Menu
2019-12-06T19:12:38-03:00
Victor Aguiar
Victor Aguiar
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pelo Instituto Educacional BM&FBovespa e UBS Escola de Negócios. Trabalhou nas principais redações de economia do país, como Bloomberg, Agência CMA, Agência Estado/Broadcast e Valor Econômico.
Altas e baixas

Via Varejo, Cyrela e MRV: os destaques do Ibovespa nesta sexta-feira

A perspectiva de manutenção dos juros em níveis baixos deu forças às ações de varejistas, como a Via Varejo, e de construtoras, como MRV e Cyrela

6 de dezembro de 2019
13:34 - atualizado às 19:12
Fachada da loja Ponto Frio, uma das redes pertencentes à Via Varejo
A Via Varejo é dona do Ponto Frio e das Casas Bahia - Imagem: Wikipedia

Ações dos setores de varejo e construção apareceram entre os destaques positivos do Ibovespa nesta sexta-feira (6), em meio à percepção de manutenção dos juros em patamares baixos, ao mesmo tempo em que a economia doméstica dá sinais de ganho de tração. Nesse cenário, Via Varejo, Cyrela e MRV estiveram entre as mais beneficiadas hoje.

Nesta manhã, foi divulgado que a inflação medida pelo IPCA subiu 0,51% em novembro, resultado que ficou ligeiramente acima das estimativas do mercado. À primeira vista, a tendência é que esse dado desencadeasse um movimento de alta nas curvas de juros, uma vez que, com a inflação mais alta, há menos espaço para cortes na Selic.

Só que, ao olhar os números da inflação com lupa, é possível perceber que grande parte desse efeito foi gerado pelo aumento no preço das carnes — o grupo alimentação e alimentos avançou mais de 8% no mês passado. Assim, desconsiderando o comportamento desse componente, a inflação ainda estaria em níveis bastante controlados.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

Desta maneira, por mais que o número global do IPCA tenha ficado acima do esperado, o dado não trouxe maiores preocupações ao mercado: os agentes financeiros continuam acreditando que a taxa básica de juros seguirá em níveis baixos por algum tempo. E juros baixos são sinônimo de estímulo ao consumo — o que, consequentemente, dá forças às varejistas e às construtoras.

Nesse cenário, Via Varejo ON (VVAR3) subiu 7,30% e liderou os ganhos do Ibovespa — ainda no mesmo setor, Lojas Americanas PN (LAME4) teve alta de 7,07%, B2W ON (BTOW3) avançou 3,21% e Magazine Luiza ON (MGLU3) valorizou 1,14%.

Entre as construtoras e incorporadoras, MRV ON (MRVE3) teve ganho de 4,73% e Cyrela ON (CYRE3) avançou 3,83%; fora do Ibovespa, destaque para Helbor ON (HBOR3), em alta de 3,27%, Direcional ON (DIRR3), subindo 4,27%, e Even ON (EVEN3), valorizando 4,24%.

Vale lembrar, ainda, que ao longo dessa semana foram divulgados uma série de indicadores econômicos positivos em relação à atividade doméstica. O PIB do país avançou 0,6% no terceiro trimestre, superando a expectativa do mercado, e a produção industrial avançou 0,8% em outubro, marcando o terceiro mês seguido de evolução na indústria.

Esses dados, em conjunto, criam um ambiente bastante otimista em relação às perspectivas para a economia brasileira no quarto trimestre e em 2020, o que cria as bases para que o mercado aposte suas fichas nesses dois setores.

Commodities em alta

Papéis de empresas ligadas ao setor de commodities, como Petrobras, Vale e as siderúrgicas, também apresentaram desempenho positivo nesta sexta-feira, pegando carona na valorização do petróleo e do minério de ferro.

As ações PN da Petrobras (PETR4), por exemplo, terminaram em alta de 1,00%, enquanto as ONs (PETR3) valorizaram 0,66% — lá fora, o Brent com vencimento em fevereiro teve ganho de 1,58%, e o WTI para janeiro avançou 1,27%. Na semana, ambos os contratos acumularam ganhos de mais de 6%.

A recente tendência positiva das cotações do petróleo tem relação com o desfecho da reunião da Organização dos Países Exportadores de Petróleo e seus aliados — grupo conhecido como Opep+. A aliança decidiu aprofundar os cortes na produção da commodity, o que, consequentemente, provoca um aumento no preço do produto.

Já o minério de ferro negociado no porto chinês de Qingdao — cotação que serve como referência para o mercado — fechou em alta de 0,46% nesta sexta-feira, em meio à percepção de que EUA e China estão próximos de fechar um acordo comercial.

O otimismo em relação às negociações entre as potências diminui os temores de um esfriamento econômico mais intenso na China, o principal consumidor global de minério de ferro e aço do mundo. Assim, as ações dessas empresas sobem, dada a perspectiva de manutenção da demanda elevada.

CSN ON (CSNA3) fechou em alta de 2,70%, Gerdau PN (GGBR4) teve ganho de 1,73% e Usiminas PNA (USIM5) valorizou 2,27%. Já Vale ON (VALE3) teve um desempenho mais modesto: subiu 0,79%.

Top 5

Confira abaixo os cinco papéis de melhor desempenho do Ibovespa nesta sexta-feira:

  • Via Varejo ON (VVAR3): +7,30%
  • Lojas Americanas PN (LAME4): +7,07%
  • Yduqs ON (YDUQ3): +5,47%
  • BTG Pactual units (BPAC11): +5,14%
  • Gol PN (GOLL4): +4,98%

Veja também as cinco maiores quedas do índice:

  • Itaú Unibanco PN (ITUB4): -1,81%
  • Santander Brasil units (SANB11): -1,17%
  • Energias do Brasil ON (ENBR3): -1,14%
  • Bradesco PN (BBDC4): -1,12%
  • Itaúsa PN (ITSA4): -0,96%
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

precaução

Por receio do coronavírus, China adia reabertura do mercado de ações

Originalmente, os negócios nas bolsas de Xangai e de Shenzhen seriam retomados na sexta-feira; agora, serão voltam segunda

Produtos de investimento

Na disputa com plataformas, Itaú lança fundo que segue carteira recomendada pelo banco

Fundo lançado há pouco mais de uma semana na rede já conta com R$ 500 milhões em patrimônio e permite que cliente invista em toda a carteira de recomendações em um único produto

Vítima da guerra das maquininhas

Lucro da Cielo cai pela metade em 2019 e despenca 68% no 4º trimestre

A estratégia deliberada da empresa controlada por Banco do Brasil e Bradesco é sacrificar as margens de lucro para defender a liderança do mercado de maquininhas de cartão. Os números refletem bem esse esforço, para o bem e para o mal

POLÍTICA

Moro diz que quem vai decidir o vice (em 2022) é o presidente; mas ideal é o vice Mourão

O ministro considerou que “pode ser que no futuro lá distante volte a se cogitar isso” e defendeu: “Não acho uma boa ideia”. “Os ministérios juntos são mais fortes.”

APROVADA SEM RESTRIÇÕES

Cade aprova compra da Embraer pela Boeing

A operação analisada pelo Cade prevê duas transações. Uma delas consiste na aquisição pela Boeing de 80% do capital do negócio de aviação comercial da Embraer, que engloba a produção de aeronaves regionais e comerciais de grande porte (operação comercial)

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Bolsa contaminada pelo coronavírus

Caro leitor, A semana começou mal para as bolsas do mundo todo. O avanço do coronavírus na China durante o fim de semana colocou os mercados de molho nesta segunda. Já foram confirmados quase 3 mil casos em mais de dez países, sendo a maioria deles na China. Até agora, foram computadas 82 mortes. Os […]

Cautela elevada

Em dia de queda de 3% do Ibovespa com alerta sobre coronavírus, ações de drogaria sobem

A disseminação do coronavírus elevou a aversão ao risco nos mercados financeiros, derrubando o Ibovespa e fazendo o dólar romper a marca de R$ 4,20. Apenas cinco ações do índice subiram, incluindo Raia Drogasil

DE OLHO NO CORONAVÍRUS

‘Índice do medo’ atinge patamar visto no auge da guerra comercial e sobe mais de 25%

Na máxima intradiária, o indicador chegou a bater a casa dos 19,02 pontos, valor que não era visto desde outubro do ano passado quando ele atingiu a marca dos 19,28 pontos

CONCESSÕES

Maia definirá até dia 30 quando lei de concessões vai a plenário, dizem deputados

“Se ele (presidente da Câmara) estiver convencido de que esse texto é um texto bom, que atende a sociedade, eu acho que a gente vota ele rápido”, disse também o deputado João Maria

CRÉDITO

Demanda por crédito do consumidor cai em dezembro e cresce em 2019, diz Boa Vista

Considerando os segmentos que compõem o indicador, o Financeiro apresentou elevação de 6,1% no ano, enquanto o segmento Não Financeiro registrou evolução de 2,5% na mesma base de comparação

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements