Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-08-26T08:25:06-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
dinheiro na conta

Zuckerberg vende US$ 296 milhões em ações do Facebook em um mês

Desde abril, o CEO do Facebook não disponibilizava os papéis que detinha ao mercado; no ano, o bilionário vendeu 2,9 milhões de ações

24 de agosto de 2019
12:26 - atualizado às 8:25
Mark Zuckerberg, fundador e CEO do Facebook
Mark Zuckerberg, fundador e CEO do Facebook - Imagem: Shutterstock

O CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, esteve numa maratona em agosto. Mas para vender 1,6 milhão de ações do Facebook, que somam US$ 296 milhões, disse o site CNBC. O valor corresponde a cerca de R$ 1,2 bilhão.

Na sexta-feira, as ações do Facebook fecharam o pregão cotadas a US$ 177,75 na Nasdaq, numa baixa de 2,36%. Veja como foi o dia dos mercados nesta sexta-feira, 23. Mas nesta segunda, os papeis no pré-mercado já ensaiavam uma recuperação do último dia, numa alta de quase 2%.

Desde abril, Zuckerberg não disponibilizava os papéis que detinha ao mercado. No ano, o bilionário vendeu 2,9 milhões de ações - US$ 526 milhões. Mas ele ainda possui 375 milhões de papeis do Facebook, com um valor atual de mais de US$ 68 bilhões.

A cifra ainda é o suficiente para manter o empresário na lista da Forbes dos 10 homens ricos do mundo, mas atrás de bilionários como Jeff Bezos, Bill Gates e Warren Buffett.

Bilionário e a filantropia

Mas por que Zuckerberg se desfez de tantos papeis da empresa? Segundo CNBC, o empresário deve usar os recursos para financiar a Chan Zuckerberg Initiative, a organização filantrópica que ele dirige com sua esposa, Priscilla Chan.

A CZI financia programas em ciência e educação. A iniciativa também apoia questões sociais focadas em justiça criminal, habitação e imigração. O co-fundador do Facebook vende regularmente parte de sua fortuna para financiar a instituição.

Hoje, o Facebook tem uma clausula que permite a Zuckerberg manter o controle sobre as grandes decisões da empresa, mesmo quando ele venda uma parcela significativa de sua participação.

Embora as vendas tenham aumentado em agosto, o ritmo é bem abaixo do ano passado. Segundo o site, em 2018 o bilionário vendeu quase 28,9 milhões de ações por mais de US$ 5,3 bilhões.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa na onda das commodities, short de Nubank e o fim das ações das Lojas Americanas: veja as principais notícias do dia

Entre importar o otimismo ou o pessimismo do exterior, a bolsa brasileira tem preferido a primeira opção, nos últimos dias. Em mais um dia negativo para as bolsas americanas, o Ibovespa novamente nadou contra a maré vermelha e fechou em alta, impulsionado pelo avanço dos preços das commodities – sobretudo do minério de ferro. Com […]

Fechamento Hoje

Ibovespa novamente contraria exterior, sobe mais de 1% e fecha acima dos 108 mil pontos; dólar cai abaixo de R$ 5,50

Mesmo com dia negativo em Nova York, Ibovespa é impulsionado pelas commodities; varejistas e techs se recuperam com alívio nos juros futuros

CRYPTO NEWS

Cada vez mais países devem formar reservas de Bitcoin ao longo de 2022; entenda como você pode aproveitar

Você provavelmente já viu uma imagem similar a esta abaixo. Ela mostra o conceito da curva de adoção, em S, de uma nova tecnologia ou produto. A curva em formato de sino é um reflexo da curva em S, mostrando o tamanho, ao longo do tempo, dos públicos que aderem a tal inovação. Malcolm Gladwell […]

NOVAS BAIXAS

Dois secretários e um diretor do Ministério da Economia pedem demissão do cargo; saiba quem são os substitutos

Um dos secretários vai para a Funpresp-Exe e o outro, para o Legislativo. Receita Federal diz que saída de seu diretor ocorreu a pedido do servidor

CONCESSÃO RECORDE

Caixa bate recorde em 2021 ao conceder R$ 140,6 bi em crédito habitacional e diz não esperar mais altas nos juros no financiamento imobiliário; entenda

O executivo afirmou que a Caixa segue os juros futuros com vencimento em oito anos para definir as taxas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies