2019-05-13T14:27:52-03:00
Bruna Furlani
Bruna Furlani
Jornalista formada pela Universidade de Brasília (UnB). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Tem passagem pelas editorias de economia, política e negócios de veículos como O Estado de S.Paulo, SBT e Correio Braziliense.
Diminuição de dívidas

CSN contrata Citibank para venda antecipada de minério de ferro

Medida é fundamental para que a empresa consiga diminuir o seu endividamento. A siderúrgica havia se comprometido a reduzir a sua alavancagem abaixo de quatro vezes a geração de caixa no ano passado, o que não ocorreu

6 de março de 2019
8:32 - atualizado às 14:27
Instalações da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) na cidade de Volta Redonda
Imagem: Marcos Arcoverde/Estadão Conteúdo

Uma das maiores siderúrgicas do mundo, a Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) contratou o Citibank para buscar um possível comprador para compra de minério de ferro. As informações foram publicadas hoje (6) no jornal Valor Econômico.

Segundo o periódico, o valor supera o US$ 1 bilhão e é fundamental para a estratégia da empresa de diminuir o endividamento, ou seja, desalavancar.

Resultados

No último balanço divulgado no último dia 21 de fevereiro, o fluxo de caixa livre da companhia atingiu R$ 817 milhões nos três últimos meses do ano, mais de três vezes superior registrado no quarto trimestre de 2017.

A dívida líquida consolidada da CSN fechou o ano em R$ 26,616 bilhões, ante R$ 27,057 bilhões ao final de setembro. A alavancagem da companhia, medida pela relação dívida líquida/Ebitda ajustado, caiu de 4,93 vezes para 4,55 vezes em três meses.

Mas a CSN havia se comprometido a reduzir a sua alavancagem abaixo de quatro vezes a geração de caixa no ano passado, o que não ocorreu.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

NOVO MODELO DE NEGÓCIOS

Varejo adota ‘loja-contêiner’ para fugir dos custos de shoppings e aluguéis; conheça o que são os estabelecimentos modulares

A estreante no formato é a Chilli Beans, de óculos de sol. “Acho que não teria uma Eco Chilli se não houvesse pandemia”, afirma o CEO, Caito Maia

NÃO MEXE NO MEU QUEIJO

Membros do mercado financeiro defendem Lei das Estatais em documento enviado ao ao Congresso; revogação seria ‘retrocesso’

O texto também cita o relatório de 2020 em que a OCDE afirma que a Lei das Estatais deixou os conselhos de empresas públicas mais independentes de interferências

NESTA SEGUNDA-FEIRA

Governador de São Paulo fará coletiva nesta segunda-feira após Bolsonaro aprovar isenção do ICMS sem garantia de compensação aos estados

O presidente da República vetou o fundo de ajuda aos estados após sancionar o teto do imposto estadual

SEU DOMINGO EM CRIPTO

‘Compre na baixa’ anima e bitcoin (BTC) busca os US$ 22 mil; criptomoedas aguardam semana de olho no Fed

Entre os destaques da próxima semana estão o avanço dos juros nos Estados Unidos e um possível default da Rússia

DE OLHO NO FUTURO

Goldman Sachs quer entrar no mundo da ‘renda fixa’ em criptomoedas e lidera grupo para comprar a Celsius por US$ 2 bilhões

O staking vem crescendo nos últimos meses e é motivo de certa preocupação após o caso da Celsius — e o banco de Wall Street quer um pedaço dele

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies