Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-09-06T17:01:41-03:00
Bruna Furlani
Bruna Furlani
Jornalista formada pela Universidade de Brasília (UnB). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Tem passagem pelas editorias de economia, política e negócios de veículos como O Estado de S.Paulo, SBT e Correio Braziliense.
Fluxo é positivo

Gringo aportou R$ 1,7 bilhão na bolsa em 2019, segundo B3

O problema é que alguns especialistas estavam levando em consideração apenas o saldo do volume negociado no mercado secundário, o que não capturava o total de investimento estrangeiro no país

6 de setembro de 2019
16:58 - atualizado às 17:01
investimento brasil
Imagem: Shutterstock

Depois de tamanha polêmica envolvendo o fato de que o fluxo do gringo na bolsa seria positivo ou negativo em 2019, a B3 decidiu acabar com o tira-teima.

De acordo com as informações divulgadas hoje (6), o investidor estrangeiro colocou R$ 1,7 bilhão em recursos no mercado de renda variável no Brasil entre 2 de janeiro e 4 de setembro.

Antes, algumas publicações haviam veiculado que o fluxo era negativo. O problema é que alguns especialistas estavam levando em consideração apenas o saldo do volume negociado no mercado secundário, o que não capturava o total de investimento estrangeiro no país.

Apesar da dúvida, o nosso repórter Eduardo Campos já tinha provado nesta matéria porque o fluxo dos investidores estrangeiros na bolsa em 2019 era positivo.

Unificação dos dados

Para evitar polêmicas, a B3 decidiu mudar a forma com que vai disponibilizar os dados, que agora será unificada.

Com isso, a bolsa mostra que para considerar o fluxo do gringo na bolsa é preciso considerar dois fatores: o volume negociado no mercado secundário e o volume aportado pelo investidor gringo em ofertas iniciais de ações (IPOs) e ofertas subsequentes (follow-ons).

Em nota, o superintendente de Produtos, Serviços de Tecnologia e Market Data da B3, Adolpho Bianchi, disse que "[...] considerar apenas o mercado secundário para essa análise de fluxo de capital externo despreza inclusive a possibilidade do dinheiro do investidor não residente estar migrando de um papel para outro dentro do próprio mercado brasileiro”.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

de olho na inovação

Amazon sinaliza interesse por criptomoedas em anúncio de emprego

Empresa procura “um líder de produto experiente para desenvolver a estratégia e o roadmap de produtos e moedas digitais

balanço em foco

Lucro da Hypera Pharma aumenta 18% no segundo trimestre

Cifra chegou a R$ 470,6 milhões no período; companhia obteve alta de 43,5% na receita líquida, a R$ 1,5 bilhão

seu dinheiro na sua noite

Quebrando recordes na corrida dos ETFs

A pira foi acesa em Tóquio: os Jogos Olímpicos estão oficialmente abertos — e eu estou empolgadíssimo. Não sei vocês, mas eu adoro as Olimpíadas, principalmente os esportes não muito convencionais. Claro, é legal assistir futebol, vôlei e basquete, mas eu gosto mesmo é de ver as modalidades que nunca passam na TV. Duelo de […]

FECHAMENTO DA SEMANA

Inflação salgada pressiona juros, mas dados americanos amenizam alta do dólar — já a bolsa não escapou da queda

Em semana recheada de ruídos políticos e incertezas, o Ibovespa acumulou uma queda de 0,72%. Já o dólar à vista subiu 1,86%, a R$ 5,2105

de olho no ir

Alta da arrecadação não dá ‘total liberdade’ para reduzir impostos, diz secretário do Tesouro

Jeferson Bittencourt considerou também que a reforma do IR ainda está em aberto, com muito para se discutir

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies