A AÇÃO QUE ESTÁ REVOLUCIONANDO A INFRAESTRUTURA DO BRASIL E PODE SUBIR 50%. BAIXE UM MATERIAL GRATUITO

2019-05-07T19:33:00-03:00
Victor Aguiar
Victor Aguiar
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pelo Instituto Educacional BM&FBovespa. Trabalhou nas principais redações de economia do país, como Bloomberg, Agência Estado/Broadcast e Valor Econômico. Em 2020, foi eleito pela Jornalistas & Cia como um dos 10 profissionais de imprensa mais admirados no segmento de economia, negócios e finanças.
Fusões e aquisições

Em transação bilionária, Arco Educação acerta a compra do Sistema Positivo de Ensino

A Arco Educação irá desembolsar R$ 1,65 bilhão, pegando metade desta quantia já no fechamento da operação. O objetivo do grupo cearense é ganhar escala, ampliando seu alcance para mais de um milhão de estudantes

7 de maio de 2019
19:31 - atualizado às 19:33

As empresas cearenses estão abrindo a carteira nesta terça-feira. E a compradora, desta vez, é a Arco Educação: no fim da tarde, a companhia anunciou a compra do Sistema Positivo de Ensino, por R$ 1,65 bilhão.

A operação tem importância estratégica para aumentar a escala da Arco: atualmente, a empresa atende pouco mais de 500 mil alunos e ceca de 1.400 escolas privadas no país. Com a incorporação do Sistema Positivo, a Arco vai mais que dobrar de tamanho, chegando a 1,2 milhões de estudantes em 4.800 instituições parceiras.

A compra será realizada em dinheiro, com R$ 825 milhões sendo desembolsados no fechamento da transação — os 50% restantes serão pagos até 2024. A operação ainda precisa ser aprovada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e por órgãos regulatórios.

Também nesta terça-feira, outra empresa do Ceará movimentou o setor de fusões e aquisições: a Hapvida, que acertou a compra do Grupo São Francisco, por R$ 5 bilhões.

A Arco Educação abriu seu capital na Nasdaq em setembro do ano passado — as ações fecharam o pregão de hoje em leve alta de 0,1%, a US$ 31,33, e encontram-se próximas da máxima histórica, de US$ 33,93, registrada em 16 de abril. Com a cotação atual, os papéis da empresa acumulam ganho de 33,3% desde o IPO.

Em 2018, a Arco teve receita líquida de R$ 380,9 milhões, alta de 55,9% em relação ao ano anterior. As despesas operacionais, contudo, tiveram alta expressiva — como resultado, a empresa teve prejuízo líquido de R$ 82,9 milhões no ano passado, ante lucro de R$ 43,6 milhões em 2017.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

IMPASSE CONTINUA

Vitória do governo ameaçada? FUP vai à Justiça para anular resultado de assembleia que elegeu novo conselho da Petrobras (PETR4)

19 de agosto de 2022 - 20:20

A FUP vai centrar argumentação contra a eleição a conselheiros de dois nomes barrados pelo Comitê de Elegibilidade da estatal

1ª troca em 20 anos

Americanas (AMER3) anuncia Sergio Rial, ex-CEO do Santander, para o comando da companhia no lugar de Miguel Gutierrez

19 de agosto de 2022 - 19:17

Trata-se da primeira troca no cargo de diretor presidente da varejista em 20 anos; Rial assumirá cargo no início do ano que vem

Acionistas felizes

Dividendos: Telefônica (VIVT3) e Marfrig (MRFG3) pagam nova rodada de proventos. Veja as condições para receber

19 de agosto de 2022 - 19:14

A Telefônica não fixou data para o pagamento dos dividendos, mas segundo a companhia, os créditos serão realizados até 31 de julho de 2023

VAI DISPARAR?

Polo Capital aumenta participação na Tenda (TEND3) e se aproxima do gatilho para “poison pill”; construtora discutirá fim do mecanismo em assembleia

19 de agosto de 2022 - 18:36

O movimento ocorre poucos dias após a companhia anunciar que, atendendo a um pedido da gestora, vai convocar uma Assembleia Geral Extraordinária para discutir a exclusão da “poison pill” de seu estatuto social

FECHAMENTO DO DIA

Frente fria chega ao Ibovespa e índice recua 1,12% na semana; dólar vai a R$ 5,16

19 de agosto de 2022 - 18:33

Apesar da semana calma, o Ibovespa refletiu a cautela com os juros americanos e a queda das commodities

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies