o mercado das criptomoedas no geral, já o petróleo está explodindo e pode subir ainda mais; entenda a ligação entre esses movimentos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies