Menu
2019-09-19T15:49:17-03:00
Julia Wiltgen
Julia Wiltgen
Jornalista formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com pós-graduação em Finanças Corporativas e Investment Banking pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Trabalhou com produção de reportagem na TV Globo e foi editora de finanças pessoais de Exame.com, na Editora Abril.
Vídeo

Quais as diferenças entre ações ordinárias e preferenciais?

Os dois tipos de ações que podem ser negociados por companhias abertas em bolsa têm relação com o direito a voto e a recebimento dos dividendos, bem como com os direitos dos acionistas em caso de venda do controle da companhia

30 de maio de 2019
14:42 - atualizado às 15:49

Quem já teve um primeiro contato com o mundo da bolsa de valores provavelmente já reparou que a Petrobras, por exemplo, negocia dois tipos de ações: PETR3 e PETR4. As primeiras são as ações ordinárias, e as segundas, as chamadas ações preferenciais. Mas quais as diferenças entre elas? No vídeo a seguir eu te explico as características e diferenças das ações ordinárias e preferenciais:

Veja a seguir a transcrição do vídeo sobre as diferenças entre ações ordinárias e preferenciais

A bolsa de valores é cheia das siglas, códigos e jargões. Você já deve ter reparado que no final dos códigos das ações sempre tem um número, geralmente três ou quatro. Ou então que os nomes das ações às vezes vêm acompanhados de um ON ou PN. E talvez já tenha ouvido falar em ações ordinárias e preferenciais. Mas você sabe quais as diferenças entre elas?

As empresas listadas em bolsa podem emitir dois tipos de ações: as ordinárias ou ON, e as preferenciais ou PN. Algumas companhias negociam apenas um tipo de ação, enquanto outras negociam as duas. As empresas que fazem parte do mais alto segmento de governança corporativa da bolsa, o Novo Mercado, só podem negociar ações ordinárias. As ações ON têm seu código marcado pelo número três, enquanto as PN normalmente têm o código marcado pelo número quatro.

As ações ordinárias são aquelas que, por Lei, conferem direito a voto nas assembleias de acionistas ao seu detentor. Além disso, elas dão direito ao chamado tag along, um mecanismo de proteção aos minoritários no caso de mudança no controle da companhia. Caso o controlador da empresa receba uma oferta para vender as suas ações ordinárias, o comprador interessado fica obrigado a estender a oferta a todos os minoritários detentores de ações ON, garantindo um preço mínimo por ação equivalente a 80% do valor por ação pago ao controlador.

Já as ações preferenciais não têm direito a voto ou sofrem algum tipo de restrição em relação a esse direito. Como compensação, os detentores de ações PN podem ter prioridade no recebimento de dividendos, no reembolso de capital investido em caso de quebra da companhia ou as duas coisas. A prioridade no recebimento de dividendos pode consistir, por exemplo, no direito de receber um dividendo um pouco maior que os detentores de ações ordinárias. Além disso, é possível que a companhia estenda às ações preferenciais o direito ao tag along.

Algumas companhias têm mais de uma classe de ações preferenciais, as PNA e PNB. Quando isso acontece é porque os direitos e restrições de uma classe são diferentes dos direitos e restrições da outra. Os códigos das ações PNA são designados pelo número cinco, e os das ações PNB, pelo número seis.

Gostou do vídeo? Então não deixa de assinar o canal de YouTube do Seu Dinheiro e clicar no sininho para receber as notificações. E pode deixar dúvidas e ideias para os próximos vídeos aqui no campo de comentários.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Ao vivo

Eletrobras é destaque de alta na B3 com MP da privatização em análise na Câmara; acompanhe a votação

O governo corre contra o tempo para aprovar a proposta, que perderá a validade às 24h da próxima terça-feira

É para quando?

Ainda vai levar “algum tempo” para início da redução de estímulos econômicos, defende dirigente do Fed

James Bullard enfatizou que a retirada começará apenas quando a instituição tiver registrado um avanço “substancial” em direção a suas “métricas”.

Embarque imediato

Depois de incorporação, acionistas da Smiles aprovam saída do Novo Mercado

Além disso, assembleia votou a destituição do conselho de administração e a eleição de novos membros, inclusive do presidente

Procuram-se semicondutores

Falta de chips adia recuperação da indústria automobilística

O setor deve perder a chance de recuperar mercado no segundo semestre, período em que tradicionalmente se vendem mais carros

Mais uma na bolsa

Investindo no banco de investimentos: BR Partners sobe forte na estreia na bolsa

A BR Partners, banco de investimentos independente, concluiu seu IPO e estreou na bolsa nesta segunda — e a recepção do mercado foi boa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies