Menu
2019-09-10T11:31:21-03:00
Bruna Furlani
Bruna Furlani
Jornalista formada pela Universidade de Brasília (UnB). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Tem passagem pelas editorias de economia, política e negócios de veículos como O Estado de S.Paulo, SBT e Correio Braziliense.
De olho nela

Linx fecha parceria com o Mercado Pago

Os especialistas estão otimistas com a companhia. Entre os analistas ouvidos pela Bloomberg, oito recomendam a compra das ações, dois recomendam a manutenção e um recomenda a venda

10 de setembro de 2019
11:23 - atualizado às 11:31
Túlio Oliveira – diretor do Mercado Pago, mostra pagamento por QR Code
Pagamento feito pelo Mercado pago, do Mercado Livre - Imagem: Leo Martins/Seu Dinheiro

A Linx (código LINX3) anunciou hoje (10) uma parceria com o Mercado Pago, que é a plataforma do Mercado Livre voltada para receber e fazer pagamentos. O objetivo do acordo é integrar o QR Linx com a carteira digital do Mercado Pago.

A ideia da companhia é integrar a sua solução a aplicativos de pagamento digital, o que permite aos seus varejistas oferecer novas formas de pagamento de maneira integrada.

Com isso, não é necessário que elas tenham um QR Code em seu balcão para cada parceiro de pagamento.

Em junho passado, a empresa já havia fechado uma parceria com a Elo.

Os acordos têm como foco aumentar o mercado-alvo da Linx Pay Hub e da Linx Pay, especificamente, que é focada em fazer a captação, gerenciamento e liquidação de transações, assim como emissão de cupons fiscais por meio de maquininhas de companhias parceiras como a Rede.

Os papéis ordinários da companhia abriram o dia em alta. Por volta das 11h20 de hoje (10), as ações estavam sendo negociadas a R$ 31,20, uma alta de 2,97%.

"A ponta do iceberg"

E a expectativa dos analistas é que pode vir mais coisa daí. Na visão de Ricardo Peretti, responsável pela estratégia pessoa física do Santander, a adquirência do Linx Pay é a "ponta do iceberg de uma inteligência de classificação de crédito que está subentendida e atualmente pouco precificada pelo mercado".

Para ele, outro fator importante e que mostra o comprometimento da companhia em ir atrás de suas metas é a revisão do acordo feito com a Rede. No caso, ele precisou ser refeito mais de sete vezes para readequar os novos objetivos.

Peretti destaca ainda que atualizou o modelo esperado para a companhia, por conta das boas perspectivas para a Linx Pay e para o varejo brasileiro.

Segundo ele, o volume bruto de mercadorias para a Linx Pay pode chegar a R$ 145 milhões, com penetração de 4% e take rate de 1,3%, o que resultaria em uma receita adicional de R$ 76 milhões.

Ele ainda destaca que espera que a Linx Pay sozinha adicione R$ 16 por ação ao preço-alvo para o fim de 2019, que é de R$ 38,50. Os papéis da companhia permanecem com recomendações de compra para o Santander.

E não é só ele. Entre os analistas ouvidos pela Bloomberg, oito analistas recomendam a compra das ações, dois sugerem a manutenção e um recomenda a venda. O consenso do preço-alvo das ações em 12 meses é de R$ 39,90.

Números da companhia

Segundo os resultados apresentados no segundo trimestre deste ano, a Linx reportou um potencial de geração de caixa (Ebitda) ajustado de R$ 48 milhões, o que representa um aumento de 19% ante o mesmo período do ano passado.

A margem Ebitda ajustada também mostra uma evolução da empresa. A companhia passou de uma margem de 23,5% no segundo trimestre de 2018 para 24,9% no mesmo período deste ano.

Em termos de geração de receita, a Linx Pay e Linx Digital foram responsáveis por 14% da receita recorrente no período.

Outro dado interessante é que a taxa de renovação de clientes no segundo trimestre foi de 99,3%, o que ficou um pouco acima do patamar do trimestre anterior.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Entrevista

‘Desemprego alto e déficit público nos deixam cautelosos’, diz presidente da Whirlpool

CEO da fabricante das marcas Consul e Brastemp diz estar cauteloso para investir em produção e em relação à sustentabilidade da demanda, por conta de desemprego e da situação fiscal

Mercadores da noite

Bolsa, dólar e juros subindo: qual dos três está mentindo?

Quando a Bolsa, o dólar e as taxas de juros estão subindo ao mesmo tempo, um dos três está mentindo – qual deles será e o que fazer?

Infraestrutura

Novo marco legal para ferrovias vai a votação no Senado na próxima semana

Legislação promete organizar regras do setor e permitir novos formatos para a atração de investimentos privados

Telecomunicações

Operadoras cobram transparência do governo na definição da tecnologia 5G

Teles se dizem preocupadas com as “incertezas” relativas ao processo, depois de governo sinalizar banimento da chinesa Huawei

Recorde

Estrangeiros põem R$ 30 bilhões na bolsa brasileira em novembro

Trata-se de recorde de entrada de recursos estrangeiros em um mês, impulsionado pela migração de recursos para bolsas emergentes; movimento por aqui, porém, pode ser passageiro

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies