Menu
2019-04-05T14:21:20-03:00
Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
Separados, enfim!

Jeff e Mackenzie Bezos finalizam divórcio: ele fica com o controle da Amazon e ela com US$ 35 bilhões

MacKenzie ficará com US$ 35,6 bilhões e Jeff manterá uma participação de US$ 106,7 bilhões na empresa de comércio eletrônico

4 de abril de 2019
15:22 - atualizado às 14:21
Jeff Bezos e Mackenzie Bezos
Jeff Bezos e Mackenzie Bezos - Imagem: Reprodução Youtube

O fundador e CEO da empresa de comércio eletrônico Amazon, Jeff Bezos, finalizou nesta semana seu divórcio com MacKenzie Bezos, definindo o patrimônio que cada um terá após a separação.

Em declarações feitas pelas redes sociais, MacKenzie afirmou que vai conceder a Jeff todos os seus interesses no Washington Post e na Blue Origin, além de 75% das ações da Amazon, que atualmente são de propriedade conjunta do par. Ela também cedeu o controle das ações que ela possui, algo que assegura o controle dele sobre a empresa.

Em termos de valores, MacKenzie ficará com US$ 35,6 bilhões, enquanto Jeff manterá uma participação de US$ 106,7 bilhões na Amazon. Com a quantia, ela passa a ser a 30ª mulher mais rica do mundo. Vale lembrar que, juntos, o casal possuía 78,8 milhões de ações, ou cerca de 16% da Amazon.

Entenda a separação

Jeff e MacKenzie anunciaram em janeiro que estavam se divorciando após 25 anos de casamento. Cerca de um mês após o anúncio, uma história no tabloide "National Enquirer" revelou que o fundador da Amazon matinha um caso extraconjugal com a ex-apresentadora de TV Lauren Sanchez.

Na época, as ações da Amazon na bolsa de Nova York chegaram a cair mais de 2%, enquanto Bezos dizia que estava sendo chantageado pela publicação.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Entrevista exclusiva

“CVC passou pela crise e está vivíssima”, diz Leonel Andrade

Em entrevista exclusiva, CEO da CVC conta sobre reorganização da empresa em plena pandemia e anuncia lançamento mirando novo segmento de clientes

depois do fundo do poço

Na bolsa, Gol, Azul e CVC recuperam parte das perdas com pandemia

Avanço das vacinas empolgou o mercado todo, mas não basta para explicar o desempenho dos papéis ligadas ao setor de aviação

após atrasos

Petrobras vai concluir venda de oito refinarias em 2021, diz CEO

De acordo com o diretor de Comercialização e Logística, estatal poderá aumentar as exportações de petróleo bruto, mas a tendência é de que os novos donos das unidades adquiram a commodity no mercado interno

volta ao normal?

Aneel aprova retomada do sistema de bandeiras tarifárias a partir desta terça

Mecanismo havia sido suspenso em maio devido à pandemia do novo coronavírus, e a agência havia acionado a bandeira verde, sem cobrança de taxa extra, até o fim deste ano

seu dinheiro na sua noite

O doce novembro da bolsa

O que você considera uma boa rentabilidade mensal para os seus investimentos? Um retorno equivalente a oito vezes o que a renda fixa paga em um ano inteiro está de bom tamanho? Pois foi esse o ganho de quem investiu em novembro na bolsa — imaginando aqui a compra do BOVV11, um dos fundos que […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies