Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-12-10T18:45:55-03:00
Victor Aguiar
Victor Aguiar
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pelo Instituto Educacional BM&FBovespa. Trabalhou nas principais redações de economia do país, como Bloomberg, Agência Estado/Broadcast e Valor Econômico. Em 2020, foi eleito pela Jornalistas & Cia como um dos 10 profissionais de imprensa mais admirados no segmento de economia, negócios e finanças.
Altas e baixas

Gol, Azul, Itaú e Banco do Brasil: os destaques do Ibovespa nesta terça-feira

O setor aéreo liderou as perdas do Ibovespa nesta terça-feira, com as ações da Gol e da Azul fechando em queda. Itaú e Banco do Brasil também caíram

10 de dezembro de 2019
15:55 - atualizado às 18:45
Avião da Gol
Imagem: Dilvugação

As ações das companhias aéreas Gol e Azul apareceram entre as maiores perdas do Ibovespa nesta terça-feira (10), acompanhadas dos papéis do Itaú Unibanco e do Banco do Brasil. No vértice oposto do índice, Marfrig e BR Malls despontaram entre as maiores altas.

As aéreas ficaram na linha de frente dos papéis de pior desempenho. Gol PN (GOLL4) caiu 4,61% e Azul PN (AZUL4) recuou 2,03%, embora não houvesse um fator específico para derrubar a cotação dessas ações no pregão de hoje.

Analistas e operadores apontaram apenas que dois dos fatores clássicos de pressão para empresas do setor fecharam em alta nesta terça-feira: o dólar e o petróleo — duas componentes da linha de custos de companhias aéreas.

Tanto o petróleo Brent para janeiro (+0,14%) quanto o WTI para fevereiro (+0,22%) encerraram com um ligeiro tom positivo hoje. No entanto, o importante não é a variação nesta terça-feira, mas, sim, os ganhos acumulados ao longo do mês: ambos os contratos da commodity têm valorizações de mais de 5% somente em dezembro.

O efeito negativo da valorização do petróleo acabou sendo multiplicado pelos ganhos do dólar à vista: a moeda americana fechou em alta de 0,47%, a R$ 4,1488. Ambas as variáveis são levadas em conta nos cálculos do combustível de aviação, uma das principais componentes de custos do setor aéreo.

Ainda há o fator "ausência de notícias positivas" no setor aéreo. Ontem, por exemplo, as ações da Gol fecharam em alta, em meio à proposta feita pela empresa para incorporação do Smiles, administrador de seu programa de fidelidade.

Por fim, os papéis da Gol e da Azul têm um 2019 bastante positivo, acumulando ganhos de mais de 48% desde o início do ano — o que, considerando os fatores citados acima, abre espaço para um movimento de realização de lucros.

Pressão nos bancos

O setor bacário como um todo teve um dia negativo na bolsa, mas os papéis PN do Itaú Unibanco (ITUB4) e ON do Banco do Brasil (BBAS3) se destacaram, com perdas de 1,45% e 1,44%, respectivamente.

No caso do Itaú, trata-se de um movimento de realização dos ganhos recentes: mesmo com a baixa de hoje, os ativos ainda acumulam ganhos de mais de 3% em dezembro. As ações do Itaú têm se beneficiado com a expectativa em relação ao IPO da XP Investimentos nos EUA 1 o banco possui uma fatia de 49,9% da empresa.

Já os papéis do Banco do Brasil caíram após o presidente da instituição, Rubem Novaes, descartar a possibilidade de o banco ser privatizado durante a gestão Bolsonaro — ele participou de audiência pública na Câmara dos Deputados. Você pode ver a íntegra da fala do executivo neste link.

Top 5

Veja as cinco ações de melhor desempenho do Ibovespa nesta terça-feira:

  • Marfrig ON (MRFG3): +2,94%
  • BR Malls ON (BRML3): +2,91%
  • Gerdau PN (GGBR4): +2,85%
  • BR Distribuidora ON (BRDT3): +2,21%
  • Metalúrgica Gerdau PN (GOAU4): +2,03%

Confira também as maiores baixas do índice:

  • Gol PN (GOLL4): -4,61%
  • BTG Pactual units (BPAC11): -2,81%
  • Tim ON (TIMP3): -2,15%
  • Fleury ON (FLRY3): -2,10%
  • Azul PN (AZUL4): -2,03%
Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

DINHEIRO NA CONTA

Dividendos: Vibra (VBBR3) distribui R$ 148,5 milhões em JCP

Valor refere-se à segunda parcela de pagamento aos acionistas anunciado quando a Vibra ainda atendia como BR Distribuidora

Rumo aos dois dígitos

Como ficam os seus investimentos em renda fixa com a Selic em 9,25%

Aumento da taxa básica dispara gatilho de mudança na forma de remuneração da poupança. Veja como fica o retorno das aplicações conservadoras de renda fixa agora que o Banco Central elevou a Selic mais uma vez

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

BC aumenta a Selic, Nubank conclui IPO e mercado reage bem à PEC dos precatórios; veja o que marcou esta quarta-feira

Conforme esperado pelos economistas após dados recentes mais fracos da atividade econômica brasileira, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decidiu elevar a taxa básica de juros em 1,5 ponto percentual, a 9,25% ao ano, em sua última reunião do ano. Se em muitos momentos ao longo de 2021 o mercado acionário reagiu ao […]

2022 MAIS GORDO

Dividendos e JCP: Copel (CPLE6) engrossa a lista de pagamentos milionários aos acionistas; não fique fora dessa

Data da remuneração ainda não foi definida pela empresa, mas valerá para aqueles com posição até 30 de dezembro deste ano

FECHAMENTO DO DIA

Investidores tentam equilibrar noticiário e Ibovespa emplaca mais um dia de alta; dólar tem queda firme com ômicron no radar

Com o avanço da PEC dos precatórios, a pandemia se torna um dos únicos gatilhos negativos a rondar o Ibovespa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies