Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-06-13T13:11:08-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
ao infinito e além

Por que Jeff Bezos, o CEO da Amazon, está tentando colonizar a Lua

O bilionário resolveu explicar a razão de uma das suas empresas, a Blue Origin, estar trabalhando numa sonda lunar para transportar mercadorias entre a Terra, a Lua e o espaço

11 de junho de 2019
15:41 - atualizado às 13:11
blueorigin-bluemoon-lander-reveal
O fundador da Amazon, Jeff Bezos, e o módulo lunar Blue Moon. - Imagem: Blue Origin

O famoso fundador da Amazon, Jeff Bezos, tem um plano nada simples: enviar uma missão à Lua. O bilionário promete o feito até 2024. "É hora de voltar para a lua. Desta vez para ficar", chegou a dizer Bezos numa das ocasiões em que comentava o assunto.

Pois na quinta-feira, 6, conforme relata o site Business Insider, o bilionário resolveu explicar a razão de uma das suas empresas, a Blue Origin, estar também trabalhando numa sonda lunar para transportar mercadorias entre a Terra, a Lua e o espaço: ele quer que a indústria vá além de nossa atmosfera.

Bezos disse que a sonda faz parte de sua visão de salvar a humanidade e a Terra, ao mesmo tempo em que avança para com seus empreendimentos pelo espaço. E mais, para ele a própria sobrevivência da humanidade depende da colonização, que deve começar pela Lua.

O veículo lunar, batizado de Blue Moon, é projetado para entregar uma variedade de cargas à Lua visando ajudar os humanos a estabelecer sua presença lá. "A razão pela qual temos que ir ao espaço, na minha opinião, é salvar a Terra", disse ele.

Para Bezos, a lua é "ponto de aterrissagem perfeito" para nossas eventuais necessidades espaciais por uma variedade de razões: tem água em forma de gelo, está perto da Terra, há acesso a energia solar, entre outras coisas. "Se vamos continuar a cultivar nossa civilização, precisamos nos mover", disse.

O bilionário ainda continuou sua argumentação dizendo que se a civilização humana continuar crescendo, não teremos escolha a não ser transferir nossas necessidades de produção para o espaço, a fim de proteger a Terra.

"A Amazon foi fácil de começar em 1994 com uma pequena quantia de capital porque o sistema de transporte já existia", disse ele. "Já havia um sistema financeiro, cartões de crédito e um sistema de comunicação. Se uma empresa tivesse que construir tudo isso do zero, teria custado bilhões de dólares".

O desafio, com o projeto lunar, estaria então em criar uma infra-estrutura, explica Bezos. "Minha missão com a Blue Origin é ajudar a construir essa infra-estrutura, fazer esse trabalho pesado, para que outros possam se apoiar nessas bases da mesma maneira que eu me apoiei no serviço postal dos EUA".

*Com informações do site Business Insider

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

efeito pandemia

Sem peças importadas, indústria busca produção local, mas esbarra em custo

Escassez de produtos como máscaras e respiradores, que marcou o início da pandemia, depois se estendeu a semicondutores, insumos e autopeças e se agravou com o aumento dos preços

é possível, sim

O segredo para ser feliz no trabalho, segundo esta especialista

Beverly Jones, autora do “Find Your Happy at Work”, arriscou algumas respostas em entrevista recente e falou sobre desconforto, networking e tédio; veja abaixo

em família

Sobrinho-neto do bilionário Warren Buffett supera Berkshire Hathaway no ano

Ações da Boston Omaha, holding de capital aberto co-liderada pelo sobrinho-neto do bilionário, Alex Buffett Rozek, estão batendo os papéis da Berkshire Hathaway

novo serviço

Grupo pão de Açúcar vai fazer entrega para lojistas de seu marketplace

No próximo ano, a companhia passará a oferecer a possibilidade de que os lojistas virtuais armazenem produtos nos centros de distribuição do GPA

inovação

Varejo online agora quer conquistar a fronteira da venda de produto fresco

A partir do mês que vem, começa a funcionar no País uma startup mexicana de tecnologia do setor de supermercados que vai explorar exatamente esse filão

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies