💸 Você pode receber R$ 120 para investir; veja como solicitar o depósito aqui

Cotações por TradingView
2019-04-24T12:17:02-03:00
Estadão Conteúdo
grana alta

Oferta de ações do Uber pode ser a maior de 2019

O aplicativo de transportes decidiu vender US$ 10 bilhões em ações em sua chegada na bolsa de valores; a empresa fará o registro público da abertura de capital nesta quinta-feira, 11

11 de abril de 2019
8:43 - atualizado às 12:17
Uber
Uber - Imagem: Shutterstock

O aplicativo de transportes Uber decidiu vender US$ 10 bilhões em ações em sua chegada na bolsa de valores. A empresa fará o registro público da abertura de capital nesta quinta-feira, 11. Esse valor coloca a ida do Uber a mercado como uma das maiores entre as empresas de tecnologia de todos os tempos - a empresa ficaria atrás apenas da gigante chinesa Alibaba, que abriu capital em 2014. À época, ela captou US$ 25 bilhões e foi avaliada em US$ 231 bilhões.

O Uber está buscando que sua avaliação fique entre US$ 90 bilhões e US$ 100 bilhões, influenciado pelo desempenho das ações de sua rival Lyft, que foi a mercado no mês passado.

A rival do Uber captou US$ 2,3 bilhões, sendo avaliada em US$ 24 bilhões. Como costuma acontecer, no dia seguinte ao lançamento as ações da empresa fecharam abaixo do preço inicial, que era de US$ 72. Nessa quarta-feira, 10, as ações da Lyft encerraram o pregão valendo US$ 60,12.

Bancos de investimento chegaram a avaliar o Uber em US$ 120 bilhões. Recentemente, porém, a empresa teve o valor estimado em US$ 76 bilhões no mercado privado.

Road show

O Uber fará sua rodada de apresentação a investidores durante a semana de 29 de abril, após o registro público da abertura, que deve ser feito ainda nesta semana. Na rodada, será estabelecido o preço dos papéis no lançamento. Segundo as fontes, o Uber deve chegar à bolsa de Nova York em maio. A empresa não comentou o assunto.

O Uber faz parte do grupo de empresas de tecnologia que decidiu realizar o IPO em 2019. Além do app de transportes Lyft, a lista inclui a plataforma corporativa Slack, a rede social Pinterest e o serviço de hospedagem Airbnb.

Na última segunda-feira, 8, o Pinterest também alterou para baixo as expectativas para sua ida ao mercado. Em documento, a empresa afirmou que pretende oferecer ações entre US$ 15 e US$ 17. Com esse preço, a rede social seria avaliada em US$ 11,3 bilhões - abaixo de sua a última estimativa, em 2017, que foi de US$ 12 bilhões.

* Com informações do jornal O Estado de S. Paulo e agências internacionais.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

EM BLOCO

Fundo de Pedro Moreira Salles se une a gestoras renomadas em acordo de acionistas na Eneva (ENEV3)

7 de dezembro de 2022 - 9:21

O novo bloco, formado por Cambuhy, Atmos, Dynamo e Velt, detém 35,7% do capital da Eneva e fica à frente do BTG Capital, maior acionista da empresa de energia

CAÇADOR DE TENDÊNCIAS

Day trade na B3: Oportunidade de lucro acima de 7% com ações do Itaú Unibanco (ITUB4); veja a recomendação

7 de dezembro de 2022 - 8:29

Após o fechamento do último pregão, identifiquei uma oportunidade de compra dos papéis de Itaú Unibanco (ITUB4)

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Propostas para a pausa na Copa do Mundo: PEC da Transição, orçamento secreto, Copom e mais notícias para você

7 de dezembro de 2022 - 8:17

Com pausa na Copa do Mundo, a vida real traz agenda cheia para os mercados financeiros, com PEC da Transição, orçamento secreto, Copom e mais

FII DO MÊS

Fundos imobiliários que lucram com a Selic alta são os mais recomendados para dezembro; veja as escolhas de 11 corretoras para o final do ano

7 de dezembro de 2022 - 7:03

Vale relembrar que o Copom decide a trajetória da Selic hoje; a expectativa é que a taxa básica brasileira seja mantida em 13,75% ao ano

MERCADOS AGORA

Bolsa agora: Ibovespa futuro abre em queda acima de 1% com maior cautela do exterior; dólar cai

7 de dezembro de 2022 - 7:02

RESUMO DO DIA: As bolsas internacionais reagem aos mais recentes dados de exportação da China, que registraram queda de 8,7% em novembro. As atenções também se voltam à Zona do Euro, com a divulgação do PIB trimestral. No cenário doméstico, os investidores repercutem a aprovação da PEC da Transição na CCJ do Senado e acompanham […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies