Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-12-25T18:08:29-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
indo ao mercado

Após captar R$ 1 bilhão, Totvs compra Supplier por R$ 455,2 milhões

Com a compra, empresa passa a oferecer crédito B2B, especialmente na relação entre clientes e fornecedores

29 de outubro de 2019
7:42 - atualizado às 18:08
totvs
Imagem: Divulgação/ Instagram da Totvs

A Totvs, empresa de desenvolvimento de software de gestão, anunciou a compra da Supplier, companhia focada em crédito B2B, entre clientes e fornecedores. Trata-se da primeira aquisição realizada pela empresa após a captação de mais de R$ 1 bilhão com o follow-on (oferta subsequente de ações primárias), realizado em maio deste ano.

Nesta segunda-feira (29) os papéis da Totvs eram negociados a R$ 58,28 cada. No ano, a valorização dos ativos é da ordem de 115%. Segundo o BTG Pactual, em relatório recente, as ações da companhia podem se valorizar ainda mais. Veja como deve ser o dia dos investidores na Bula do Mercado.

Segundo a companhia, a compra - no valor de R$ 455,2 milhões - vai permitir que a Totvs acelere a estratégia de criar novos mercados - em particular em Techfin. Foram adquiridas ações que representam 88,8% do capital social da Supplier. Mauro Wulkan e Eduardo Wagner, fundadores da companhia adquirida, seguem como gestores e acionistas, com 11,2% do capital.

Segundo o CEO da Totvs, Dennis Herszkowicz, desde o início do ano a empresa constrói uma estrutura de Techfin, que começou a operar em pagamentos, através da parceria com a Rede. "A partir dessa aquisição, passaremos também a oferecer crédito B2B, com foco nas pequenas e médias, em especial nas relações entre clientes e fornecedores", disse.

"Desta forma, o custo desta modalidade é estruturalmente mais eficiente, permitindo a ampliação, a simplificação e o barateamento do acesso ao crédito pelas empresas".

A Supplier atua em setores da economia onde a Totvs tem forte presença, como manufatura, logística, agro e distribuição. "A aquisição deve reforçar a estratégia de Techfin da Totvs, criada com o objetivo de simplificar, ampliar e baratear o acesso dos clientes a crédito e a demais serviços financeiros", diz a companhia.

Para 2019, a Supplier projeta uma receita líquida de aproximadamente R$ 220 milhões e uma originação de crédito de cerca de R$ 6,5 bilhões. A aquisição ainda depende da aprovação das autoridades concorrenciais brasileiras e da verificação de outras condições usuais para esse tipo de negócio.

Ao longo dos próximos meses, a Totvs e a Supplier devem desenvolver uma plataforma tecnológica que irá permitir uma integração total com os sistemas de gestão das empresas. A plataforma também permitirá o uso de big data, buscando melhorar de maneira contínua os algoritmos de aprovação de crédito.

A Totvs é a maior empresa de desenvolvimento de software de gestão do país, investindo R$ 1,6 bilhão em pesquisa e desenvolvimento nos últimos cinco anos para atender as exigências de 12 setores da economia.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

DINHEIRO NA CONTA

Dividendos: Vibra (VBBR3) distribui R$ 148,5 milhões em JCP

Valor refere-se à segunda parcela de pagamento aos acionistas anunciado quando a Vibra ainda atendia como BR Distribuidora

Rumo aos dois dígitos

Como ficam os seus investimentos em renda fixa com a Selic em 9,25%

Aumento da taxa básica dispara gatilho de mudança na forma de remuneração da poupança. Veja como fica o retorno das aplicações conservadoras de renda fixa agora que o Banco Central elevou a Selic mais uma vez

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

BC aumenta a Selic, Nubank conclui IPO e mercado reage bem à PEC dos precatórios; veja o que marcou esta quarta-feira

Conforme esperado pelos economistas após dados recentes mais fracos da atividade econômica brasileira, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decidiu elevar a taxa básica de juros em 1,5 ponto percentual, a 9,25% ao ano, em sua última reunião do ano. Se em muitos momentos ao longo de 2021 o mercado acionário reagiu ao […]

2022 MAIS GORDO

Dividendos e JCP: Copel (CPLE6) engrossa a lista de pagamentos milionários aos acionistas; não fique fora dessa

Data da remuneração ainda não foi definida pela empresa, mas valerá para aqueles com posição até 30 de dezembro deste ano

FECHAMENTO DO DIA

Investidores tentam equilibrar noticiário e Ibovespa emplaca mais um dia de alta; dólar tem queda firme com ômicron no radar

Com o avanço da PEC dos precatórios, a pandemia se torna um dos únicos gatilhos negativos a rondar o Ibovespa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies