Menu
2019-12-10T17:13:55-03:00
Bruna Furlani
Bruna Furlani
Jornalista formada pela Universidade de Brasília (UnB). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Tem passagem pelas editorias de economia, política e negócios de veículos como O Estado de S.Paulo, SBT e Correio Braziliense.
NOVIDADES À VISTA

Marfrig lança marca própria de hambúrgueres vegetais

Além dos investimentos na parte de produtos de origem vegetal, a Marfrig quer trazer mais dinheiro para o caixa da empresa. A empresa confirmou no começo deste mês que fará uma oferta subsequente de ações (follow-on)

10 de dezembro de 2019
16:14 - atualizado às 17:13
foto
Imagem: Divulgação/Marfrig

De olho nas tendências de produtos de origem vegetal, a Marfrig lançou hoje (10) uma marca própria de hambúrgueres feitos à base de plantas, a Revolution Burger. Segundo informações da companhia, a marca será comercializada no varejo e em redes de food service.

E a expectativa é que a novidade não seja comercializada apenas no Brasil. A Marfrig informou que pretende iniciar também a exportação do Revolution Burguer para o mercado chinês.

O movimento ocorre depois de a Marfrig ter feito um acordo com a rede de fast-food Burguer King para a venda de hambúrgueres com um ingrediente especial - carne vegetal produzida pela própria companhia.

De olho no follow-on

Além dos investimentos na parte de produtos de origem vegetal, a Marfrig quer trazer mais dinheiro para o caixa da empresa. A empresa confirmou no começo deste mês que fará uma oferta subsequente de ações (follow-on), de distribuição primária e secundária.

Considerando a cotação das ações em R$11,10 - valor de fechamento do dia em que foi feito o anúncio, o montante captado poderia chegar aos R$ 3,3 bilhões.

A ideia da companhia é fazer uma oferta primária (em que o dinheiro captado vai para o caixa da empresa) e incluir também um lote secundário para que seja feita a venda de ações detidas pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Social (BNDES), que possui 33,74% da companhia. Nesse caso, o dinheiro arrecadado iria para o caixa do acionista vendedor.

Na oferta primária serão vendidas 90.090.091 ações e na secundária o BNDES venderá sua participação, de 209.648.427 ações.

O processo de bookbuilding e o roadshow, para apresentação aos acionistas, terão início na segunda-feira (9) e terminarão no dia 17, quando o preço da ação no âmbito da oferta será fixado.

Segundo fato relevante, a empresa pretende utilizar os recursos oriundos da oferta primária para o pré-pagamento de certas dívidas, " que serão selecionadas pela administração da companhia de acordo com a estratégia e no melhor interesse da companhia".

Os coordenadores da oferta são os bancos JPMorgan, Bradesco BBI, Santander e BB Investimentos.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Prévia da inflação

IPCA-15 tem alta de 0,71% em janeiro, segundo IBGE

Maior impacto no índice ficou na conta do grupo Alimentação e Bebidas, que desacelerou, mas ainda subiu 1,83%. Logo em seguida ficou o grupo de Transportes, com alta de 0,92%

parceria que não deu certo

Em meio a crise e brigas internas, Grow retira patinetes de 14 cidades do País

Empresa de aluguel de bicicletas e patinetes sofreu nos últimos meses com falta de capital, disputas de poder, questões regulatórias e o alto custo das viagens em patinetes

Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

12 notícias para você começar o dia bem informado

As ações dos bancos estão apanhando em 2020. Fica uma pergunta no ar: é o início de um ciclo de baixa ou elas estão baratas e vale a pena comprar?  Lá fora o coronavírus assusta e a elite mundial trava uma discussão sobre a Amazônia sem uma participação relevante do Brasil.  O que você precisa saber hoje: […]

Aumentando a frota

Brasileira Drop inicia produção de patinetes elétricos em Manaus

Inicialmente a empresa apenas vai montar os patinetes com kits (CKDs) importados da China. Cerca de 20% dos itens são locais, como guidão, manopla e retrovisor, conforme prevê as regras da Superintendência da Zona Franca de Manaus

em davos

Guedes diz que vê acordo entre Brasil e Reino Unido após Brexit

Perspectiva do ministro leva em conta que, na Europa, o país é um dos que têm menos resistência e barreiras a produtos e serviços

no fórum econômico mundial

Amazônia é tema de painel de Davos

Evento realiza uma sessão especial sobre como garantir um futuro sustentável à Amazônia, com falas de especialistas

caixa

Custo para abrir ‘caixa-preta’ deixa ex-BNDES surpreso

Economista Paulo Rabello de Castro contou que enviou uma carta ao atual presidente do banco, Gustavo Montezano, pedindo a divulgação e o esclarecimento de informações sobre o contrato

Esquenta dos mercados

Prévia da inflação calibra expectativas por novo corte na Selic

Antes da pausa para o feriado, as bolsas chinesas fecharam em baixa acentuada, refletindo o temor com o surto do novo vírus no país

fim de semana fora

Bolsonaro vai à Índia, em viagem que inclui ao menos 10 acordos bilaterais

Na sexta, presidente cumpre agenda com protocolo de visita de Estado, que inclui reuniões com autoridades locais para assinatura de acordos

na agenda

Projetos de autonomia do BC e lei cambial serão prioridades no primeiro semestre, diz Maia

O presidente da Câmara afirmou que a intenção é aprovar as propostas “o mais rapidamente possível”

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements