Menu
2019-09-06T17:01:41-03:00
Bruna Furlani
Bruna Furlani
Jornalista formada pela Universidade de Brasília (UnB). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Tem passagem pelas editorias de economia, política e negócios de veículos como O Estado de S.Paulo, SBT e Correio Braziliense.
Fluxo é positivo

Gringo aportou R$ 1,7 bilhão na bolsa em 2019, segundo B3

O problema é que alguns especialistas estavam levando em consideração apenas o saldo do volume negociado no mercado secundário, o que não capturava o total de investimento estrangeiro no país

6 de setembro de 2019
16:58 - atualizado às 17:01
investimento brasil
Imagem: Shutterstock

Depois de tamanha polêmica envolvendo o fato de que o fluxo do gringo na bolsa seria positivo ou negativo em 2019, a B3 decidiu acabar com o tira-teima.

De acordo com as informações divulgadas hoje (6), o investidor estrangeiro colocou R$ 1,7 bilhão em recursos no mercado de renda variável no Brasil entre 2 de janeiro e 4 de setembro.

Antes, algumas publicações haviam veiculado que o fluxo era negativo. O problema é que alguns especialistas estavam levando em consideração apenas o saldo do volume negociado no mercado secundário, o que não capturava o total de investimento estrangeiro no país.

Apesar da dúvida, o nosso repórter Eduardo Campos já tinha provado nesta matéria porque o fluxo dos investidores estrangeiros na bolsa em 2019 era positivo.

Unificação dos dados

Para evitar polêmicas, a B3 decidiu mudar a forma com que vai disponibilizar os dados, que agora será unificada.

Com isso, a bolsa mostra que para considerar o fluxo do gringo na bolsa é preciso considerar dois fatores: o volume negociado no mercado secundário e o volume aportado pelo investidor gringo em ofertas iniciais de ações (IPOs) e ofertas subsequentes (follow-ons).

Em nota, o superintendente de Produtos, Serviços de Tecnologia e Market Data da B3, Adolpho Bianchi, disse que "[...] considerar apenas o mercado secundário para essa análise de fluxo de capital externo despreza inclusive a possibilidade do dinheiro do investidor não residente estar migrando de um papel para outro dentro do próprio mercado brasileiro”.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

FECHAMENTO

Ibovespa ignora tensão em Brasília e NY no vermelho e avança 1%; dólar também sobe

Enquanto as blue chips garantiram o bom desempenho do Ibovespa, o dólar avançou 0,84%, pressionado pelo noticiário em Brasília

Exaltou integração

Presidente do Banco Central não enxerga competição entre bancos e fintechs

Segundo Campos Neto, a integração entre as mídias sociais e o sistema financeiro é maior inovação que existe no momento

Menos pontos e milhas

Setor de empresas de fidelidade encolhe quase 30% em 2020

O segmento de fidelidade movimentou R$ 5,3 bilhões em 2020, segundo a Associação Brasileira das Empresas do Mercado de Fidelização (ABEMF)

Estamos em um novo ciclo de alta de commodities?

Por que está se falando tanto em commodities? Isso é o que Matheus Spiess te explica no vídeo de hoje. Observando o histórico de ciclos de alta de commodities, presenciamos ciclos de altas de preços nas matérias primas. E estudos dizem que estamos na beira de um SUPERCICLO. Vamos ao passado: Início de 1900: 2º […]

Controle total

Petrobras: Cade aprova venda da participação da estatal em eólica para FIP Pirineus

Após a assinatura do acordo de R$ 32,97 milhões, o FIP Pirineus passa a deter o controle unitário do empreendimento

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies