Menu
2019-10-14T14:10:52-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Pensando longe

A mais nova (e brilhante) estratégia da Amazon para reduzir custos com logística

Clientes agora podem utilizar uma nova facilidade na hora de fazer devoluções de produtos comprados pela internet

9 de setembro de 2019
16:00 - atualizado às 14:10
Placa de loja da Amazon
Imagem: Shutterstock

A gigante de comércio eletrônico Amazon deu uma nova tacada no jogo da concorrência e os efeitos disso prometem ser muito positivos em termos de custos.

Algumas lojas físicas Amazon Go espalhadas pelo mundo passaram a aceitar devoluções de compras feitas pela internet.

No novo procedimento, para fazer qualquer retorno o cliente seleciona o produto que desejam devolver no aplicativo Amazon e vai até uma loja Amazon Go para entregá-lo. Em seguida, ele recebe um código QR no aplicativo ou por email, um funcionário da loja digitaliza o código e o retorno é processado. É gratuito e não requer nenhuma embalagem ou caixa.

A ideia pode parecer apenas uma simples facilidade, mas esconde milhares de dólares economizados com logística. Um dos maiores custos da Amazon é justamente retornar à casa dos clientes e retirar um produto adquirido e indesejado. Tudo isso sem qualquer receita adicional.

Para você ter uma ideia, os gastos com logística da empresa de Jeff Bezos em todo o mundo aumentaram quinze vezes de 2009 a 2018, enquanto as vendas líquidas aumentaram sete vezes no mesmo período.

Em geral os retornos, quando são efetuados em lojas físicas, custam a metade do valor quando comparados a devoluções feitas pelo correio. Com isso, a nova estratégia de devolução da Amazon tem tudo para reduzir os custos em meio à demanda já consolidada por devoluções gratuitas - algo que atinge entre 10% a 30% dos produtos vendidos online.

A Business Insider fez uma busca pelas redes sociais e verificou que clientes que já tiveram a experiência de devolver produtos em lojas Amazon Go em geral disseram que a conveniência de mostrar um código QR para fazer um retorno foi uma vitória. Esse também é um sinal captado por uma pesquisa da agência UPS, que mostrou que quase 60% dos norte-americanos preferem devolver as compras a uma loja física em vez de enviar seus produtos.

*Com informações da Business Insider.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

fim do dia

O rali continua: Ibovespa deixa Wall Street de lado e sobe quase 20% em novembro

Ações de CVC e siderúrgicas lideram alta do índice. Dólar cai com fluxo e divulgação do dado das contas externas e juros recuam de olho em fiscal

Em pleno calendário eleitoral

Senado aprova mudanças na Lei de Falências

O projeto amplia o financiamento a empresas em recuperação judicial, permite o parcelamento e o desconto para pagamento de dívidas tributárias e possibilita aos credores apresentar plano de recuperação da empresa

Olha o Gol

Boeing 737-8 Max é autorizado a retornar operações no Brasil pela Anac

A informação é vista com bons olhos pela Gol, que é a única credenciada a operar o modelo no Brasil.

bc americano

Dirigentes do Fed esperam manter juros até que meta de emprego e inflação seja atingida, mostra ata

Grupo avaliou que a atual crise sanitária continuará impactando a atividade econômica, a inflação e o emprego no curto prazo

Posto Ipiranga

Guedes elogia Caged e cobra Congresso por reformas

O Ministério da Economia irá divulgar todos os dados na quinta-feira (26)

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies